Sexta - 31/jan

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sexta - 31/jan

Mensagem por tiagovip em Dom Fev 02, 2014 3:28 pm

Olá, pessoas!

Nesta sexta, novamente na Lambda 42, aconteceu nosso encontro semanal. O que joguei foi:

Robinson Crusoe: Adventure on the Cursed Island (André, Artur, Léo e eu) - jogamos o primeiro cenário - Náufragos (Castaways) - onde o objetivo é acumular madeira para fazer uma fogueira grande o suficiente para que navios passando perto da ilha possam notá-la e resgatar os náufragos. O Léo foi o Explorador, o Artur o Cozinheiro, o André o Carpinteiro e eu fiquei com o Soldado. Tivemos problemas diversos com os recursos perto de nosso acampamento, que estavam todos sendo exauridos, deixando-nos sem opção além de nos aprofundar na ilha, em busca de novas fontes de madeira e alimentos. Além disso, sofremos com os animais mais ferozes da ilha, que tentavam acossar nosso acampamento. Vieram nuvens pesadas, seguidas de tempestades, enquanto tínhamos dificuldades em nos manter alimentados e com problemas em conseguir fazer uma corda - o Carpinteiro tentava insistentemente, mas sem resultados. Após fazerem uma faca e uma lança, o Soldado saiu para caçar, encontrando, primeiro, um cabrito-montês, que parecia ensandecido, e causou duros ferimentos no Soldado antes de ser abatido, e ainda era magro, rendendo pouca comida. O Explorador encontrou uma trilha que levava a um distante local com certa abundância de frutos e raízes, e a situação dos alimentos melhorou, tanto mais quando o Carpinteiro conseguiu fazer sua corda e montar uma eficaz armadilha. A comida deixou de ser a principal preocupação, então os náufragos puderam concentrar-se em montar um teto melhor para resistir ao tempo ruim que o inverno traria, enquanto também juntavam madeira para a grande fogueira. A vida não era fácil - houve picadas de abelhas e aranhas, diarreia e até mesmo um tesouro pirata amaldiçoado -, mas os náufragos resistiram, ajudados pela auspiciosa descoberta de um barril de vinho! Ao final da longa provação, os náufragos conseguiram acender a fogueira, chamando a atenção de um navio mercante. Eles estavam salvos! -- Foi uma luta difícil, pois sofremos bem cedo com falta de recursos, e os danos sofridos foram vários. Vencemos, ao final, com 71 pontos, mas jogamos errado: sem uma tenda montada, os náufragos sofrem 1 ponto de dano por rodada. Com isso o Explorador, que chegou a ter só 1 ponto de vida, teria certamente morrido, então o jogo fica com um grande asterisco - mesmo assim uma excelente partida;

Hey, That's My Fish! (Léo, Jorge, Rafael e eu) - uma partida bem disputada, em que me foquei em peças com vários peixes, enquanto o Léo isolou-se em uma área gigante. O Jorge e eu ficamos disputando os mesmos espaços, já o Rafael perdeu terreno no meio do mapa, e conseguiu apenas um quinhão menor num canto. Ao final, vitória do Léo, com 27 peixes, seguido por mim, com 26. Tanto o Jorge quanto o Rafael ficaram com 21 peixes;

The Lord of the Rings: The Card Game x2 (Fabiano e eu) - jogamos o primeiro cenário do ciclo de Moria: Para Dentro do Fosso (Into the Pit), onde nossos anões foram enviados para levar uma mensagem para Bálin, pois a muito tempo somente o silêncio advinha de Moria. Os líderes da expedição foram: Thálin, Glóin e Gimli (eu), e Bombur, Nori e Ori (Fabiano), acompanhados por um notável séquito de anões companheiros. Nossa primeira exploração encontrou dificuldades várias, pois bandos de goblins dominavam grande parte das minas, e a escuridão e o mal eram palpáveis. Nossos problemas cresceram quando Nori foi morto. A luta, a partir desse momento foi desigual, ainda que algum equilíbrio tenha sido alcançado quando começamos a combinar melhor nossas cartas. As ervas curativas entre outras cartas do deck do Fabiano que permitiam grande avanço fizeram a diferença para nos manter na disputa, enquanto eu lidava com os bandos de goblins e orcs. Mas não foi possível vencer o cenário, e perdemos no 3o estágio, sem ter avançado nada nele. Fomos, então, para uma segunda tentativa, tivemos um começo bem melhor, e com cartas e habilidades que mantinham nossa ameaça reduzida, conseguimos tempo extra para lidar com os problemas. O Fabiano e eu abaixamos uma legião de aliados, com essa ajuda, conseguíamos viajar com segurança, mantendo outros preparados para eventuais combates. Os mestres de batalha de Erebor fizeram a diferença nas lutas, enquanto os Barba-longas foram de grande importância para as viagens. Infelizmente cometemos um engano no cenário - pulamos dois locais que tinham que ser explorados no começo, então tivemos de colocá-los depois, e isso certamente mudou a dinâmica do cenário. Como foi, acabamos por vencer o cenário, chegando a ter mais de 20 e tantos pontos de viagem em certos momentos! Vitória, mas devido ao erro iremos revisitar o cenário na próxima oportunidade;

Robinson Crusoe: Adventure on the Cursed Island (Jorge, Fabiano, André e eu) - jogamos o segundo cenário: Ilha Amaldiçoada (Cursed Island), onde o objetivo é construir cruzes, de forma a exorcizar o mal da ilha. O André foi com o Carpinteiro, o Jorge com o Soldado, o Fabiano com o Cozinheiro e eu com o Explorador. Tivemos dificuldades com os recursos cedo, e houve seca, o que trouxe animais perigosos para mais perto de nosso acampamento. A névoa maldita logo estava a nos atrapalhar, mas conseguimos nos valer do sino sagrado para recuperarmos áreas tomadas pela névoa. Nossas construções iam em passo de tartaruga, e a resistência dos náufragos era abalada pela eventual falta de comida e de um abrigo. Conseguimos madeira para montar um acampamento mais estruturado, e então tornava-se necessário apressar a construção das cruzes, ou jamais completaríamos a missão de exorcismo. Tivemos dois momentos de grande sorte: encontramos cobertores, que ajudaram a nos proteger do clima gelado, e um machete, que nos ajudou na coleta de madeira. O esforço foi grande, e uma falha na construção de uma cruz quase pôs tudo a perder, obrigando-nos a focarmos nisso, mesmo em detrimento de outras necessidades, como alimentos. Nem o surgimento de um cadáver na praia, de um antigo companheiro de tripulação, abalou completamente o moral e, afinal, mesmo entre a densa névoa que cobria praticamente toda a ilha, a última cruz foi erigida, acabando com a maldição! Vitória! Marcamos 41 pontos.

E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5996
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por Rafaelfo em Dom Fev 02, 2014 8:22 pm

Boa noite caros companheiros!
Nesta sexta de Lamdba joguei:

Tzolk'in com a expansão Tribes & Prophecies (Trentini, Jorge, Evandro e eu)
Uma coisa que vejo comumente no Tzolk'in são partidas não muito disputadas, ficando visível de 2 a 3 jogadores com possibilidades de vitória já no meio do jogo. Nesta partida fiz a estratégia newbee, mas efetiva da engrenagem da comida (Palenque) + tecnologia de agricultura e oferenda aos deuses. Sendo assim elevei rapidamente os pontos nos tracks dos deuses, conseguindo inclusive diversos recursos grátis para usar em outros momentos. A habilidade especial da minha tribo (ver abaixo) ajudou muito também. Os outros jogadores acabaram seguindo estratégias um pouco mais variadas, o que não permitiu focar muito em algum tipo de "maquina de pontos".
Jogamos com duas particularidades da expansão (são 3 no total): Tribos e Profecias (ohhhhh).
As tribos oferecem a cada jogador, desde o início, uma vantagem única - que pode ou não moldar como o jogador deverá jogar sua partida. Eu estava com Itzamnà (que conferia bônus de pagar menos para avançar nas tecnologias); o Trentini estava com Balam (que conferia milho (ao invés de custar milho) quando ele executava uma ação anterior em uma engrenagem); o Jorge estava com Xaman Ek (que permite uma vez por turno fazer uma ação livre de "troca" (como se utilizando a ação de troca)); e o Evandro estava com Cit-Bolon-Tum (que permite uma vez por turno pagar 3 para colocar um trabalhador em um local que custa mais do que 3).
As profecias são comuns a todos os jogadores e reveladas também no começo da partida, conferindo (ou retirando) pontos para quem cumprir/não alcançar alguns objetivos. São 3 profecias, uma para cada um dos três últimos quartos da partida. Nessa jogatina de sexta as profecias que saíram foram: uma de estar bem posicionado no Deus marrom, uma de possuir tokens de milho e outra de possuir construções. Quanto melhor você está em um desses itens quando a profecia é pontuada, mais pontos ganha-se.
Nossa pontuação final foi: Rafael 78, Trentini 72, Jorge 36 e Evandro 27.
O Evandro foi quem mais progrediu já que na primeira vez dele ele fez cerca de 55% menos pontos... o.O
Gostei das adições da expansão, mas não sei avaliar corretamente se elas melhoram efetivamente o jogo ou se as tribos estão bem balanceadas entre si. Joguemos mais então para tentarmos bolar uma teoria!

Race for the Galaxy com expansão Gathering Storm (André, Libonati e eu)
Uma partida onde levamos uma surra do Libonati (eu principalmente). Ele produziu um monte e ganhou muito pontos com isso. Eu, além de ter jogado mal, peguei muito e muitos developments e tentei combar algo com os mesmos... sem sucesso. Placar final: Libonati 58, Andre 40, Rafael 30.

Hey That's My Fish (Perretto, Léo, Jorge e eu) - já comentado anteriormente.

Bora Bora (Leonardo, Andre, Jorge e eu)
Foi a partida de estréia para mim, Andre e Jorge. Gostei do jogo, mesmo com as críticas de suas "maquininhas de pontos". O jogo é Feld bagarai e oferece muitas, mas MUITAS possibilidades. Eu particularmente estava "avoado" e mandei bem mal, mas os outros colegas brigaram bastante pela vitória, que acabou ficando com o Léo (179), seguido pelo André (176), Jorge (168) e eu (139). Jogamos uma coisa errado na pontuação final que possivelmente conferiu em média uns 15 pontos de vitória a mais para cada jogador. Possivelmente o resultado final não seria alterado - é o que esperamos, pelo menos.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1809
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por Trentini em Seg Fev 03, 2014 10:53 am

Essa partida de Tzolk'in com as expansão foi ótima, acho que a expansão melhora o jogo sim, principalmente a parte das profecias, quanto a parte das tribos, ainda não dá para mandar um parecer final, parece que as raças são relativamente balanceadas, como em Terra Mystica, mas algumas parecem ter mais vantagem sobre as outras, mas é cedo para dizer com apenas uma partida.

Depois joguei 2 partidas de Parade com o Pedro, Jorge e Evandro. Em ambas o Jorge levou o jogo, e em ambas o jogo terminou por alguém comprar todas as cores, no primeiro fui eu, e no segundo foi o Evandro. Não lembro exatamente das pontuações, sorry.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3410
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por doizinho em Seg Fev 03, 2014 11:41 am

Sexta, visando melhorar ainda mais meu carma confused, eu ensinei o Le Havre para o Pedro, Bruno e Evandro. Enquanto eles jogavam tudo errado o Le Havre eu pude jogar algumas coisinhas.

Lord of the Rings: LCG (Tiago e eu) - O Tiago já descreveu tudo acima muito bem, como sempre. Só gostaria de acrescentar que foi a estréia do meu segundo deck de anões e confesso que fiquei bem impressionado com ele, ficou bem bom pra dar suporte. Ele conta com uma quantidade absurda de anões famosos (Nori, Ori, Bombur, Bifur, Bofur, Dori e Dwalin). O cenário também me impressionou positivamente. Sexta reforcei a minha vontade de continuar comprando expansões pro jogo que continua sendo o melhor coop que já joguei.

Robinson Crusoe: Adventure on the Cursed Island (Jorge, Tiago, André e eu) - Essa foi a noite esquisita onde o Evandro conheceu um jogo meu sem eu estar presente, e eu conheci um do Evandro sem ele estar presente. Enfim o Robinson Crusoé é um jogo bem legal, gostei dele. Em alguns momentos o Jorge parecia ter dado a partida como perdida - a cara dele não era muito boa Suspect - mas mesmo com a nuvem negra sobre o Jorge o grupo seguiu firme e solucionamos o problema. Agora estou atrasado apenas pro Cuba Libre, Study in Emerald e o jogo de trem do Bruno que é jogado sempre.

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3176
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por tiagovip em Seg Fev 03, 2014 12:21 pm

doizinho escreveu:Lord of the Rings: LCG (Tiago e eu) - O Tiago já descreveu tudo acima muito bem, como sempre. Só gostaria de acrescentar que foi a estréia do meu segundo deck de anões e confesso que fiquei bem impressionado com ele, ficou bem bom pra dar suporte. Ele conta com uma quantidade absurda de anões famosos (Nori, Ori, Bombur, Bifur, Bofur, Dori e Dwalin). O cenário também me impressionou positivamente. Sexta reforcei a minha vontade de continuar comprando expansões pro jogo que continua sendo o melhor coop que já joguei.

O que me animou é dois decks de anões temáticos conseguem dar conta do cenário de Moria! Achei que teríamos que forçar um pouco a barra e colocar uns humanos ou elfos para fazer o serviços, mas pelo jeito, não, os anões darão conta muito bem.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5996
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por Pedro em Seg Fev 03, 2014 1:13 pm

doizinho escreveu:Sexta, visando melhorar ainda mais meu carma confused, eu ensinei o Le Havre para o Pedro, Bruno e Evandro. Enquanto eles jogavam tudo errado o Le Havre eu pude jogar algumas coisinhas.

Fabiano,

pode ser que fazíamos alguma coisa errada sim. Porém lembro da partida que tinha feito anteriormente e acho q vcs fazem uma partida conservadora e eu resolvi tocar o caos no esquema das cartas. Vi que as pontuações ficaram altas, creio que, graças a esse ritmo.


________________________________________________
avatar
Pedro
18XX (Admin)
18XX (Admin)

Mensagens : 1958
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.meeplehouse.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por Soar em Ter Fev 04, 2014 9:17 am

tiagovip escreveu:
The Lord of the Rings: The Card Game x2 (Fabiano e eu) - jogamos o primeiro cenário do ciclo de Moria: Para Dentro do Fosso (Into the Pit), onde nossos anões foram enviados para levar uma mensagem para Bálin, pois a muito tempo somente o silêncio advinha de Moria. Os líderes da expedição foram: Thálin, Glóin e Gimli (eu), e Bombur, Nori e Ori (Fabiano), acompanhados por um notável séquito de anões companheiros. Nossa primeira exploração encontrou dificuldades várias, pois bandos de goblins dominavam grande parte das minas, e a escuridão e o mal eram palpáveis. Nossos problemas cresceram quando Nori foi morto. A luta, a partir desse momento foi desigual, ainda que algum equilíbrio tenha sido alcançado quando começamos a combinar melhor nossas cartas. As ervas curativas entre outras cartas do deck do Fabiano que permitiam grande avanço fizeram a diferença para nos manter na disputa, enquanto eu lidava com os bandos de goblins e orcs. Mas não foi possível vencer o cenário, e perdemos no 3o estágio, sem ter avançado nada nele. Fomos, então, para uma segunda tentativa, tivemos um começo bem melhor, e com cartas e habilidades que mantinham nossa ameaça reduzida, conseguimos tempo extra para lidar com os problemas. O Fabiano e eu abaixamos uma legião de aliados, com essa ajuda, conseguíamos viajar com segurança, mantendo outros preparados para eventuais combates. Os mestres de batalha de Erebor fizeram a diferença nas lutas, enquanto os Barba-longas foram de grande importância para as viagens. Infelizmente cometemos um engano no cenário - pulamos dois locais que tinham que ser explorados no começo, então tivemos de colocá-los depois, e isso certamente mudou a dinâmica do cenário. Como foi, acabamos por vencer o cenário, chegando a ter mais de 20 e tantos pontos de viagem em certos momentos! Vitória, mas devido ao erro iremos revisitar o cenário na próxima oportunidade;
Provavelmente esqueceram do Portão e da Ponte certo? Eles travam um pouco o começo do jogo!

Acredito que com o tanto de cartas que vcs tem disponíveis para montar os decks eles devem ficar bem legais, ainda mais quando dá pra faze-los temáticos!

ABrax

________________________________________________
"We Are the Borg. You Will be Assimilated. Resistance is Futile"
 
avatar
Soar
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1800
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 45
Localização : Kronnos 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por tiagovip em Ter Fev 04, 2014 9:21 am

Warrior escreveu:Provavelmente esqueceram do Portão e da Ponte certo? Eles travam um pouco o começo do jogo!

Exatamente! Estávamos lá pelo meio de coisa quando o Fabiano viu a carta do Hall e da Ponte que haviam ficado de lado! A ponte incomoda demais e é preciso já estar bem preparado para chegar nela e atravessá-la.


Warrior escreveu:Acredito que com o tanto de cartas que vcs tem disponíveis para montar os decks eles devem ficar bem legais, ainda mais quando dá pra faze-los temáticos!

Os dois decks de anões ficaram bem legais!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5996
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por Soar em Ter Fev 04, 2014 9:25 am

Massa! Quiçá um dia tereia a oportunidade de jogar com vcs! Quem sabe numa sexta num futuro próximo!

Continuem jogando e relatando pois me inspira bastante!

Abrax

________________________________________________
"We Are the Borg. You Will be Assimilated. Resistance is Futile"
 
avatar
Soar
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1800
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 45
Localização : Kronnos 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por libonati em Ter Fev 04, 2014 12:58 pm

Tinha escrito um negócio bem lindinho aqui, mas o trosso bugou... então vai um sumário.

Race for the Galaxy Depois de uma mão inicial asquerosa, consegui me recuperar no decorrer do jogo, com bons mundos de produção e cartas de consumo que vieram bem a calhar!!! O Rafael se virou bem, acredito, com o que vinha... é difícil jogar Race sem cartas e isso developments não dão, ou muito raramente. O André investiu bem nos aliens e com isso conseguiu uns objetivos, cartas e pontos.

Le Havre Enfim conheci este clássico dos jogos de tabuleiro. Gostei de tê-lo conhecido, valeu a pena. Quanto ao jogo, indubitavelmente, ele tem ótimas mecânicas, bem fechadas, apesar das arestas e da deselegância das cartas, o que, por sua vez, gera rejogabilidade. Para mim, porém o jogo se tornou cansativo a partir da 11a rodada. Acho o jogo muito longo para tantas conversões e cartas com efeitos diferentes. Acho que o jogo cresce muito sem se tornar envolvente. Enfim, o jogo é bem feito, mas a mim não agradou muito.

Galaxy Trucker Eu, Pedro e Léo, apresentamos o jogo base para o Evandro. Só tenho a dizer que jogar com o Leonardo é ridículo, o cara é um verdadeiro engenheiro de naves espaciais.

Foi isso, abraços

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2975
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 31/jan

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum