Meuterer - resenha

Ir em baixo

Meuterer - resenha Empty Meuterer - resenha

Mensagem por tiagovip em Sex Dez 13, 2019 5:29 pm

Meuterer - resenha Pic135137



Em Meuterer os jogadores são tripulantes de um navio mercante, com o objetivo de venderem mercadorias pelas ilhas enquanto o Capitão luta para manter o controle do navio diante de seguidas tentativas de amotinados tomarem o controle. Isso porque o Capitão do navio recebe pontos extras pela ilha em que o navio está, assim, o Amotinado pode querer esses pontos para si. Para defender-se, o Capitão pode contar com a ajuda do Imediato, no entanto, para isso, tem que oferecer certa quantidade de pontos para que algum jogador interesse-se em pegar tal papel. O Amotinado também pode ter ajuda, vinda do Camaroteiro, pois este, se o motim for bem-sucedido, recebe 2 pontos. Por fim, existem mais dois papéis: o Mercador, se as ofertas de produtos dele estiverem empatadas, ele recebe o bônus em pontos maior; e o Estivador, que, ao final da rodada, recebe três cartas extras (mas precisa descartar 3, ou seja, não fica com mais, só tem mais opções).

A oferta de produtos ocorre com cada jogador, a partir do Capitão, colocando 1 carta de mercadoria em frente de si. Nas ilhas é informado qual tipo de produto pode ser vendido ali. Quem ofertar mais do tipo requerido (ou de qualquer tipo, em duas ilhas que aceitam de tudo), recebe pontos. Ademais, pode-se abaixar cartas de conflito, que não ajudam nas vendas, mas ou protegem contra motins, ou ajuda os amotinados. Quem decidir passar, sem adicionar cartas de mercadoria, escolhe um dos papéis disponíveis. Assim, aquele que passar primeiro, terá 5 opções (Amotinado, Imediato, Mercador, Camaroteiro e Estivador), o próximo a passar, fica com 1 opção a menos, e assim em diante - a seleção é feito de modo secreto. Ao final da fase de oferta, todos revelam os papéis escolhidos e as habilidades deles são ativadas. Se alguém pegou o Amotinado, ocorre uma tentativa de motim. Os 4 envolvidos nisso (o Capitão, o Amotinado, o Camaroteiro e o Imediato), se estiverem presentes (pois os dois últimos podem não ter sido escolhidos), tem 1 turno adicional para baixar cartas de conflito, se tiverem. Passado isto, quem tiver o maior valor de conflito, vence - em caso de empate, o motim ganha. Após isto, os ajudantes recebem seus pontos (2 para o Camoroteiro, se o motim foi bem-sucedido, e 1 mais o que foi oferecido pelo Capitão no início da rodada, para o Imediato, se o motim foi derrotado). O navio, então, move em ordem horária a quantidade de cartas que restaram na mão do Capitão (ou do Amotinado, que virou o Capitão) e este recebe os pontos indicados na ilha.

Todos os jogadores recebem cartas até voltarem a ter 5 cartas em mãos e uma nova rodada inicia. A partir da segunda rodada, normalmente haverá 2 ilhas disponíveis para venda de mercadorias (a atual em que o navio está, e a anterior, da qual o navio acabou de sair) - os jogadores escolhem onde querem vender. Ao final da 8ª rodada (ou 9ª, se jogando em 3 pessoas) a partida encerra, e quem tiver mais pontos, vence!

Meuterer - resenha Pic1341273
Meuterer mostrou-se como um jogo muito dos interessantes, sendo um jogo de cartas, porém com a sensação de ser um jogo com tabuleiro e peças, até porque as ilhas e o navio ficam dispostas na mesa, servindo como "tabuleiro". Ademais, o jogo oferta opções variadas a cada rodada, pois dependendo da mão de cartas, pode valer a pena investir em venda, ou num motim, ou em passar cedo, para pegar primeiro um papel valioso (por exemplo, se a oferta de pontos do Capitão ao Imediato for alta). Além disso, pode-se estimar os locais onde o navio poderá aportar em seguida, preparando-se para chegar forte nas vendas ali (e isso é ainda mais determinado se o Capitão passa cedo, pois sabe-se aonde o navio irá, então a pessoa pode avaliar se é oportuno para ela defender o Capitão, para garantir que o navio siga até a ilha prevista, ou iniciar/fortalecer o motim, para que o navio siga até outro local). E mesmo sendo rico em opções, o Meuterer tem seu tempo de duração relativamente enxuto, ficando entre 45 minutos a 1 hora.

Há alguns leves pontos contra, porém: o jogo, pelo que sei, só existe em alemão. O Meuterer, no entanto, é independente de linguagem, mas perde-se o que há de texto de auxílio. Ademais, exige-se papel e caneta para marcar as rodadas e a pontuação das pessoas - felizmente duas coisas fáceis de achar (bem, no meu grupo, nem tanto assim).

Mesmo assim, o Meuterer passou tranquilamente pelo meu teste de qualidade, efetivamente merecendo aquele título dado de modo abusivo para muitos jogos, de "gema escondida", até porque o jogo está por aí faz 15 anos (foi lançado em 2000), e seus mecanismos nos pareceram ainda serem inovadores e diferenciados, pois não lembro de qualquer outro jogo que funcione de maneira similar ao Meuterer, exceto seu próprio antecessor, do mesmo autor, o Verräter.

E é isso!

Abs,


Crédito das imagens (em ordem):
BaSL
Bombadillo

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
tiagovip
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6391
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum