Sábado - 05/março

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sábado - 05/março

Mensagem por tiagovip em Seg Mar 07, 2016 2:31 pm

Olá, pessoas!

No churrasco para comemorar o aniversário do Gabriel e meu, como esperado ocorreram vários jogos.

- Samurai Spirit (Gabriel, Angel e eu) - os samurais foram o Kyuzo (Angel), Gorobei (Gabriel) e Katsushiro (eu). Apesar da primeira e da segunda onda de ataques não forem muito bem combatidas, pois perdemos muitas casas, sendo que, na segunda onda, só o Kyuzo ficou de pé. Mesmo assim, na terceira fomos bastante bem, lidando bem com os chefes e com o Gorobei, em sua forma de urso, batendo geral. E a vitória não veio por pouco: os samurais resistiram até o final, só que, ao contabilizar os espaços defendidos, o Gorobei morreu por dano e a última casa foi destruída.

- Splendor (Ana Paula, Angel e eu) - fazia tempo de minha última partida de Splendor, mas lembrava bem do esquema. Comecei bem, encaminhando-me para um par de nobres, porém a falta de cartas pretas começou a me atrasar, tanto em conseguir novas cartas quanto permitir-me disputar por mais nobres. Felizmente meu investimento em verdes compensou quando uma carta de nível 3, valendo 4 pontos, demandava 7 verdes. Reservei-a e a fiz um pouco depois, em seguida fiz uma verde de nível 2, valendo 3 pontos. A Angel viu que minha intenção era fazer uma azul, pegar um nobre e chegar a 15 pontos - o que fiz. Ela tentou superar a minha pontuação, contudo parou em 14 pontos.

- Cockroach Poker (Binder, Ana Paula, Angel e eu) - A Ana começou insegura, mas logo pegou o jeito, enquanto o Binder, que iniciou bem, quase sem sobrar com bichos, começou a ruir quando suas lorotas foram sendo pegas pelos outros. No final, as Moscas foram sua queda, quando a Angel armou a arapuca e ele caiu.

- Love Letter x2 (Libonati, Ana Paula, Angel e eu) - na primeira partida, a Ana zoou conosco. Enquanto o Liba e a Angel destruíam-se e eu pouco fazia além de perder, a Ana atropelou e ganhou com 4 vitórias contra 0 de todos os demais. Na segunda partida, consegui, na primeira rodada, eliminar a Ana, usando um Barão, e garanti que o império chegaria ao fim. A Angel e o Liba venceram as 2 primeiras rodadas e eu temia não chegar a vencer 1 que fosse, mas na terceira, ganhei. Com todos com 1 vitória e a Ana com 0, achamos justo encerrar a partida, para fúria da Ana que exigiu a sequência dessa partida no futuro.

- Legendary Encounters: An Alien Deck Building Game (Rafaelfo, Binder, Libonati e eu) - jogamos o primeiro cenário - Nostromo - e lembrando da primeira partida eu esperava dificuldade. Só que não. Cartas de cura vieram cedo e o Médico (Liba) iniciou curando bem, e apesar de alguns danos iniciais altos, todos sobreviveram... até certo tempo. O Artilheiro (Binder) acabou sendo ousado, indo na frente, e foi morto. Um tremendo azar, pois o Técnico (eu) jogava em seguida e tinha como curar 2 cartas de dano, o que salvaria o Artilheiro. Mesmo com um a menos, o trio de sobreviventes manteve-se firme, com bons usos de Coordenação, principalmente para ajudar a Pesquisadora (Rafael) que ficava só escondida no laboratório tentando esquecer que estava sendo caçada numa espaçonave por aliens com sangue ácido. Já na caça ao Ser Perfeito, o Médico quase caiu, tomando 6 de dano, totalizando 9, sendo que tinha 10 de vida máximo. Foi só um susto, pois, na sequência, o Técnico mandou fogo pra cima do Ser Perfeito, matando-o. Vitória dos humanos!

- Leaping Lemmings (Léo, Libonati, Rafaelfo e eu) - estreia minha no jogo. Ele é bem simples: lemingues correm pelo tabuleiro, tentando pular com o maior estilo possível da borda da falésia, enquanto duas águias ficam caçando sem dó os pobres roedores, tudo devido a uma aposta entre cientistas para ver quem desenvolve os melhores roedores saltadores. A mecânica é: primeiro 1 dado é rolado para cada águia, que é movida, pelo jogador da vez, exatamente o número de áreas determinado pelo dado - a direção seguida, no entanto, é decidida pelo jogador. Se uma ou ambas as águias pararem numa área com lemingues, a águia mata um lemingue exposto e espanta os outros para fora da área - a direção da fuga é decidida pelo jogador da vez, porém tem que ser a menor distância possível para sair da área, mesmo que isso obrigue o lemingue a ter que ser movido para frente.

Depois, cada jogador, em ordem de turno, move um lemingue pelo número de espaços determinados por uma carta revelada - o número vai de 2 a 5, e o lemingue tem que andar todos os espaços, não é possível andar menos. Lemingues podem se apinhar num mesmo espaço - formando uma pilha, e até que o lemingue do topo mova-se, nenhum de baixo pode ser movido; só que, no caso de um ataque de águia, é o lemingue do topo que tem que ser morto.

Há espaços "protegidos" no tabuleiro - os arbustos -, que exigem 2 de movimento para entrar. Mas, ali, o lemingue fica protegido do ataque de águias - mesmo assim, se uma chegar na área, ele será assustado para longe, mas, ao menos, não é comido. Só 2 lemingues podem ficar no mesmo arbusto. Além disso, há pelo mapa, locais com comida para os lemingues - o lemingue que primeiro mover-se de um espaço com comida, leva-a. Comida ou valem pontos ao final do jogo, ou dão favores, que podem ajudar no movimento, na beleza do salto final ou para adquirir cartas. Falando em cartas, todos os jogadores começam com 3 e elas ou ajudam a pessoa ou atrapalham, muitas vezes de maneiras bem canalha, os outros.

Quando um lemingue chega na borda, o movimento que ele ainda tiver vira a nota que o salto do lemingue recebe - digamos que a carta de movimento revelada seja 4. O lemingue inicia seu movimento a 1 espaço da borda - então a nota de seu salto será 3. A nota de cada salto vira pontos ao final do jogo.

Ao final, quem tiver mais pontos - na soma entre as notas de saltos, bônus dados por cartas e valor das peças de comida - será o vencedor!

Na partida, fui uma tragédia nos saltos dos meus lemingues. Consegui até deixar um deles bem bonitinho e posicionado para um belo salto, só para tê-lo assustado por uma carta usada pelo Rafael, fazendo-o cair todo sem jeito da borda e receber um mísero ponto por isso. O Libonati e o Léo deram bons saltos, sendo que o Liba alcançou um com a pontuação máxima: 5 pontos. Os bons saltos iniciais do Léo fizeram-nos ser o mais perseguido pelas águias, tendo assim o maior número de lemingues mortos por elas. O Rafael aprontava com todos, todavia também sentiu a garra dos outros em seus roedores. No finalzinho, o Rafael, já na borda, e eu, com um lemingue a 1 espaço da borda, torcíamos para o jogo não acabar, porém foi o que ocorreu, então perdemos o belo salto que ambos os lemingues poderiam dar. Na contagem final, um resultado bem apertado: 14 pontos para o Léo e o Libonati, com o desempate indo para o Libonati. Eu fiz 13 pontos, e o Rafael, 12.

- 7 Wonders (Ana Paula, Binder, Angel, Libonati e eu) - foi uma partida em que o pessoal fez jogos bem diversos. Eu pulverizei minhas ações para quase todas as áreas, com foco em cartas de comércio (amarelas) que me davam dinheiro quando as abaixava. Ademais, com um líder me que dava dinheiro e outro que faria cada 3 dinheiros valerem 1 ponto extra, estava faminto atrás de dinheiro e consegui boas combinações para isso. Ademais, com Halicarnasso, conseguia ver ao final das Eras minhas necessidades e o que me era mais vantajoso para construir - e isso me permitiu ir bem na disputa militar, mesmo com a Angel, com Petra, crescendo em poderio de luta. O Binder, com Roma, queria loucamente cartas científicas, mas a Angel, a Ana e eu baixamos algumas, não para bloquear, mas por pontos mesmo - tanto que a Angel fez 20 nisso e eu, nove. Eu sabia estar indo bem, e a última carta que peguei do descarte foi excelente: uma guilda que dava ponto por guildas vizinhas, rendendo-me, assim, 9 pontos! Um grande achado. Na contagem final, o resultado mais surpreendente que já vi no 7W: a Ana, o Libonati e a Angel, todos empatados com 64 pontos! E na frente, o Binder e eu ficamos separados por um ponto: 82 a 81, para mim.

- Saporra x2 (Helô, Gabriel, Rafael Lodi, Angel, Hélio e eu) - foram duas partidas e fui mal em ambas, sem pegar as dicas e pouco fazendo com minhas cartas para receber votos. Na primeira partida, o Hélio, quietinho, acabou por superar o Gabriel e o Lodinho na reta final. Na segunda partida, fizemos alguns desafios: era preciso que uma dica envolvesse cantar uma música e outra sobre alguma pessoa da CL. Foi excelente para sair do óbvio da "dica = uma palavra", porém ruim para meu aproveitamento, pois nas dicas de música eu normalmente errava. O Atum virou dica duas vezes, e, curiosamente, nenhuma das cartas tinham gravetos, mas havia monstros. No final, após uma grande disputa envolvendo o Hélio, a Angel e o Lodinho, vitória da Angel, com grande ajuda minha, que ficava votando nas cartas dela - então considero que, como um grande sábio diz, venci junto. O ponto alto das duas partidas foi quando o Lodinho, após ser ensinado, por mim, sobre a pronúncia correta do nome "Dixit", inseriu estar esperando pela tradução da Devir, que, sem dúvida, virá como "Saporra", o qual, para mim, é agora o nome único e verdadeiro dessa série de jogos.

E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6034
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 05/março

Mensagem por libonati em Qua Mar 09, 2016 5:20 pm

Bom sábado de jogos ao lado dos amigos e com vários jogos:

- Great Wall of China: Joguinho do knizia, igual todos os outros com cartas, cores, números e um ou outro twistizinho. Acho uqe jogamos com as regras erradas, mas talvez não. Depois de 6 anos sem jogar, foi legal revisitar, mas não é um jogo que mereça atenção em toda jogatina. Nessa partida venceu o Fabiano.

- Jenga: Ridícula apresentação minha nesse jogo qual merece atenção em todas as jogatinas. Jogamos eu, elfo e Fabiano e nas 3 eu derrubei a torre! Porém, jogava a favor da natural inclinação da mesa e isso meio que me cagou.

- 7 Wonders: Ahhh que saudades eu estava. Apesar da expansão Cities que pra mim meio que atrapalha (mas pode ser só birra), a partida foi excelente e demonstrou como o jogo é bem feito, a despeito de sua simplicidade. Estratégias diferentes levaram a resultados iguais ou mto próximos. Na mesa cada uma apostou em coisas diferentes e, mesmo assim, o resultado final ficou próximo.

- Love Letter: Whip

- Legendary Enconters: Alien: depois que deixamos o Ancora Binder morre, o time andou bem e tiramos o jogo de letra. Sério, foi mto fácil! O jogo segue alógica do seu primo da Marvel, mas é mais legal sendo totalmente coop (bem mais legal) e, ainda, podendo ter um infectado, tornando o bagulho bem doido pra humanidade. A minha critica continua a mesma, o layout das cartas é uma bosta.

- Leeping Lemmings: Humilhei os amiguinhos, ensinado-os algo sobre saltos ornamentai de roedores!!! Que joguinho maneiro, simples, bonito e divertido. Ande, se arrisque e faça o melhor que vc puder! Talvez, mais uma carta especial para cada um deixasse o jogo mais interativo e nem tirasse tanto da tensão atrelada ao peso de decidir qndo jogar as referidas cartas!

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2976
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 05/março

Mensagem por Gustavo em Qua Mar 09, 2016 7:11 pm

@libonati escreveu:- Jenga: Ridícula apresentação minha nesse jogo qual merece atenção em todas as jogatinas. Jogamos eu, elfo e Fabiano e nas 3 eu derrubei a torre! Porém, jogava a favor da natural inclinação da mesa e isso meio que me cagou.

Vale notar que muitos na festa estavam temendo que essas derrubadas de torre fossem quebrar o vidro das mesas!

Esse Libo é um perigo...

innocent

Eu joguei o Spyrium com o Luis e o Marcelo, que curtiram (venci, mas foi parelho), e depois o Firefly com o Jorge e o Lodinho. Este venceu com maestria, uma missão chamada algo como The King of Lodinho... acho que tinha treta nessa história... Neutral

________________________________________________
"From the last ills no being can save another; therein each man must be his own saviour." - Herman Melville



avatar
Gustavo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1695
Data de inscrição : 25/05/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 05/março

Mensagem por tiagovip em Qua Mar 09, 2016 10:56 pm

@libonati escreveu:- Great Wall of China: Joguinho do knizia, igual todos os outros com cartas, cores, números e um ou outro twistizinho. Acho uqe jogamos com as regras erradas, mas talvez não. Depois de 6 anos sem jogar, foi legal revisitar, mas não é um jogo que mereça atenção em toda jogatina. Nessa partida venceu o Fabiano.

Quanto recalque! Primeiro que o jogo nem usa cores (não como mecânica, só para diferenciar os jogadores) e, segundo, que ainda que tenha o feel de um Knizia, não dá para efetivamente dizer com essa cara mal lavada que é igual a todos os outros dele.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6034
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 05/março

Mensagem por Luiz em Qui Mar 10, 2016 8:50 am

@Gustavo escreveu:[...] Eu joguei o Spyrium com o Luis e o Marcelo, que curtiram (venci, mas foi parelho), e depois o Firefly com o Jorge e o Lodinho. Este venceu com maestria, uma missão chamada algo como The King of Lodinho... acho que tinha treta nessa história... Neutral 



Eu tinha jogado o Spyrium uma vez antes, no penúltimo aniversário do Trentini, e já então achei um jogo bem legal. Curti bastante reaprender, pois tinha esquecido quase tudo. É um jogo em que, vira e mexe, você descobre que falta 1 (um) dinheiro para comprar algo de que precisa, então vai ter de gastar uma ação antes para conseguir grana, e fica na expectativa: será que alguém vai comprar aquela fábrica antes da minha próxima jogada? Não quer dizer que seja um jogo particularmente tenso, mas essa dinâmica de lidar com recursos restritos deixa o jogo interessante, realmente.

Joguei também duas partidas de 7 Wonders Duel com o Marcelo. Na primeira  eu ganhei por supremacia tecnológica porque ele tinha aprendido a jogar naquela hora e se esqueceu dessa condição de vitória, deixando que eu acumulasse seis cartas verdes diferentes. Na segunda partida nós fomos para a pontuação final e empatamos com 63 pontos. A vitória ficou com o Marcelo porque ele fez mais  pontos com as cartas azuis, que é o critério de desempate.

Bom, eu ia jogar Firefly também, mas tive de ir embora cedo Sad Pelo que vi das explicações do jogo e do início da partida, pareceu bem legal, mesmo para quem nunca viu a série de TV que é o tema do jogo. Tomara que dê para eu jogar esse outra vez.

________________________________________________
Tirando a barriga da miséria!
avatar
Luiz
Battlestar Galactica
Battlestar Galactica

Mensagens : 360
Data de inscrição : 11/10/2014
Idade : 51

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 05/março

Mensagem por doizinho em Qui Mar 10, 2016 9:16 am

@Gustavo escreveu:
@libonati escreveu:- Jenga: Ridícula apresentação minha nesse jogo qual merece atenção em todas as jogatinas. Jogamos eu, elfo e Fabiano e nas 3 eu derrubei a torre! Porém, jogava a favor da natural inclinação da mesa e isso meio que me cagou.
Vale notar que muitos na festa estavam temendo que essas derrubadas de torre fossem quebrar o vidro das mesas!

Esse Libo é um perigo...
Sério que as pessoas estavam com medo que as peças do Jenga fossem quebrar o vidro da mesa? Esse povo anda muito delicado mesmo!

@tiagovip escreveu:
@libonati escreveu:- Great Wall of China: Joguinho do knizia, igual todos os outros com cartas, cores, números e um ou outro twistizinho. Acho uqe jogamos com as regras erradas, mas talvez não. Depois de 6 anos sem jogar, foi legal revisitar, mas não é um jogo que mereça atenção em toda jogatina. Nessa partida venceu o Fabiano.

Quanto recalque! Primeiro que o jogo nem usa cores (não como mecânica, só para diferenciar os jogadores) e, segundo, que ainda que tenha o feel de um Knizia, não dá para efetivamente dizer com essa cara mal lavada que é igual a todos os outros dele.
Esse comentário tosco, Tiago, ainda é reflexo da tunda que ele levou no jogo. Na verdade o relato inteiro dele tá assim mal humorado porque ele só levou cacete a tarde inteira...

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3206
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 05/março

Mensagem por libonati em Qui Mar 10, 2016 12:55 pm

@doizinho escreveu:
@Gustavo escreveu:
@libonati escreveu:- Jenga: Ridícula apresentação minha nesse jogo qual merece atenção em todas as jogatinas. Jogamos eu, elfo e Fabiano e nas 3 eu derrubei a torre! Porém, jogava a favor da natural inclinação da mesa e isso meio que me cagou.
Vale notar que muitos na festa estavam temendo que essas derrubadas de torre fossem quebrar o vidro das mesas!

Esse Libo é um perigo...
Sério que as pessoas estavam com medo que as peças do Jenga fossem quebrar o vidro da mesa? Esse povo anda muito delicado mesmo!

@tiagovip escreveu:
@libonati escreveu:- Great Wall of China: Joguinho do knizia, igual todos os outros com cartas, cores, números e um ou outro twistizinho. Acho uqe jogamos com as regras erradas, mas talvez não. Depois de 6 anos sem jogar, foi legal revisitar, mas não é um jogo que mereça atenção em toda jogatina. Nessa partida venceu o Fabiano.

Quanto recalque! Primeiro que o jogo nem usa cores (não como mecânica, só para diferenciar os jogadores) e, segundo, que ainda que tenha o feel de um Knizia, não dá para efetivamente dizer com essa cara mal lavada que é igual a todos os outros dele.
Esse comentário tosco, Tiago, ainda é reflexo da tunda que ele levou no jogo. Na verdade o relato inteiro dele tá assim mal humorado porque ele só levou cacete a tarde inteira...

E eu achando que as peças do Jenga eram de madeira, mas agora que sei que são de concreto vou tomar um pouco mais de cuidado.

Tentei chutar o saco do Kinzia e acertei o Perreto, só espero não ter lhe quebrado um dente. Levei uma surra de tarde, mas sai glorioso. Com duas vitórias seguidas (um era coop, eu sei, mas pelo menos não morri igual ao Binder).

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2976
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 05/março

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum