Dungeon Roll - primeiras impressoões

Ir em baixo

Dungeon Roll - primeiras impressoões Empty Dungeon Roll - primeiras impressoões

Mensagem por libonati em Qui Nov 07, 2013 1:21 am

como a cidade está recheada de cópias, acho interessante passar aqui as impressões que tive nas minhas partidas.

Joguei apenas duas vezes, uma sozinho para conhecer o jogo e outra com um adversário.

No jogo cada jogador representa uma aventureiro descendo uma masmorra para ganhar tesouros e XPs (no final tesouros valem XP) e vence o jogo aquele que tiver mais XP no final de três incursões às masmorras.

A primeira coisa a se fazer então é sortear ou escolher o aventureiro com qual se vai jogar. Cada um deles tem dois lado, o novato e o avançado e cada lado tem duas habilidades diferentes, uma que pode ser usada a vontade e outra apenas uma vez por incursão, ou seja, três vezes no jogo.

Começa o jogo o último jogador que esteve no subterrâneo. Este jogador joga 7 dados de grupo (party) e o jogador a sua esquerda será o senhor da masmorra (dungeon lord).

Os dados de grupo tem em suas faces o mago, o guerreiro, o clérigo, o ladrão, o campeão e o pergaminho. O resultado nesses dados é o que o jogador tem para usar durante toda sua incursão, salvo exceções (poções).

O senhor da masmorra por sua vez rolará os dados de masmorra, na quantidade correspondente ao nível de masmorra que o aventureiro estiver, quanto mais fundo, mais difícil. Então no primeiro nível rola um dado, no segundo dois e assim por diante. Os dados de masmorra têm em suas faces a poção, o baú, o dragão, a gosma, o esqueleto e o goblin.

Bom e o que fazem esses dados todos. Os dados de grupo e masmorra estão intrinsecamente ligados. Pois, o guerreiro mata quantos goblins quiser, uma gosma ou um esqueleto, ou abre um baú; O mago mata quantas gosmas quiser, um goblin ou um esqueleto, ou abre um baú; o clérigo mata quantos esqueletos quiser, uma gosma ou um goblin ou abre um baú; o ladrão mata apenas um de cada monstro, mas abre quantos baús quiser; e, por fim, o campeão mata quantos monstros quiser de um tipo ou abre quantos baús quiser. Tá e o pergaminho? O pergaminho serve para rerrolar quantos dados de grupo e masmorra o jogador quiser, salvo os com a face para o dragão. Uma vez que o dado de grupo é usado, o mesmo deve ser colocado no cemitério e está fora daquele incursão.

O dragão tem uma dinâmica um pouco diferente. A cada momento que um dado com essa face sai, o dado é posto no covil do dragão e quando houver três dados lá, o aventureiro deverá enfrentar além dos monstros ordinários, um dragão. Para matar o dragão, é necessário que o jogador disponha três diferentes heróis diferentes entre si. O dragão garante 1 ponto de XP e um tesouro.

Cada poção permite que o aventureiro reviva um dado de grupo do cemitério e coloque na face que quiser, ao custo de qualquer outro dado de grupo, inclusive. Por fim, cada baú permite ao jogador comprar um tesouro aleatório. São diversos os tesouros que existem, mas o tipo que quero ressaltar aqui são aqueles capazes de substituir as faces de heróis nos dados de grupo, com exceção campeão. Esse é o tipo de tesouro que permitirá ao jogador ir mais fundo na masmorra.

Após ter enfrentado um nível da masmorra, ter pilhado este nível e eventualmente enfrentado o dragão, o aventureiro reagrupa os heróis sob seu comando (essas são as fases de turno em ordem) e decide se vai continuar explorando a masmorra ou se vai sair. Se sair o jogador leva XP igual ao nível da masmorra que explorou por último. Caso decida descer mais um nível o senhor da masmorra rolará os dados de acordo com este novo nível e caso o aventureiro não seja capaz de enfrentar todos os desafios deverá fugir levando nada. Essa é uma típica mecânica de press your luck, que é o grande tempero do jogo.

Como disse antes, o jogo acaba quando cada jogador tiver feito três incursões.

O jogo pode ser jogado de 1-4 jogadores, mas mesmo com poucas partidas afirmo categoricamente que dois é o melhor número. Já que apenas dois jogadores "jogam" a cada turno, sendo que um deles apenas rolará os dados de masmorra e esperará as ações do jogador atual, o aventureiro. Então, em 3 ou 4 jogadores, enquanto 2 "jogam", os demais ficam fazendo nada, o que pode ser chato já que cada exploração demora em torno de 3 minutos.

É importante destacar que o cara que é o senhor da masmorra não joga efetivamente, apenas substitui um dummy player, rolando os dados de masmorra. Tanto que o jogo solo não tem diferença alguma nas regras, apenas que o jogador rola os dados de grupo e os de masmorra. Isso resulta numa interação zero entre os jogadores e um típico "jogo do eu sozinho"!

O jogo é legal e é bacana pensar em quais dados ou tesouros queimar para solucionar aquele nível da masmorra, ou descer sabendo que pode se dar mal, mas pode contar com a sorte.

Basicamente é isso.

Acho que o jogo preencheu o que eu procurava, um filler para poucos jogadores. Está longe de ser um jogo que caia como uma luva no meu gosto, mas é divertidinho ver o coleguinha se dando mal, mesmo que você não tenha contribuído em nada para isso, apenas rolado os dados. E como disse antes, apostar com a sorte é a grande recompensa do jogo (ou frustração, dependendo do jogador e dos dados).

Dificilmente vou encará-lo com quatro jogadores, já que a demora pode ser um grande inimigo de qualquer jogo e/ou partida, especialmente de um como esse que você sequer pode planejar seus próximos passos!

________________________________________________
Dungeon Roll - primeiras impressoões Jswidget

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3009
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 35
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Dungeon Roll - primeiras impressoões Empty Re: Dungeon Roll - primeiras impressoões

Mensagem por Trentini em Qui Nov 07, 2013 8:15 am

Interessante, não sei se faz totalmente meu perfil, mas quando tiver oportunidade será legal conhecê-lo, afinal eu sou um dos que não tem a cópia do jogo, mas vi quando entregaram e o jogo é muito bonito.

________________________________________________
Oh, sleep my child

Dungeon Roll - primeiras impressoões Jswidget
Trentini
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3547
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Dungeon Roll - primeiras impressoões Empty Re: Dungeon Roll - primeiras impressoões

Mensagem por libonati em Qui Nov 07, 2013 10:43 pm

@Trentini escreveu:Interessante, não sei se faz totalmente meu perfil, mas quando tiver oportunidade será legal conhecê-lo, afinal eu sou um dos que não tem a cópia do jogo, mas vi quando entregaram e o jogo é muito bonito.
A caixinha merece destaque mesmo. É bem diferente e a edição de Kickstarter ficou muito legal.
As ilustrações do jogo me agradaram, não são excepcionais, mas também não são ruins, todavia minha falta de conhecimento sobre o assunto não permite que eu diga mais do que isso.

Outra coisa que merece destaque é o manual e o livreto (os livretos no caso da edição de kickstarter) que informam sobre os heróis. Achei um diferencial bacana.

Por fim, os dados também são bem legais, cada face é diferente e tem uma figura bem bacana, com exceção da do clérigo, que achei feio e meio nada a ver.

________________________________________________
Dungeon Roll - primeiras impressoões Jswidget

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3009
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 35
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Dungeon Roll - primeiras impressoões Empty Re: Dungeon Roll - primeiras impressoões

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum