Sexta - 05/fevereiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por Soar em Seg Fev 08, 2016 12:24 pm

Começando a minha maratona de carnaval...

Jogamos na Vila Celta:

(Ramon, Marlon, V Russo, Soar)

Samurai - sem novidades, foi uma partida equilibrada, mesmo para dois iniciantes, venci por uma pecinha de vantagem.
O destaque foi para a linda versão da Fantasy Flight Games. Se eu gostei, SIM gostei muito, tanto gostei que dei a minha antiga de presente.
Recomendo para quem gosta do jogo, pode adquirir sem medo. 
O que muda? O tabuleiro (não sei por que motivo) é modular. se jogam menos jogadores ele fica menor na mesa.
As peças mudaram o formato... não são mais obentos, cabutos e budas. São Castelos (casta militar), Budas (casta religiosa) e gãos (casta dos mercadores).

Dungeon Roll  - outro jogo que não é novidade para vocês, muitos tem ele do kick starter, o meu é da Galápagos. Todos se divertiram, realmente está bem legal para ser um jogo de 60 pilas.
Minha indgninação foi com a carta do Meio-Goblin... achei desbalanceada. Este personagem tem habilidade de eliminar automaticamente 2 tipos de dados inimigos sem fazer nenhum esforço = pode resolver poções e baús 'de gratis'.

Stone Age - Um dos poucos Euros 'purões' que eu gosto.
Comecei, já no primeiro turno, coletando a carta mais desiquilibrada do jogo: uma ferramenta nível 3. Com ela meu início de partida ficou beeeem mais fácil. Fui muito feliz ao coletar recursos e acumulei muitos deles já no início da partida o quie permitiu que eu fizesse muitas cabanas. Somado com multiplicadores de 2 e 3x eu pontuei enormemente (foi um aborto da natureza o que eu fiz!!) e finalizei a partida com 230 pontos (duas voltas no marcador). Tive a sorte de ter o Binder como testemunha ocular do feito. 
Festa Festa Festa Festa


Última edição por Warrior em Qua Fev 10, 2016 11:48 am, editado 1 vez(es)

________________________________________________
"We Are the Borg. You Will be Assimilated. Resistance is Futile"
 
avatar
Soar
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1807
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 45
Localização : Kronnos 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por tiagovip em Seg Fev 08, 2016 2:36 pm

Warrior escreveu:Minha indgninação foi com a carta do Meio-Goblin... achei desbalanceada. Este personagem tem habilidade de eliminar automaticamente 2 tipos de dados inimigos sem fazer nenhum esforço = pode resolver poções e baús 'de gratis'.

Nos meus registros, o Meio-Goblin participou de duas partidas, e perdeu ambas. Por sinal, numa delas, foi você quem jogou com ele.

Existem, sim, cartas melhores e piores, mas o Meio-Goblin nem chega perto. Jogue com o Viking e veja o quão ruim ela é.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6013
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por tiagovip em Seg Fev 08, 2016 2:37 pm

Olá, pessoas!

Na mansão Marceleza, um bom lugar para jogos, porém o Marcelo irá usar seu cartão de anfitrião para bloquear partidas de jogos que ele quer jogar, mesmo que acabe não jogando, como foi o triste destino do El Grande.

- Colossal Arena (Gustavo, Trentini, Jorge, Marcelo e eu) - foi uma partida interessante, onde o usualmente perseguido Colossus manteve-se vivo e permitiu ao Gustavo, seu apoiador (ele acabou revelando a aposta secreta nele), salvou duas apostas perdidas. O Marcelo teve umas sensíveis perdas, mas entre o Trents, o Jorge e eu, todos estávamos na disputa. E mesmo com o Trents perdendo o Unicórnio no fim, seu Titan o levou à vitória, já que o Unicórnio o Jorge e eu também perdemos. O resultado foi: 14 pro Trents, 13 pro Jorge e 12 para mim.

- Mafia City (Rafaelfo, Jorge, Trentini e eu) - partida de estreia do jogo. Nele, todos são mafiosos tentando influenciar a cidade. Em seu turno, ou o jogador põe um marcador em algum local da cidade ou usa uma carta. Quando todos passarem, vê-se quem tem mais influência em cada local - se houve empate, quem colocou um marcador antes entre os empatados vence.

Ao vencer um local, a pessoa recebe 1 ponto e ainda pode usar a habilidade do local - são 7 e cada um tem efeito diferente: a prisão permite tirar um marcador de qualquer local e colocar na cadeia; a polícia permite olhar a mão de cartas de qualquer jogador a qualquer momento; o clube de cavalheiros permite ganhar 1 ponto a mais ao gastar-se uma carta com o símbolo +1; o porto permite usar o Assassino para remover o marcador de alguém no local que o Assassino está; o Clube da Luta permite receber 1 marcador de influência do suprimento; a bolsa de valores permite receber 3 cartas e ficar com 2 delas; e, por fim, a prefeitura permite que o jogador decida a ordem em que os locais serão ativados (cada local tem um número e, sem o Prefeito em jogo, são resolvidos pela ordem da numeração).

As cartas, além de seu uso pelo texto, também podem ser usadas pelos símbolos, para ter 1 ação após já ter passado, para pegar marcadores (do tabuleiro para a mão ou do suprimento para a mão) e para cancelar efeitos de cartas. Após cada rodada, marcado os pontos e usados os poderes, em ordem, por local, cada jogador decide se irá manter sua influência naquele local ou retirar os marcadores. Encerrado isso em todos os locais, todos recebem 1 carta (se houver um último colocado, este recebe 1 carta extra) inicia-se uma nova rodada. O jogo termina na rodada em que alguém chega a 13 pontos ou mais, e vence quem tiver mais pontos!

Como vê-se não é um jogo complicado, mas, nossa, como é cretino. É dedo no olho dos outros o tempo todo! Todas as cartas são canalhas, brigar com outros por controle é sempre tenso, e os efeitos dos locais são de neutro para escrotos com os outros. Mesmo assim, ele é pouco complexo e direto o suficiente para que todos possam divertir-se. Todos aprovaram, mas para quem não gosta de confronto direto, certamente não é recomendado.

Na partida, o Jorge e o Rafael saíram na frente, o Rafael controlando o Porto e a Cadeia, enquanto o Jorge mandava no Clube da Luta, na Polícia e na Prefeitura. O Trentini e eu digladiávamos pela Bolsa de Valores - ao menos restava-me o Clube dos Cavalheiros, que eu usava parcamente por não pegar cartas com o símbolo de +1. Assim, o Jorge e o Rafael lideravam e o Trentini e eu brigávamos por farelos. Porém consegui ter umas rodadas melhores e ao finalmente fazer o Clube dos Cavalheiros obter sua glória anterior, alcancei os dois na frente. O Rafael mantinha-se no mesmo jogo, pouco valendo-se do controle do Assassino (ele só o usou uma vez, eliminando um marcador do Jorge), mas apavorava a concorrência com seu férreo controle da Cadeia. O Jorge, mais mirado, largou mão da Polícia para defender a Prefeitura e o Clube da Luta, o que o levou a ter quase todos os marcadores (são 11 no total e todos começam com 7), o que lhe dava boa vantagem na disputa pelo controle dos locais. No que veio a ser a última rodada, estava o Rafael com 11 pontos, o Jorge e eu com 10. Usando-se da gorda mão de cartas que eu tinha, fui atrasando minhas ações até que todos tivessem passado e, sem oposição, mandei mafiosos pra Cadeia, mudei influências e controlei 3 locais - a Cadeia, o Clube dos Cavalheiros e a Bolsa de Valores. O Jorge também controlava 3 - a Polícia, a Prefeitura e o Clube da Luta, mas o bônus dos Cavalheiros pôs-me adiante, assim ganhei com 14 pontos, contra 13 do Jorge e 12 do Rafael. Do Trentini preferimos não falar.

- Eldritch Horror (Marcelo, Léo e eu) - jogamos contra o Shub-Niggurath e os investigadores iniciais eram o Lily Chen (Léo), o Leo Anderson (Marcelo) e o Jim Culver (eu). O mistério inicial foi o dos Rituais na Selva, e tivemos dificuldade com ele porque eu, com o Jim, simplesmente não conseguia resolver os encontros de pistas para poder ajudar. Dessa forma, todo o serviço recaiu nas costas da Lily e do Leo. O tabuleiro foi-se enchendo de portais e monstros, o que já é naturalmente ruim e pior quando trata-se do Shub. o primeiro mistério foi resolvido, e o segundo, a Natureza da Onimadre, estava ainda sendo encaminhado, quando problemas maiores começaram. A perdição avançava a passos largos, principalmente quando um Mythos fez todos os símbolos vermelhos dos monstros ativarem, o que fez a perdição avançar em 2 devido a uma Cria Estelar e um Horda de Zumbis. O Leo Anderson acabou sendo morto por uma Múmia, no Cairo, e a Lily Chen foi morta em Sidney. A Diana Stanley (Léo) e o Silas Marsh (Marcelo) vieram para substituí-los, mas o Silas pouco fez, pois acabou sacrificado pelo Jim Culver, devido a um pacto negro que este travara com o culto do Bode Negro! O Mark Harrigan (Marcelo) chegou para ajudar, e fez sua parte, mas era tarde demais. Apesar de termos resolvido o segundo mistério, o terceiro, Caçando os Mil, ficou sem ser resolvido, pois o Shub-Niggurath foi desperto no Coração da África e o mundo já eras. Cometemos erros diversos, e o principal foi deixar o mundo apinhar de criaturas - deveríamos ter ido lidar com elas antes, e pagamos caro por não fazer isso. Curiosamente, o Jim manteve-se vivo do começo ao fim.





- Samurai Spirit (Léo, Marcelo e eu) - fomos com os samurais Kyuzo (Léo), Daysuke (Marcelo) e Kikuchiyo (eu). Tivemos bons resultados contra a primeira e a segunda leva de atacantes, perdendo somente duas casas e nenhuma família, até por o Kikuchiyo estava devastador, arrebentando os oponentes. Era basicamente certo que iríamos resistir ao terceiro ataque, porém justamente o Kikuchiyo, que já tinha liberado seu espírito animal, caiu vitimado por danos. Assim, com os outros samurais perdendo a fé, veio a derrota.

- Hanabi (Marcelo, Léo e eu) - apesar do sono que abalava o Léo e, principalmente, o Marcelo, até que fomos bem, considerando que o primeiro 1 verde veio só aparecer quando restavam umas 8 peças escondidas. Nessas condições os 18 pontos obtidos estão de muito bom tamanho.

E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6013
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por Soar em Seg Fev 08, 2016 2:38 pm

@tiagovip escreveu:
Warrior escreveu:Minha indgninação foi com a carta do Meio-Goblin... achei desbalanceada. Este personagem tem habilidade de eliminar automaticamente 2 tipos de dados inimigos sem fazer nenhum esforço = pode resolver poções e baús 'de gratis'.

Nos meus registros, o Meio-Goblin participou de duas partidas, e perdeu ambas. Por sinal, numa delas, foi você quem jogou com ele.

Existem, sim, cartas melhores e piores, mas o Meio-Goblin nem chega perto. Jogue com o Viking e veja o quão ruim ela é.

Abs,
Pois é! Na ocasião eu estava boiando e nem usei as habilidades dele! Impressionante mesmo foi você resgatar isto!  Surprised

________________________________________________
"We Are the Borg. You Will be Assimilated. Resistance is Futile"
 
avatar
Soar
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1807
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 45
Localização : Kronnos 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por tiagovip em Ter Fev 09, 2016 1:52 pm

@tiagovip escreveu:- Mafia City (Rafaelfo, Jorge, Trentini e eu)

Faltaram as informações élficas:

Cores: Trentini - amarelo; Jorge - verde; Rafael - cinza; Tiago - vermelho.

Duração: 1h24

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6013
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por Trentini em Qua Fev 10, 2016 11:18 am

Além do Colossal Arena e do Mafia City já relatados pelo Perretto, joguei Firefly no cenário que quando algum jogador chegasse a 12.000 créditos ele podia chamar o fim do jogo, aí todo mundo desconta os créditos dos trabalhos que não conseguiu realizar e quem possuir mais dinheiro vence.

Caras, foi uma partida bem massa e eu particularmente gostei de jogar mais esse jogo em 3 do que em 4 pessoas. A interação é praticamente a mesma com a vantagem de diminuir um pouco mais o downtime. Se na primeira partida, com o cenário mais introdutório, eu achei esse jogo bom, nesse aqui ele me ganhou de vez. Baita jogo e me fez finalmente assistir a série, passei o feriado assistindo, bem legal, uma pena que foi cancelada e o filme de encerramento não foi lá muito bom. Mesmo assim recomendo a série.

Na partida eu não lembro exatamente quem foi com que capitão, sei que eu estava indo muito bem e seguro com uma equipe bem boa de lábia, mecânica e porrada, entretanto uma população moral demais para alguns serviços imorais, eu escolhia sempre que possível os ilegais MORAIS, que pagavam muito bem e não deixavam minha tripulação descontente, tive um trabalho inicial para pegar equipamento necessário, mas depois que a tripulação e os upgrades estavam acertados, foi um trabalho atrás do outro e venda de contrabandos e cargas coletadas no meio das viagens, um erro de timming em um trabalho que eu não podia nem sequer começar e um missbehave que me atrasou 3 rodadas no final do jogo me impediram de chegar mais perto do Jorge que venceu mesmo após ter perdido tripulação e trabalho em um outro missbehave no passado.

O Rafa fez um jogo seguro e até conseguiu boa pontuação apenas fazendo trabalhos legais, pois viu que ficar mal com a aliança não era um bom negócio.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3422
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por tiagovip em Qua Fev 10, 2016 2:28 pm

@Trentini escreveu:Baita jogo e me fez finalmente assistir a série, passei o feriado assistindo, bem legal, uma pena que foi cancelada e o filme de encerramento não foi lá muito bom. Mesmo assim recomendo a série.

Eu gosto do filme, bastante por sinal. Claro, sabendo que a série tinha "morrido" de fato (após o cancelamento, devido aos apelos constantes dos fãs, a série ficava num purgatório de volta-não-volta), eles inseriram bastante para fechar o que fosse possível. Mesmo assim, curti o resultado, ainda que, bem, tenha sido cruel.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6013
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por Trentini em Qua Fev 10, 2016 2:48 pm

@tiagovip escreveu:
@Trentini escreveu:Baita jogo e me fez finalmente assistir a série, passei o feriado assistindo, bem legal, uma pena que foi cancelada e o filme de encerramento não foi lá muito bom. Mesmo assim recomendo a série.

Eu gosto do filme, bastante por sinal. Claro, sabendo que a série tinha "morrido" de fato (após o cancelamento, devido aos apelos constantes dos fãs, a série ficava num purgatório de volta-não-volta), eles inseriram bastante para fechar o que fosse possível. Mesmo assim, curti o resultado, ainda que, bem, tenha sido cruel.

Abs,
Então, veja, eu não acho o filme analisado como um material isolado um bom resultado, mas vendo que é um apelo para um final digno para a série acho que ele é bem válido. Mas imagino que seria mais legal se a série continuasse mais uma temporada e desenvolvesse alguns plots melhor. Por exemplo, o do pastor.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3422
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por libonati em Qua Fev 10, 2016 3:05 pm

Eldritch Horror é um jogo qual quero conhecer.

Esse Máfia City pareceu interessante, com um tema bem aplicado. Mas parece que ele tem um efeito munchkin, isso se aplica, Perreto? É possível que os demais jogadores se unam para adiar ou até mesmo evitar a vitória de outro?

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2976
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por Rafaelfo em Qua Fev 10, 2016 3:47 pm

@libonati escreveu:Esse Máfia City pareceu interessante, com um tema bem aplicado. Mas parece que ele tem um efeito munchkin, isso se aplica, Perreto? É possível que os demais jogadores se unam para adiar ou até mesmo evitar a vitória de outro?
Existe, sim, bash de Leader. Existe, sim, várias formas de impedir a vitória de outrem.
Porém, há um grande atenuante que é a impossibilidade de diminuir os pontos de um jogador (coisa que acontece no Munchkin e no Spartacus, por exemplo).
E, no fim, esse bash the leader fica bem interessante pois, tematicamente, é só canalhice e lábia, então lá nos finalmentes, além de ter se mantido saudável para um último turno cheio de possibilidades, possivelmente ganha aquele que saber vender melhor seu peixe e que cultivou um ar mais, digamos, amigável, no decorrer do jogo para com os coleguinhas mafiosos (pergunte depois ao Trentini como NÃO fazer isso).
Isto posto, a vitória dificilmente vai cair nas mãos de alguém que não mereça (#MeritocraciaMafiosa), porém, capacidade de persuasão e conseguir não ser odiado por todos é bem importante.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1809
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por tiagovip em Qua Fev 10, 2016 4:07 pm

@Rafaelfo escreveu:
@libonati escreveu:Esse Máfia City pareceu interessante, com um tema bem aplicado. Mas parece que ele tem um efeito munchkin, isso se aplica, Perreto? É possível que os demais jogadores se unam para adiar ou até mesmo evitar a vitória de outro?
Existe, sim, bash de Leader. Existe, sim, várias formas de impedir a vitória de outrem.
Porém, há um grande atenuante que é a impossibilidade de diminuir os pontos de um jogador (coisa que acontece no Munchkin e no Spartacus, por exemplo).
E, no fim, esse bash the leader fica bem interessante pois, tematicamente, é só canalhice e lábia, então lá nos finalmentes, além de ter se mantido saudável para um último turno cheio de possibilidades, possivelmente ganha aquele que saber vender melhor seu peixe e que cultivou um ar mais, digamos, amigável, no decorrer do jogo para com os coleguinhas mafiosos (pergunte depois ao Trentini como NÃO fazer isso).
Isto posto, a vitória dificilmente vai cair nas mãos de alguém que não mereça (#MeritocraciaMafiosa), porém, capacidade de persuasão e conseguir não ser odiado por todos é bem importante.

É isso daí, Liba, concordo com tudo dito pelo Rafael.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6013
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 05/fevereiro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum