Overdose de Sentinels

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Overdose de Sentinels

Mensagem por Binderman em Qua Jun 29, 2016 9:44 am

Nos últimos 5 dias joguei Sentinels 7 vezes. Comprei ou ganhei várias expansões em sequencia e não havia jogado com muitos de seus vilões, heróis e ambientes. Das expansões que já foram lançadas só não tenho a Villains.

 Foram 6 partidas solo e uma em 4 jogadores (já relatada aqui), 4 vitórias e 3 derrotas. Algumas impressões sobre coisas que joguei pela primeira vez:

 - Setback (herói): Tão divertido de jogar quanto o Guise, ele basicamente fica mais poderoso quanto mais azar ele tem. Grande ideia. E os flavor texts estão entre os melhores do jogo.

 - The Sentinels (herói): Grupo de quatro heróis que são tratados como apenas um. Cada um tem poucos pontos de dano (11 a 14) mas suas habilidades se complementam muito bem e tenho a impressão que eles podem ser os mais poderosos do jogo. Muito legal jogar com eles.

 - Naturalist e Parse (herói): Tenho que jogar mais vezes com os dois para dar uma opinião melhor. Por enquanto achei a Parse muito passiva e o Naturalist meio estranho de jogar.

 - The Vengeance Five (vilão): Novo modo de jogo onde os heróis lutam contra um time de vilões alternadamente. Agora os vilões também podem ficar incapacitados e ganha-se o jogo quando todos eles são derrotados. Joguei duas partidas (na Base do Baron Blade e na sede dos Freedom Five) com Legacy, Wraith e Tachyon contra seus respectivos nêmesis Baron Blade (Alterado geneticamente para ficar mais forte), Ermine (Mulher Gato) e Friction. Na primeira fui derrotado facilmente, já na segunda eu consegui incapacitar a Friction mas perdi do mesmo jeito. Todos os vilões começam com alguma carta poderosa baixada. A do Baron Blade diminui um de dano e recupera dois de saúde e as duas da Friction a tornam muito perigosa e a primeira que deve ser derrotada: uma delas inibe danos de raio e a outra permite que ela jogue mais uma carta. Para piorar, assim como a Tachyon ela também pode dar uma pancada gigante que depende da pilha de descartes. Foi com uma pancada dessas que o Legacy foi derrotado na primeira partida. Resolvi mudar um pouco, mantive os vilões e a Tachyon e adicionei Fanatic e Guise, mudando também o ambiente: The Block. Foi uma tremenda partida, bem difícil mesmo com a presença da Fanatic OP. Ela foi a única a cair, mas um pouco antes conseguiu limpar a mesa de todas as cartas. A Tachyon conseguiu bons golpes que derrubaram a Friction logo nas primeiras rodadas. Na última rodada o Guise derrotou o Baron Blade com duas meta-cacetadas em sequência e logo a seguir um prisioneiro paranóico terminou o jogo, ao fugir de sua cela e derrotar a Ermine que já estava nas últimas após tomar uma porrada de 15 da Tachyon. No final, Fanatic caída, Tachyon com 1(!) e Guise com 6 de saúde foram comemorar a vitória no hospital. Excelente esse novo modo de jogo, parece que ficou mais dinâmico e intenso.

 - Wager Master (vilão): Eu já havia jogado uma partida com ele, mas foi rápida demais para se chegar a qualquer conclusão. O personagem mais parecido com ele que consigo imaginar é o Q do Star Trek Nova Geração. Sim, ele é poderosíssimo, muda a realidade ao seu bel prazer, é invencível caso queira, mas prefere ficar brincando de desafios com os heróis. Dessa vez fui com Chrono-Ranger, Omnitron-X, The Sentinels no Complexo Industrial Pike. As cartas que saíram no setup do vilão mudaram a estratégia de cara: se a saúde do vilão chegasse a zero eu perderia o jogo!!! E para derrotá-lo, no final do seu turno todos os heróis deveriam estar com saúde com quantidade par e abaixo do máximo. Parece fácil, mas outra carta tirava 3 de dano de quem estivesse com saúde par. Para minha sorte, logo na primeira rodada uma das cartas de ambiente reduziu o dano em 1. Ou seja, agora eu só precisava deixar todo mundo com saúde par que o próprio vilão faria o resto. E para fazer isso os heróis teriam que brigar entre si! Felizmente tanto o Chrono quanto o Omintron tem cartas que dão 1 de dano em vários alvos. Após algumas rodadas consegui deixar todos com saúde par e já ia partir para o abraço, mas... Saiu uma carta de ambiente que destruiu todas as outras cartas de ambiente e o menos 1 de dano foi embora. Gastei mais algumas rodadas tentando me manter de pé e no final eu consegui jogar uma carta de herói que diminuía um de dano e consegui a vitória. Que vilão crica de se vencer!

 A variedade que o Sentinels tem até agora é impressionante. Com uma mecânica ridiculamente simples (jogue uma carta, use um poder, compre uma carta) a >G consegue manter o jogo diferente, altamente temático e divertido a cada expansão.

________________________________________________
"You are already naked. There is no reason to not follow your heart." Steve Jobs

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2520
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Overdose de Sentinels

Mensagem por tiagovip em Qua Jun 29, 2016 11:41 am

@Binderman escreveu: - Setback (herói): Tão divertido de jogar quanto o Guise, ele basicamente fica mais poderoso quanto mais azar ele tem. Grande ideia. E os flavor texts estão entre os melhores do jogo.

 - The Sentinels (herói): Grupo de quatro heróis que são tratados como apenas um. Cada um tem poucos pontos de dano (11 a 14) mas suas habilidades se complementam muito bem e tenho a impressão que eles podem ser os mais poderosos do jogo. Muito legal jogar com eles.

 - Naturalist e Parse (herói): Tenho que jogar mais vezes com os dois para dar uma opinião melhor. Por enquanto achei a Parse muito passiva e o Naturalist meio estranho de jogar.

Gosto muito do Setback - se posso, tendo a pegá-lo. Os Sentinels são provavelmente o "herói" mais forte - batem demais da conta, curam muito - enfim, fazem de tudo e bem.

E o Naturalist é um dos melhores, por nível de legal mesmo.

O Wage Master achei mais fraquinho - entendo a lógica e o tema, mas em jogo, não me convenceu.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5883
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum