Quinta - 19/junho (TI3)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por tiagovip em Sex Jun 20, 2014 5:53 pm

Olá, pessoas!

Nesta quinta, feriado do bão, fomos até a casa do Rafael, em Lórien, para jogarmos uma partida de Twilight Imperium (Third Edition), e foi o que ocorreu.

- Timeline: Inventions x3 (Trentini e eu) - enquanto os outros saíram para comprar a carne e acompanhamentos para o churrasco, e o Léo preparava a área para o jogo, o Trentini e eu conhecemos o Timeline, que é o cúmulo da simplicidade: abre-se uma carta, que tem nela um data. A partir disso, cada jogador, que tem uma mão de cartas (em dois jogadores são 6 cartas para cada), deve abaixar, em sua vez, uma delas, alocando-a de acordo com a data da invenção da carta em comparação àquelas já abaixadas. Por exemplo, digamos que a primeira carta foi a invenção da prensa móvel (1450) e o primeiro a jogar opte por abaixar a carta da invenção do telefone (1860). Ele deve colocar a carta do lado direito (considerando "depois") da carta da prensa, com isso indicando que a invenção do telefone ocorreu depois de 1450. Caso a carta fosse a invenção da navegação (4000 A.C.), o correto seria posicionar a carta no lado esquerda da carta da prensa, indicando que tal invenção ocorreu antes de 1450. Se estiver correto, a vez passa ao próximo jogador. Se estiver errado, o jogador tira a carta colocada erroneamente da linha e compra uma outra carta para sua mão. Vence o jogo quem primeiro ficar sem cartas (mas todos devem ter tido a mesma quantidade de turnos, assim, caso 1 ou mais jogadores fiquem sem cartas tendo jogado a mesma quantidade de turnos, a partida prossegue, com cada jogador comprando 1 carta por vez e alocando-a). De começo a coisa tende a ser tranquila, mas, quando há mais cartas na linha do tempo, fica mais complicado: digamos que haja uma carta que seja de 1855 e outra de 1870 na linha, e você tenha em mãos a carta da invenção do telefone. Você sabe que foi em 1800 e alguma coisa. Mas foi antes de 1855? Depois? Se foi depois, terá sido antes de 1870 ou depois? Ou seja, a partida vai aumentando de desafio e diversão. O problema do jogo é o esperado: uma vez que tenha-se jogado várias vezes, quanto melhor sua memória, ter-se-á uma noção bastante precisa das datas dos inventos e uma tremenda vantagem para quem jogou mais, sendo necessário, daí, deixar o jogo de lado por um bom tempo, até que esqueça-se da maior parte das datas, ou incluir expansões (e o jogo tem várias, com diversos tópicos - descobertas, eventos históricos, cinema & música, etc). Em todo caso, é uma maneira interessante de aprender um pouco. Nas partidas, o Trentini venceu 1 e eu duas, sendo a última um massacre;

- Twilight Imperium (Third Edition) (Pedro, Libonati, Léo, Rafaelfo, Trentini e eu) - então veio o jogo do dia. Primeiro uma ampla explicação das regras do jogo, muito bem feita pelo Léo. Tal momento foi regado a pães de alho e linguiça, o que muito contribuiu para o aprendizado. Depois, veio o jogo em si. As raças ficaram:
- Trentini: Universities of Jol-Nar (bons em invenções; tem penalidade para combates);
- Libonati: The Lizix Mindnet (bons em recursos iniciais e em combate com as naves maiores);
- Pedro: The Mentak Coalition (são piratas e roubam recursos dos outros; atacam primeiro com certas naves);
- Léo: The Yssaril Tribes (bons em política);
- Rafael: The Xxcha Kingdom (bons em diplomacia);
- eu: The Naalu Collective (sempre os primeiros a jogar; podem escapar de batalhas antes dela começar; tem bônus de ataque com Fighters).

Na preparação do setor galático, a raça do Trentini e a minha ferraram-se: ficamos com quatro áreas vazias entre nós e Mecatol, e o Trentini, de propósito, ainda enfiou um wormhole, um espaço desprovido de planetas, ao lado da área inicial dele. Os outros ficaram com áreas mais ricas em planetas. Nenhuma região de asteroides veio a jogo, tornando uma das tecnologias iniciais de quatro dos jogadores útil somente por permitir outras mais avançadas. Jogamos com algumas variantes oficiais: objetivos públicos todos abertos, rodadas limites (10) e a ação da Imperial modificada para dar 1 ponto de vitória ao invés de 2.

Imagem de como ficou o setor. As cores eram: Libonati (azul), Léo (roxo), Pedro (preto), Trentini (verde), Rafael (amarelo) e eu (vermelho).




Na primeira rodada, os movimentos foram os esperados: todos expandiram-se para ocupar os planetas próximos, de forma a aumentar a produção de recursos e influência política. A ação mais agressiva foi a do Pedro, que usou o Warfare para dar um salto em direção a Mecatol, sem, no entanto, chegar nela, mas ocupando três planetas que estavam no caminho. Unidades novas foram produzidas, com destaque para os Dreadnoughts do Trentini. Houve também negociações de comércio, onde eu consegui um acordo bem bom com a raça do Trentini, valendo 3 recursos, mas ele impediu o acordo entre o Rafael e eu, que me renderia mais 2 recursos.

Na segunda rodada, o Pedro, novamente valendo-se da ação de Warfare, chegou e dominou Mecatol. Eu, considerando a falta de planetas em direção a Mecatol, vi-me obrigado a entrar em conflito contra o Libonati, tomando dele um importante planeta, que cedia 2 recursos e 3 de influência, além de completar o quinto planeta dominado de forma a me deixar apto a cumprir um dos objetivos públicos. O Léo, o Trentini e o Rafael continuaram produzindo e expandindo, com estes dois encontrando-se, mas fazendo promessas de fidelidade e amor eterno entre seus povos, até porque tinham um acordo comercial.

Como estava o mapa após o final da segunda rodada, onde já mostra a convivência do Libonati (azul) com minhas forças (vermelho), e o Pedro (preto) dominando o centro.



A terceira e a quarta rodada foram marcadas por expansões para novos territórios, e quase nenhum conflito. O ponto alto dessas rodadas foi uma votação política que faria povos sem tropas terrestres serem recuperados pelas populações locais, o que afetaria tremendamente o Rafael e o Pedro (que perderiam 3 planetas cada, mais algumas unidades que tinham nos planetas) e um pouco o Trentini, porém, tanto o Léo quanto eu passaríamos ilesos. Por isso, ele e eu tentamos com tudo que tínhamos aprovar esse evento, foi um festival de cartas de ação, com o Léo anulando os votos do Pedro (o que mais tinha votos, com 14), por suspeita de corrupção, eu jogando uma carta que me dava 10 mais votos, e, por fim, o Trentini anulando meus votos. Assim, o evento acabou sendo negado, porém os corações baterem forte nesse momento.

Na quinta rodada a amizade terminou em alguns setores: o Libonati, depois de muito preparar, atacou planetas meio desprotegidos do Pedro, enquanto o Léo deu um chega pra lá no Trentini, que havia surgido, passando por um wormhole, perto do terreno dele, bem no meio do caminho entre o Léo e o Pedro. O Léo ficou desesperado, pois o plano dele era mover suas tropas para um ataque contra os planetas natais do Pedro, mas a intrusão do Trentini, que foi efetivamente só passear por lá, a caminho de uns planetas abandonados pelo Pedro, acabou com o momento do avanço do Léo, que teve que se envolver num conflito pequeno, porém que atrasou toda sua ofensiva, e, ainda mais, deu tempo ao Pedro, que valeu-se de uma ação de Diplomacia, para travar o Léo e dar-lhe tempo para entupir a área de seus planetas natais com uma enorme quantidade de unidades. Louco atrás de planetas, e ainda amigado com o santifico Rafael, o Trentini moveu uma multidão de tropas para uma área vizinha ao meus planetas natais. Ali o pau comeu solto, contudo, estando melhor preparado e com naves mais parrudas, o Trentini tomou ambos os planetas, mas sofrendo pesadas baixas. Acabei ficando bem apertado, só com duas áreas sob meu controle e um planeta coexistindo num local com outro dominado pelo Libonati.

Claro que o Rafael, depois de brincar com o Trentini como uma boneca de pano ("Não atire seus PSDs em mim, poooouuur favoooor, eu sou amiiiiigooo!"), após a investida deste contra mim, afastando tropas dele, o Rafael moveu um exército em cima de áreas dominadas pelo Trentini, onde ocorreu um massacre.

O Léo tentou um ataque contra a capital do Pedro, contudo eram muitas unidades do Pedro e o ataque falhou, com perdas para ambos os lados - nada trágico, ambos poderiam se recuperar rapidamente delas.

As pontuações após a quinta rodada eram: 7 para o Pedro, 5 para o Libonati, o Léo e eu, 3 para o Rafael e 2 para o Trentini.

Notem na imagem abaixo os verdes (Trentini) ocupando um território vizinho aos vermelhos (eu). O Pedro (preto) com metade de tudo que tinha em Mecatol (o centro do tabuleiro). O Libonati (azul) e o Léo (roxo) cercando os planetas natais do preto (Pedro). Os amarelos (Rafael) batendo na porta dos verdes (Trentini). O destaque fica para meus dois Destroiers vermelhos fazendo a patrulha no setor ao lado de Mecatol.




Então veio a sexta rodada. A memorável sexta rodada. A terrível sexta rodada, onde sonhos foram esmigalhados e ocorreu a ascensão de um novo poder na galáxia.

Pois bem, eu peguei a ação da Imperial, primeiro porque ia brigar em Mecatol contra o Pedro, agora que meus Dreadnoughts e Cruisers moviam 2 espaços, e também para que ele não pegasse a mesma e marcasse mais 1 ponto, até porque, ainda que esperasse vencer, não sabia se conseguiria me segurar no local, já que a batalha certamente seria uma destruição para ambos os lados. Eu ainda tinha uma carta que impedia a produção de uma doca por toda a rodada e iria jogar na doca que o Pedro tinha em Mecatol, mas acabei por fazer alguma outra coisa com minha primeira ordem de comando (atacar o Trentini, pela honra! E para recuperar meus dois planetas vizinhos), e o Pedro, logo de cara, construiu várias unidades ali, agora que tinha o singelo limite de 12 unidades grandes num mesmo local. Aff. Eu ainda esperava vencer, pois meus Fighters eram fortes, meus Dreadnoughts atacavam antes e eu ainda tinha 2 cartas para bônus em combate. No entanto, minha expectativa era enviar uma grande força e tê-la esmigalhada, sobrando um punhado de nada após tudo feito e dito - como meu objetivo secreto exigia que eu tivesse o controle de Mecatol enquanto também tivesse todas as minhas 3 docas e todos meus 5 Dreadnoughts em jogo, não tinha esperança que isso fosse acontecer, já que dos 4 que enviaria para Mecatol, estaria bom se 1 ou 2 ficassem inteiros. Mas bem, ao menos a briga seria boa.

Só que o destino favorece os ousados.

Eis que na ação Política, ativada pelo Léo, vinha um evento que faria todas as tecnologias ficarem mais caras. O Rafael vetou esse evento de votação e outro veio no lugar. O evento do Artefato Ancestral. Depois do Léo se recuperar do acesso de riso ao ter lido os efeitos desse evento, soubemos que o esquema era o seguinte: se aprovado, rolaria-se 1d10. De 1 a 5, tudo em Mecatol seria destruído, causando ainda três de dano em todas as áreas ao redor de Mecatol, porque o Artefato, mexido por imbecis, iria exterminar tudo. De 6 a 10 todos ganhariam 2 tecnologias, pois todos aprenderiam com o Artefato. O Rafael (2) e eu (4) tínhamos algumas unidades ao redor de Mecatol, ainda assim votamos a favor, junto do Léo e do Trentini; o Libonati se absteve e o Pedro votou contra, todavia era voto vencido. Deixamos o Pedro rolar o dado. E veio um belíssimo 1, bem ao estilo das rolagens do Pedro.

Desse modo, tudo em Mecatol foi vaporizado - não conseguimos contar até números tão altos, por isso só estimamos que o Pedro tenha perdido cerca de 20 unidades - Dreadnoughts, Destroiers, Cruisers, Fighters, Carriers, exércitos terrestres e até um PSD (que é um tipo canhão) e uma Doca. Eu perdi três naves (1 Cruiser e dois Destroiers) e o Rafael uma (um Destroier). E de quebra o Pedro tinha mais unidades num planeta vizinho a Mecatol, e mais duas unidades ali foram destruídas.

A imagem abaixo mostra a situação como ela estava quando o evento ocorreu. Vocês podem tentar contar tudo o que o Pedro perdeu.




Isso fez tudo mudar. Com o espaço vazio adiante, movi meus 4 Dreadnoughts, 1 Destroier, 2 Fighters e umas tropas terrestres até de Mecatol e cheguei chegando. Os outros não podiam me alcançar ali naquela rodada ou com força suficiente para lutar pelo local. O Libonati ainda me atacou numa área vizinha aos meus planetas natais, mas falhou em conquistá-los, devido à proteção das PSDs. O Trentini, por vingança, foi surrar o Rafael, detonando-o numa batalha furiosa, em que o Trentini rolou 5 sucessos (precisando de 8+ num d10) em seis dados!

Daí ativei a Imperial por 1 ponto, e quando a rodada encerrou consegui cumprir meu objetivo secreto para marcar mais 2 pontos, indo para 8 no total.

Foi a última rodada, pois o Libonati teve que ir embora. Havia ainda a promessa de ataques vários em Mecatol, principalmente do Trentini e do Léo, já que o Libonati queria mais é dominar os wormholes, e acredito que daria algum trabalho me retirar dali (pois, sendo o primeiro agir, poderia levar mais tropas para lá).

Então, no melhor estilo coito interrompido, a partida encerrou. O resultado no final da 6ª rodada era: 8 pontos para mim, 7 para o Pedro (que queria morrer de morte morrida e de morte matada), 5 para o Libonati, 4 para o Léo e o Rafael e 3 para o Trentini.

Segue a imagem de como estava o tabuleiro ao final da 6ª rodada:




A partida durou lá suas 8 horas, mas com um grupo como esse, tudo virava provocação e piada e certamente perdemos um bom tempo com dispersões e distrações várias - era bem comum que o jogo quase parasse na hora de ver quem iria executar as ações secundárias dos ações principais, pois no geral o pessoal pensava no que queria fazer com sua ação, e éramos quase surpreendidos por ter de agir na vez dos outros. Isso causou o encerramento prévio, que deixou um gosto amargo. Mesmo assim, gostei da partida, mas não sei avaliar o quanto foi pela companhia (e pelo churrasco) e o quanto foi pelo jogo em si. É um empenho bem grande para uma partida cuja finalização pode não chegar a ocorrer mesmo separando um dia inteiro só para ela. Fico realmente com o pé atrás de jogar de novo.

E bem, foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Pedro em Sab Jun 21, 2014 1:51 am

Eu espero que eu não precise, nunca mais, provar qualquer coisa sobre minha sorte. Dessa vez ficou mais que evidente que eu não tenho.  Very Happy 


________________________________________________
avatar
Pedro
18XX (Admin)
18XX (Admin)

Mensagens : 1958
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.meeplehouse.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Trentini em Sab Jun 21, 2014 10:30 am

Eu achei um jogo bem legal tematicamente falando, demorado, mas a demora justifica a quantidade de interações, decisões e história gerada pelo jogo, quase nem vi o tempo passar enquanto jogava, a companhia era boa e as piadas aconteceram aos montes, ameaças, negociações falsas, furadas nos olhos.

O evento em questão tinha chance de ser devastadoramente ruim para o Pedro, isso depois de 7 horas e meia de jogo era algo bem complicado que só um ameritrash consegue proporcionar, estragar toda uma grande estratégia. Talvez o Pedro não conseguisse conter o ataque que o Perretto estava planejando, mas se fosse o caso, ao menos grandes baixas teriam ocorrido e ele teria servido seu propósito de atrasar a vida de quem precisava ir para Mecatol enquanto ele tentava correr atrás de seus outros objetivos.

Claro que abrir ou não o artefato era sujeito a votação, e existia uma chance de o artefato ser muito benéfico para todo mundo, inclusive o próprio Pedro. Porém uma das coisas complicadas de ameritrashes em geral é a capacidade de um evento quebrar completamente a estratégia de alguém. Isso em um jogo de 1 a 2 horas é aceitável, um jogo que estava durando 8 horas acho mais complicado ter esse tipo de mecanismo devastador. De todo modo tenho culpa por ter votado a favor de abrir o artefato, era de meu interesse que saíssem de Mecatol. Porém pensando por uma perspectiva diferente, se eu votasse contra e o Libonati também (já que para ele tanto faz quem ficasse com Mecatol, ele preferia que todo mundo estivesse concentrado lá) talvez as coisas fossem bem diferentes, o único realmente beneficiado com isso foi o Perretto. Mas na emoção do momento, todo mundo ve aquele evento ser benéfico sem pensar muito, acha engraçado e acha bonito o Pedro perdendo mais de 20 unidades de uma só vez. Faltou um pouco de julgamento e experiência no jogo, parar um pouco e pensar se aquilo beneficiaria outra pessoa muito mais do que eu, e principalmente, se fosse para o Pedro perder o controle de Mecatol, que fosse por mérito de quem o tirasse de lá. Very Happy Dito isso tudo, o evento é devastador, mas basta haver uma votação que ele pode não ocorrer, bastava alguns jogadores terem outro discernimento além do óbvio: "HAHA, Pedro tá na frente, esse evento vai ferrar ele" (eu incluso). Ao meu ver tem vários eventos que podem ser devastadores dependendo de circunstâncias, e esse nessa circunstancia foi devastador, se fosse político tirado na primeira ou segunda rodada, pouco teria sido o efeito negativo dele, e a chance de ter 2 tecnologias de graça seria bem mais atrativa, inclusive para o Pedro que na segunda rodada já ocupava Mecatol, mas se perdesse o controle não teria ficado tão nervoso quanto foi o caso depois de horas de partida.

Achei um excelente jogo, uma ópera espacial mesmo, com direito a política, batalhas espaciais e terrestres, árvore tecnológica muito boa. Agradeço a todos os envolvidos e gostaria de jogá-lo mais vezes, porém é complicado se comprometer para um jogo tão longo, por isso será sempre raro poder jogá-lo, e na próxima vez quero tentar discernir melhor o que cada um está realmente fazendo e qual pode ser o pensamento de cada um, isso teria me poupado uma viagem pelo Wormhole ou me preparado melhor para o que iria vir, são decisões típicas que faço quando estou conhecendo o jogo, penso mais no que eu to fazendo do que no que os outros estão fazendo, pq faltava para mim o domínio do jogo, claro que a próxima vez também ainda faltará, mas menos do que a primeira vez.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3412
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por libonati em Sab Jun 21, 2014 12:01 pm

Antes de mais nada, quero pedir desculpas aos colegas por precisar sair antes.

Gosto muito de TI3, apesar de poderem acontecer coisas como a que aconteceu no último jogo com o Pedro. Se fosse comigo certamente eu também não iria gostar. Embora, como sempre digo, curto mais a viagem do que o destino, então mesmo o jogo tendo durado x horas e um evento fode tudo, o que fiz antes, o que me diverti antes já valeu a experiência.

De todo modo, essa partida foi atipicamente longa e culpo sim a inexperiência e dispersão dos jogadores e não os mecanismos de jogo. Eu, por exemplo, assava carne enquanto jogava. é um jogo praticamente sem downtime se pensarmos bem, que exige atenção constante, afinal você joga na sua vez e na vez dos outros. De todo modo, estou disposto a repetir a dose sempre que possível, seja em seis pessoas ou não. Acho realmente um jogo muito bom para ficar guardado no armário.

Quanto a esta partida, já tinha jogado antes com essa raça (nos idos de 2010) e a acho muito bacana, afinal ninguém gosta de ter dreadnoughts cheirando seu cangote. Não contente, desenvolvi a tecnologia necessária para fazer war suns e dali em diante me encaminharia para cima do Perreto, o que possivelmente arregasse o Léo que ficaria sem oponente direto, podendo escolher entre terminar de arrebentar o Pedro, comer as migalhas do Elfo pelo flanco direito deste (que estava em guerra aberta contra o Trentini em seu flanco esquerdo), ou até mesmo aproveitar o meu deslocamento de tropas para me atacar através do worm hole (que estava adjacente ao meu home system). Não tinha muita esperança de conseguir mais pontos daquele ponto em diante, até pq com muito custo ganharia 2 do meu objetivo pessoal, iria a sete e depois batalharia para ter 18 planetas, já que Mecatol Rex não me interessava em nada e seria uma briga besta para mim.

Por isso, volto a afirmar que a variante oficial, ao meu ver, estraga o jogo. Eu só poderia pontuar com Imperial se tivesse Mecatol, mas o meu objetivo pessoal não incluía nada em Mecatol, ao contrário me levaria a dispersar pelo cosmo (ter naves nos 4 tiles de worm hole). Logo, a carta de Imperial para mim não tinha utilidade alguma com esta variante. O contrário deve ocorrer com a regra base, quando todos podem pontuar 2 pontos escolhendo Imperial e mesmo que com a variante, eu possa me qualificar para vários objetivos públicos, não é fácil cumprir 3/4 desses numa mesma rodada. Em dado momento eu me qualifiquei para 2, tendo escolhido um numa rodada e outro na outra, enquanto corria atrás de um terceiro, ao meu ver sem prejuízo algum e, principalmente sem a necessidade de Imperial para me qualificar para dois ao mesmo tempo, ou seja, para mim, continuava não fazendo diferença. Acho que a carta em si, como concebida no jogo base, equilibra-se. Afinal o cara que escolhe ganha dois pontos e abre um objetivo público (que como o nome supões, qualquer um pode atingir) e, principalmente permite a produção sem a necessidade de ativar o sistema, o que leva o jogo para um lado mais belicoso. Ou seja, o cara que escolhe Imperial perde todos os benefícios das outras cartas (ganha 2 pontos apenas) e, ainda, não pode produzir sem ativação de dado sistema.

Maaaasssss, se quem jogou mais vezes diz ser melhor assim, quem sou eu!

Bom, deixo claro novamente que me disponho a jogar TI3 em qualquer sexta sem RPG, com qualquer número de pessoas, até mesmo 5. Não acho que seja um jogo tão demorado e, apesar da minha pouca experiência, esta partida me pareceu atípica quanto ao tempo de duração.

Abraços!


Momento de ativação do artefato alienígena (o Perreto é o alienígena)



"End Game"


Cara de traidor do Elfo e de bobo do Trentini, momentos antes dos laços de amizade serem desfeitas


2a rodada, Pedro já em Mecatol... mal sabia ele!


Foto nada a ver com nada, só pra mostrar os empreendimentos dos amigos Soar e Rafael Martins (papelaria RM ao fundo), pelo bairro do Orleans


Última edição por libonati em Sab Jun 21, 2014 12:30 pm, editado 1 vez(es)

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2975
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Rafaelfo em Sab Jun 21, 2014 12:10 pm

Sobre a duração da partida, antes de um futuro comentário mais elaborado sobre a mesma:
Começamos o jogo por volta das 13h00, com pausa de pelo menos uma hora para o almoço por volta das 15h00. Com o Libonati debandando (e posteriormente punido justamente pelos deuses (fazia tempo que eu não via um ato divino tão bem executado!) com a impossibilidade de aproveitar a sexta-feira para jogos em grupo) por volta das 20h00, o jogo teve duração de no máximo 6h00! Entretanto acho que foram menos, por causa das paradas do bolo e outras. Chuto que jogamos efetivamente entre cinco e cinco horas e meia.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1809
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por libonati em Sab Jun 21, 2014 12:32 pm

Rafaelfo escreveu:Sobre a duração da partida, antes de um futuro comentário mais elaborado sobre a mesma:
Começamos o jogo por volta das 13h00, com pausa de pelo menos uma hora para o almoço por volta das 15h00. Com o Libonati debandando (e posteriormente punido justamente pelos deuses (fazia tempo que eu não via um ato divino tão bem executado!) com a impossibilidade de aproveitar a sexta-feira para jogos em grupo) por volta das 20h00, o jogo teve duração de no máximo 6h00! Entretanto acho que foram menos, por causa das paradas do bolo e outras. Chuto que jogamos efetivamente entre cinco e cinco horas e meia.

Digo, ainda assim, que foi demorado, já que as regras estavam todas explicadas. pela manhã praticamente. Além doq começamos a jogar antes das 13 horas, que foi perto do horário que parei de servir linguiça e pão... lembrando que mesmo assando carne eu jogava mais rápido que vocês, realizando e negando ações principais e secundárias lá da varanda! Seus bostas

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2975
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Rafaelfo em Sab Jun 21, 2014 12:38 pm

libonati escreveu:
Rafaelfo escreveu:Sobre a duração da partida, antes de um futuro comentário mais elaborado sobre a mesma:
Começamos o jogo por volta das 13h00, com pausa de pelo menos uma hora para o almoço por volta das 15h00. Com o Libonati debandando (e posteriormente punido justamente pelos deuses (fazia tempo que eu não via um ato divino tão bem executado!) com a impossibilidade de aproveitar a sexta-feira para jogos em grupo) por volta das 20h00, o jogo teve duração de no máximo 6h00! Entretanto acho que foram menos, por causa das paradas do bolo e outras. Chuto que jogamos efetivamente entre cinco e cinco horas e meia.
Digo, ainda assim, que foi demorado, já que as regras estavam todas explicadas. pela manhã praticamente. Além doq começamos a jogar antes das 13 horas, que foi perto do horário que parei de servir linguiça e pão... lembrando que mesmo assando carne eu jogava mais rápido que vocês, realizando e negando ações principais e secundárias lá da varanda! Seus bostas
Rápido não foi mesmo, fora de questão isso, ainda mais para uma partida NÃO finalizada. Só achei prudente informar que 5h30 não são 8h00!

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1809
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Trentini em Sab Jun 21, 2014 12:40 pm

Engraçado, mesmo que a gente se concentrasse ainda mais, agilizasse bastante nossas ações, não consigo ver ela sendo tão mais rápida do que foi, e convenhamos, 6 horas de partida seguidas sem uma pausa para almoço ou lanche é bem complicado. E eu não me senti mal pela partida ter durado tanto, porque a companhia era massa, os comentários geravam bastante risada e não vejo o nosso grupo sendo totalmente concentrado e não se dispersando, a partida perderia bastante da graça dessa forma. E vale lembrar que essa duração toda computada por vocês é da partida sem final, pois ela não terminou.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3412
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por tiagovip em Sab Jun 21, 2014 3:50 pm

Rafaelfo escreveu:
libonati escreveu:
Rafaelfo escreveu:Sobre a duração da partida, antes de um futuro comentário mais elaborado sobre a mesma:
Começamos o jogo por volta das 13h00, com pausa de pelo menos uma hora para o almoço por volta das 15h00. Com o Libonati debandando (e posteriormente punido justamente pelos deuses (fazia tempo que eu não via um ato divino tão bem executado!) com a impossibilidade de aproveitar a sexta-feira para jogos em grupo) por volta das 20h00, o jogo teve duração de no máximo 6h00! Entretanto acho que foram menos, por causa das paradas do bolo e outras. Chuto que jogamos efetivamente entre cinco e cinco horas e meia.
Digo, ainda assim, que foi demorado, já que as regras estavam todas explicadas. pela manhã praticamente. Além doq começamos a jogar antes das 13 horas, que foi perto do horário que parei de servir linguiça e pão... lembrando que mesmo assando carne eu jogava mais rápido que vocês, realizando e negando ações principais e secundárias lá da varanda! Seus bostas
Rápido não foi mesmo, fora de questão isso, ainda mais para uma partida NÃO finalizada. Só achei prudente informar que 5h30 não são 8h00!

Meus cálculos apontam cerca de 22 minutos de partida de TI.

Em compensação, as 3 de Timeline entre o Trentini e eu tomaram toda a manhã, algo perto de 3h30.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Rafaelfo em Sab Jun 21, 2014 3:58 pm

Bom, obrigado a todos pela visita. Espero que tenham comido bem e se sentido acolhidos. Estamos pensando em melhorias para a próxima vez! Smile

Sendo sucinto, peço desculpas se me ausentei mentalmente do jogo por vezes. Estava um pouco preocupado com o suporte ao churrasqueiro, com os snacks, serviço de sobremesas e com outros pormenores, como por exemplo a bomba no cômodo central da residência. Isto posto, tentei me concentrar ao máximo no jogo, quando possível, as vezes, entretanto, sem sucesso. É claro que concordo que a diversão seja o objetivo número 1, mas se a "zona" ultrapassa o objetivo de jogar e terminar a partida, tem algo errado, e isso precisa ser controlado pelas partes culpadas (que foram praticamente todos os presentes, uns mais outros menos). Ainda assim, acho que terminaríamos a partida se jogássemos até ás 21h40, que era o combinado, mas.....................

E então, sem mais desculpinhas, QUE JOGO BATUTA hein! Jogão, mesmo! Faca-na-caveira e muito completo, possuindo ótima mecânica, boa integração temática e interação extrema entre os jogadores! Não acho que em 6 consigamos, mesmo nos comportando bem, terminar em menos de 5 - 6 horas, mas mesmo que demore de 5 a 8 horas, senti que vale a pena, desde que termine o jogo, hehe. Esta partida, que ficou sendo de aprendizado, foi interessante, mas sinceramente não conseguiria relatar meus sentimentos exatos sobre como ela procedeu, pois o gosto amargo de algo não finalizado oculta essas análises para mim. O final foi realmente sacal com o Pedro (cômico, porém extremamente sacana (por parte do jogo, não dos jogadores!)), mas felizmente ele já estava considerando que havia perdido antes desta carta. Aguardo o convite para a próxima partida e, se melhor for, em 4 jogadores pode ser que a tarefa seja mais recompensadora.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1809
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por tiagovip em Sab Jun 21, 2014 4:07 pm

Rafaelfo escreveu:Bom, obrigado a todos pela visita. Espero que tenham comido bem e se sentido acolhidos. Estamos pensando em melhorias para a próxima vez! Smile

Estava ótimo, Rafael! O cantão-alemão sustentou tudo muito bem! Acho que passou por um dos maiores desafios que ele poderia ter.


Rafaelfo escreveu:Sendo sucinto, peço desculpas se me ausentei mentalmente do jogo por vezes. Estava um pouco preocupado com o suporte ao churrasqueiro, com os snacks, serviço de sobremesas e com outros pormenores, como por exemplo a bomba no cômodo central da residência. Isto posto, tentei me concentrar ao máximo no jogo, quando possível, as vezes, entretanto, sem sucesso. É claro que concordo que a diversão seja o objetivo número 1, mas se a "zona" ultrapassa o objetivo de jogar e terminar a partida, tem algo errado, e isso precisa ser controlado pelas partes culpadas (que foram praticamente todos os presentes, uns mais outros menos). Ainda assim, acho que terminaríamos a partida se jogássemos até ás 21h40, que era o combinado, mas...

É, acho que até 21h40 terminaria. Mas, assim, ACHO.

Rafaelfo escreveu:Aguardo o convite para a próxima partida e, se melhor for, em 4 jogadores pode ser que a tarefa seja mais recompensadora.

Então, em 4 certamente durará menos, mas duvido que seja mais legal! Mais pessoas envolve mais ações, mais relações e uma fase política, em tese, mais interessante (ainda que, na nossa, somente 1 votação tenha emoção).

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por tiagovip em Sab Jun 21, 2014 7:46 pm

Faltou uma imagem, a mais importante!!


________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Rafaelfo em Sab Jun 21, 2014 10:45 pm

tiagovip escreveu:
Acho que isso deixa claro sobre quem era quem entre os que "zoneavam: uns mais, outros menos".

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1809
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta - 19/junho (TI3)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum