Ouro de Tolo - resenha

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por tiagovip em Qua Maio 27, 2015 11:16 am

Pois bem, Ouro de Tolo é um jogo de cartas basicamente. As cartas são o coração do jogo e onde reside a tática (estratégia a longo prazo não é algo possível aqui. Tal como os mineiros, o esquema é ir dia a dia).

As mecânicas principais do jogo são a do "Arriscar a Sorte" (Press Your Luck) e a do "Manejo da Mão" (de cartas), ou Hand Management.

Bem, vamos ao jogo.



(A capa do jogo)

Em Ouro de Tolo os jogadores personificam mineradores concorrentes que estão atrás das gemas e pepitas de ouro, enquanto tentam evitar se encherem de pirita (o tal ouro de tolo que dá nome ao jogo). Como isso é feito?


DESCRITIVO

Bem, de começo cada jogador recebe algumas cartas (o tanto de cartas varia de acordo com o número de jogadores, indo de 3 para 3 jogadores, até 5 para uma partida com 6 jogadores). Quanto mais participantes, mais cartas, já que ataques (tentar lhe empurrar um ouro de tolo, ou lhe obrigar a comprar pedras e quem jogou decide com quais ficar, etc) e roubos serão mais frequentes, então será mais necessário ter cartas para se defender.



(Uma das cartas de "ataque")

Recebido as cartas, parte-se para a ação, e as ações disponíveis em cada vez do jogador são:
a) Minerar (pegar uma pedra do saco);
b) Usar uma das cartas da mão;
c) Encerrar o dia de trabalho na minha.


Minerar é algo bem simples: enfie a mão no saco onde estão as pedras e retire uma, etão passe a vez. Minerar tem um risco: retirar duas pedras de ouro de tolo. Isto obriga o jogador a encerrar imediatamente seu turno (o dia na mina acabou para este mineiro), pois considera-se que o minerador se arriscou demais e sofreu algum acidente - você perde todas as gemas e pepitas que encontrou e encerra o dia de trabalho.

Usar uma carta é autoexplicativo.

Encerrar o dia por vontade própria garante que o minerador saia da mina com todos os ganhos daquele dia (as pedras que pegou do saco), trocando-as pelo equivalente em dinheiro e devolvendo as peças ao saco (as peças são devolvidas somente quando todos os mineiros saírem da mina). O primeiro que sair da mina por vontade própria ganha uma carta de bônus. O último mineiro a sair da mina é considerado o "Caxias" e tem duas opções: continuar minerando (pegando pedras do saco) até que decida encerrar o dia ou quando tirar duas pedras de ouro de tolo, ou comprar uma carta do baralho.

Repita as ações acima até o final do jogo, que ocorre quando um valor X de dinheiro é alcançado por um ou mais jogadores que podem (mas não são obrigados, se não tiverem certeza de que são os que mais tem dinheiro) anunciar que atingiram a "meta" e, com isso, o jogo termina, o dinheiro é contado (até então o dinheiro deve ser mantido em segredo dos demais participantes) e quem tiver mais dinheiro sai vencedor. Não há forma de desempate - se houver empate entre dois ou mais jogadores com a maior quantidade de dinheiro, todos os empatados vencem.

Há algumas variantes possíveis, indicadas no próprio manual, e eu acho particularmente interessante a variante da Febre do Ouro. Fica a dica.


COMENTÁRIOS

Ouro de Tolo é um jogo em que a interação entre os jogadores é feita pelas cartas e a sorte tem bastante influência: retire boas pedras e você pode se dar bem, retire pedras ruins e você pode se dar mal (o "pode", é por causa das cartas, que podem retirar da mina alguém cheio de gemas de alto valor com o uso da carta Isto não é meu, ou se recuperar de algumas "pescadas" ruins com a carta Dinamite, por exemplo).



(Uma das cartas de "defesa")

As ações possíveis são poucas e deve-se pensar bem no que fazer, já que, por exemplo, minerar pode lhe render uma pepita de ouro, a peça mais valiosa, mas vai torná-lo um alvo dos outros mineiros gananciosos, que quase certamente tentarão roubá-la ou retirá-lo na mina após um "acidente", se é que você me entende.

Sair da mina por primeiro pode não lhe render muito dinheiro, mas vale uma carta, o que pode permitir uma forte recuperação na rodada seguinte.

E assim em diante.

É, enfim, um jogo rápido, de fácil aprendizado e esteticamente agradável e atraente (a arte do sr. Bird - é um estúdio, não uma pessoa - é cartunesca e divertida).


COMPONENTES

O jogo vem com:
- 70 peças de resina em cores variadas (os minérios);
- 53 cartas de efeitos variados;
- peças de dinheiro, 1 saquinho onde vão os minérios e do qual estes são retirados;
- livreto de regras.

Pontos negativos:
A tampa do jogo e a caixa se assentam como irmãos siameses e é uma luta abri-la. O manual é em preto e branco, como se fosse uma fotocópia. Estes pontos referem-se à 1a edição do jogo.

Pontos positivos:
A qualidade geral dos componentes é boa, em particular das cartas e das peças de resina, que são duráveis e as cores se diferenciam bem.

*****

É isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por tiagovip em Qua Maio 27, 2015 11:17 am


________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Reffip em Qua Maio 27, 2015 11:23 am

Aqui em casa este jogo é uma festa. Foi a sensação do Ano novo da família lá no interiorrr de São Paulo!  Smile

________________________________________________
plus ça change plus c'est la même chose...

-----------------------------------------
avatar
Reffip
Power Grid
Power Grid

Mensagens : 655
Data de inscrição : 16/07/2014
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por doizinho em Qua Maio 27, 2015 11:24 am

Eu achei o jogo bem simpático!

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3176
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qua Maio 27, 2015 11:25 am

Reffip escreveu:Aqui em casa este jogo é uma festa. Foi a sensação do Ano novo da família lá no interiorrr de São Paulo!  Smile

Idem aqui. É com certeza o push your luck favorito dos meus filhos. Mas não é o meu.

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Reffip em Qua Maio 27, 2015 11:32 am

Binderman escreveu:
Reffip escreveu:Aqui em casa este jogo é uma festa. Foi a sensação do Ano novo da família lá no interiorrr de São Paulo!  Smile

  Idem aqui. É com certeza o push your luck favorito dos meus filhos. Mas não é o meu.

Também não é meu preferido. Eu fico com o Can`t Stop para este posto. Mas certamente está no top 5.
Qual teu preferido?

________________________________________________
plus ça change plus c'est la même chose...

-----------------------------------------
avatar
Reffip
Power Grid
Power Grid

Mensagens : 655
Data de inscrição : 16/07/2014
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Gabriel em Qua Maio 27, 2015 12:40 pm

Gosto muito do Ouro de Tolo! Nossa, faz tanto tempo que não jogo!

Gabriel
Power Grid
Power Grid

Mensagens : 601
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qua Maio 27, 2015 2:16 pm

Reffip escreveu:
Binderman escreveu:
Reffip escreveu:Aqui em casa este jogo é uma festa. Foi a sensação do Ano novo da família lá no interiorrr de São Paulo!  Smile

  Idem aqui. É com certeza o push your luck favorito dos meus filhos. Mas não é o meu.

Também não é meu preferido. Eu fico com o Can`t Stop para este posto. Mas certamente está no top 5.
Qual teu preferido?

Can't Stop. Smile

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por tiagovip em Qua Maio 27, 2015 2:53 pm

Binderman escreveu:
Reffip escreveu:
Binderman escreveu:
Reffip escreveu:Aqui em casa este jogo é uma festa. Foi a sensação do Ano novo da família lá no interiorrr de São Paulo!  Smile

  Idem aqui. É com certeza o push your luck favorito dos meus filhos. Mas não é o meu.

Também não é meu preferido. Eu fico com o Can`t Stop para este posto. Mas certamente está no top 5.
Qual teu preferido?

   Can't Stop. Smile


Estúpido

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qua Maio 27, 2015 3:07 pm

Ok, foi brincadeira Smile. O meu push your luck favorito é o Roll Through the Ages.

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Gabriel em Qua Maio 27, 2015 3:42 pm

Não entendi nenhum dos dois.

Gabriel
Power Grid
Power Grid

Mensagens : 601
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por tiagovip em Qua Maio 27, 2015 3:50 pm

Binderman escreveu:  Ok, foi brincadeira Smile. O meu push your luck favorito é o Roll Through the Ages.

Não considero o RTtA como um push your luck. Normalmente nesses jogos você pode "pressionar a sorte", ou seja, basicamente, continuar jogando, tentando obter mais e mais.

Ainda que no RTtA existe a presença da sorte, e de arriscar, suas rolagens sempre são limitadas. Você não pode continuar tentando mais e mais e, possivelmente, perder tudo. Se você separar 1 dado com 3 trigos, terá três trigos, independente de tudo o mais que faça em seu turno. Da mesma forma, você não poderá continuar rolando até tirar 3 caveiras ou conseguir 3 trabalhadores, o que vier primeiro.


Gabriel escreveu:Não entendi nenhum dos dois.

Creio que você não chegou a terminar essa mensagem, ou está brincando o jogo do pronome.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qua Maio 27, 2015 4:00 pm

tiagovip escreveu:
Não considero o RTtA como um push your luck. Normalmente nesses jogos você pode "pressionar a sorte", ou seja, basicamente, continuar jogando, tentando obter mais e mais.

Ainda que no RTtA existe a presença da sorte, e de arriscar, suas rolagens sempre são limitadas. Você não pode continuar tentando mais e mais e, possivelmente, perder tudo. Se você separar 1 dado com 3 trigos, terá três trigos, independente de tudo o mais que faça em seu turno. Da mesma forma, você não poderá continuar rolando até tirar 3 caveiras ou conseguir 3 trabalhadores, o que vier primeiro.


Hmm, realmente, acho que vc está certo, sempre pensei no RTTA como push your luck mas falta nele esse elemento que faz perder tudo. Nesse caso meu Push Your Luck preferido talvez seja mesmo o Ouro de Tolo.

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por doizinho em Qua Maio 27, 2015 4:05 pm

tiagovip escreveu:
Binderman escreveu:  Ok, foi brincadeira Smile. O meu push your luck favorito é o Roll Through the Ages.

Não considero o RTtA como um push your luck. Normalmente nesses jogos você pode "pressionar a sorte", ou seja, basicamente, continuar jogando, tentando obter mais e mais.
O RTta, pra mim, entra na categoria de dice rolling, assim como o King of Tokyo, Masmorra de Dados, Yatze, Dungeon Roll e etc. Também não considero como um push your luck.

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3176
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por tiagovip em Qua Maio 27, 2015 4:12 pm

Binderman escreveu:
tiagovip escreveu:
Não considero o RTtA como um push your luck. Normalmente nesses jogos você pode "pressionar a sorte", ou seja, basicamente, continuar jogando, tentando obter mais e mais.

Ainda que no RTtA existe a presença da sorte, e de arriscar, suas rolagens sempre são limitadas. Você não pode continuar tentando mais e mais e, possivelmente, perder tudo. Se você separar 1 dado com 3 trigos, terá três trigos, independente de tudo o mais que faça em seu turno. Da mesma forma, você não poderá continuar rolando até tirar 3 caveiras ou conseguir 3 trabalhadores, o que vier primeiro.


  Hmm, realmente, acho que vc está certo, sempre pensei no RTTA como push your luck mas falta nele esse elemento que faz perder tudo. Nesse caso meu Push Your Luck preferido talvez seja mesmo o Ouro de Tolo.
 

Para mim o melhor é o Ra, seguindo pelo Incan Gold.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qua Maio 27, 2015 4:16 pm

tiagovip escreveu:
Para mim o melhor é o Ra, seguindo pelo Incan Gold.

Abs,

Ra: The Dice Game? Se for esse, eu joguei apenas uma vez e gostei, mas não lembro dele o suficiente para saber se está no meu Top 5.

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por tiagovip em Qua Maio 27, 2015 4:20 pm

Binderman escreveu:
tiagovip escreveu:
Para mim o melhor é o Ra, seguindo pelo Incan Gold.

Abs,

   Ra: The Dice Game? Se for esse, eu joguei apenas uma vez e gostei, mas não lembro dele o suficiente para saber se está no meu Top 5.

Não, o Ra normal mesmo.

Joguei o de dados, mas não chegou aos pés do original, para mim. E olhe que, diferente de alguns, eu gosto de rolar uns dados.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Gabriel em Qui Maio 28, 2015 8:47 am

Eu não entendi a suposta piada do Binder nem o seu emoticon. Só não entendi. "Não entendi nenhum dos dois"

Ué!

Gabriel
Power Grid
Power Grid

Mensagens : 601
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qui Maio 28, 2015 8:56 am

Gabriel escreveu:Eu não entendi a suposta piada do Binder nem o seu emoticon. Só não entendi. "Não entendi nenhum dos dois"

Ué!

Can't Stop é abstrato. Eu sempre gostei de abstratos, tenho vários da série GIPF. Mas nos últimos tempos meu gosto mudou, até troquei um de meus abstratos favoritos, o Torres pelo Robinson Crusoe. Além disso, faz uns dois anos que comprei meu último abstrato, se eu não me engano foi o Through the Desert. E os que eu tenho não estão indo para a mesa.

Com relação ao Emoticon eu acabei errando mesmo, devia ter escolhido outro.

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por tiagovip em Qui Maio 28, 2015 9:13 am

Gabriel escreveu:Eu não entendi a suposta piada do Binder nem o seu emoticon. Só não entendi. "Não entendi nenhum dos dois"

Ué!

Claro, para você faz todo sentido do mundo, é super simples, e todos deveriam ter entendido, por ser tão óbvio.

Para mim, não tinha ficado claro, poderia estar se referindo ao Binder e a mim, que você não entendeu porque o Osmar e o Binder gostam (talvez com aspas) do Can't Stop, que você não entende o Roll Through the Ages nem o Can't Stop, que poderia ser uma dupla negação e que você, na realidade, tinha entendido tudo. Enfim.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qui Maio 28, 2015 9:20 am

tiagovip escreveu:
Gabriel escreveu:Eu não entendi a suposta piada do Binder nem o seu emoticon. Só não entendi. "Não entendi nenhum dos dois"

Ué!

Claro, para você faz todo sentido do mundo, é super simples, e todos deveriam ter entendido, por ser tão óbvio.

Para mim, não tinha ficado claro, poderia estar se referindo ao Binder e a mim, que você não entendeu porque o Osmar e o Binder gostam (talvez com aspas) do Can't Stop, que você não entende o Roll Through the Ages nem o Can't Stop, que poderia ser uma dupla negação e que você, na realidade, tinha entendido tudo. Enfim.

Abs,

Ou seja, ontem foi o dia da confusão.

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Trentini em Qui Maio 28, 2015 9:36 am

altas confusões na sessão da tarde

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3411
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Trentini em Qui Maio 28, 2015 9:37 am

Meu push your luck favorito é o Incan Gold, diferente de alguns, eu gostei bastante do Infiltration, mas acabei vendendo por falta de quorum nesse grupo para jogá-lo.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3411
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por doizinho em Qui Maio 28, 2015 9:41 am

Trentini escreveu:Meu push your luck favorito é o Incan Gold, diferente de alguns, eu gostei bastante do Infiltration, mas acabei vendendo por falta de quorum nesse grupo para jogá-lo.
Fraco!

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3176
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Binderman em Qui Maio 28, 2015 9:42 am

Como é o nome daquele que vc monta prédios com os dados? É push your luck?

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ouro de Tolo - resenha

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum