Terça - 24/setembro

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Terça - 24/setembro

Mensagem por tiagovip em Qua 25 Set 2013 - 10:33

Olá, pessoas!

Ontem prosseguimos nossa campanha de Mice and Mystics. Os cenários que jogamos foram:

*** Aviso: Há spoilers sobre a aventura. ***

Mice and Mystics (André, Éder e eu) - jogamos o capítulo 9 - A Redenção de Vurst (Vurst's Redemption), em que os camundongos precisam ir até o quarto de Vanestra para pegar o Anel da Lembrança, a escova de cabelos da Vanestra e mexer no relógio, para que este bata meia-noite. O Filch (Éder) e o Collin (eu) assumem esse encargo. Logo de cara, os dois encontram o traidor Vurst, outrora o capitão da guarda real, que agora serve Vanestra. Porém, após uma séria conversa, Vurst começa a por sua nova lealdade em dúvida, já que aceitara servir Vanestra apenas devido à esperança de que o Rei Andon voltasse ao que era anteriormente, antes do falecimento da esposa - um rei guerreiro, ousado, ao invés de um, de acordo com Vurst, fraco e que logo aceitaria se subjugar aos elfos de Nextor. Mas Collin o faz ver que o Rei Andon, após arrefecer sua fúria e desejo pela guerra, tornara-se um rei melhor e, de modo algum, mais fraco por isso. Após uma breve luta, pois Vurst ainda estava com sua volúvel lealdade para com Vanestra, o capitão aceita, um tanto a contragosto, seguir com os camundongos, ajudando-os. Porém Vurst permanecia alguém dividido, e quando a situação parecia problemática para os camundongos, era necessário dar uns sopapos nele para que o mesmo se lembrasse que Vanestra era uma bruxa cruel. Assim, tendo tanto que lidar com os perigos dos Ratos, Baratas e uma Centopeia, Collin e Filch chegaram até o quarto de Vanestra. A segurança roedora ali era pesada e foi afortunado de Vurst parasse de ir de um lado para outro em sua alianças e mantivesse os Ratos à distância com disparos constantes. Filch, fazendo o que sabe melhor, foi até a penteadeira de Vanestra e, mexendo nas gavetas com destreza, encontrou o Anel da Lembrança e a escova. Collin labutava para fazer os ponteiros do relógio irem para onde ele queria. Um ponteiro foi até fácil para o lugar, mas o outro, recusava-se. Somente quando Filch correu da penteadeira para o relógio, que os dois camundongos juntos conseguiram fazer o relógio bater meia-noite. As batidas ressoaram pelo castelo e, quando encerraram, foram substituídas pelo barulho de portas sendo abertas e fechadas às pressas, então Vanestra chegara no quarto. Ela parecia sofrer de uma dor de barriga, pois ela se transformava. O corpo dela foi da aparência humana para a de uma imensa Aranha (em comparação com camundongos, seria só uma Aranha meio grande, para um humano). Vurst ficou boquiaberto e assustado pelo que viu e, naquele momento, soube que os camundongos tinham razão em enfrentar Vanestra. Assim, sem um pedido de desculpas, mas com um olhar de arrependimento, o capitão Vurst correu para combater Vanestra, de forma a comprar tempo para que Collin e Filch conseguissem escapar do quarto com o Anel e a escova de cabelo. O combate parecia equilibrado, mas era evidente que Vurst não poderia igualar o poder de Vanestra. Collin, perto da porta, cogitou ajudar o capitão, mas ainda era preciso salvar a vida do Rei Andon e Vurst, mais do que querer enfrentar Vanestra, ele precisava, em nome de sua honra e alma, fazer isso. Collin, assim, saiu atrás de Filch;

Mice and Mystics (André, Éder e eu) - jogamos o capítulo 10 - De volta à barriga da Besta (Back in the Belly of the Beast), em que Nez, Tilda, Maginos e Lily assumem o encargo de levarem uma bomba feita por Nez até a forja, para que ela seja lançada dentro da Besta, a arma de sítio construída por Vanestra. O André jogou com o Maginos, o Éder com a Lily e eu com o Nez e a Tilda. Foi afortunado que a Tilda seguia com esse grupo, pois a Lily estava num dia para não ter saído do ninho. A mira dela não estava calibrada e, ao contrário, a de todos os oponentes dela, estava, o que fez ela ser ferida diversas vezes e somente não foi capturada duas vezes pela intervenção de Tilda, curando-a e salvando-a da captura. Porém, a verdade era que havia algo de errado com as armas de longo alcance, pois os disparos do cajado de Maginos eram incapazes de acertar até as paredes. O mago estava frustrado e irritado, mas ao menos seu companheiro, o Meeps, estava atrapalhando os oponentes. Dessa maneira, a responsabilidade de derrubar os inimigos residiu um Nez e Tilda, e esta, em particular, estava endiabrada. Mesmo sofrendo com ataques constantes, sequer sofreu um arranhão - o pior perigo que ela sofreu foi quando comeu queijo vencido. Assim, as Baratas e Ratos estavam causando mais problemas que o normal, contudo, com dificuldades, os camundongos avançavam em direção da forja. Houve um breve conflito com uma Centopeia nos esgotos, a qual caiu antes os golpes de Nez e Tilda. As páginas iam passando rápido e os camundongos estavam preocupados, pois a ação deles deveria ocorrer em tempo similar àquela realizada por Filch e Collin. Valendo-se dos encanamentos, o grupo, afinal, chegou até a forja e, ali, a Besta estava sendo finalizada, as rodas sendo postas e o maquinário sendo coberto. Tilda, Lilly e Maginos atacaram, dando tempo para que Nez, que ainda teve que se valer de seu martelo para abrir caminho, chegasse até a Besta e jogasse a bomba que carregava. A explosão deixou a todos abalados, todavia o efeito foi o esperado: as rodas desabaram, madeira em chamas eram cuspidas para todos os lados da Besta, enquanto as rodas dentadas soltavam-se e faziam todo o maquinário travar e, com isso, havia mais sons de coisas sendo arrebentadas e detonadas. Era como música para Nez. Mas esses sons foram cobertos por um grito logo e terrível que veio de algum ponto mais alto no castelo. E, pior, os Ratos sobreviventes que trabalhavam na Besta, junto de outros que surgiam dos túneis, começavam a cercar os camundongos. O momento do conflito final aproximava-se.

E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5913
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terça - 24/setembro

Mensagem por libonati em Qua 25 Set 2013 - 10:47

Oq o André fez no capítulo 9?

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2975
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terça - 24/setembro

Mensagem por tiagovip em Qua 25 Set 2013 - 10:59

@libonati escreveu:Oq o André fez no capítulo 9?
Ele controlou o Vurst!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5913
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terça - 24/setembro

Mensagem por libonati em Qua 25 Set 2013 - 11:41

Ahh entendi... achei que o Vurst era "controlado" pelo próprio jogo, com uma mecânica que mexeria com sua lealdade, a depender de certos eventos e atitudes tomadas pelos jogadores!

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2975
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terça - 24/setembro

Mensagem por tiagovip em Qua 25 Set 2013 - 12:07

@libonati escreveu:Ahh entendi... achei que o Vurst era "controlado" pelo próprio jogo, com uma mecânica que mexeria com sua lealdade, a depender de certos eventos e atitudes tomadas pelos jogadores!
Isso também. A lealdade dele variava de acordo com certos mecanismos do jogo, mas em ambos os lados (leal ou inimigo), o Vurst era manejado pelo André.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5913
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Terça - 24/setembro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum