Quinta-Feira - 7/Maio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quinta-Feira - 7/Maio

Mensagem por Trentini em Sex Maio 08, 2015 9:30 am

Ontem fui a casa do Lauri (casa bem bonita por sinal ein) para jogarmos:

Mage Knight (Eu e Lauri) - Jogamos o cenário Full Cooperation ele foi com o Tovak e eu com a Wolfhawk. No primeiro dia avançamos muito bem nas explorações, lidamos com alguns orcs saqueadores e avançamos em direção a uma torre de magos. Uma peculiaridade dessa partida que já cedo estava cheia de torres de magos. O jogo foi avançando e calhou que o caminho que o Tovak escolheu estava cheio de colinas com orcs pilhando. Ele foi eliminando um a um, o que rendeu a ele uma ótima reputação perante a população local. Já no caso da Wolfhawk, as pessoas começaram a olhar para ela desconfiados após invasões à duas torres de magos. Entretanto, a Wolfhawk se tornou mais poderosa em seu estudo de magias e ganhou mais fama com isso também. Depois se aventurou em descobrir tesouros em masmorras e ruínas, o que lhe rendeu um grande avanço em suas habilidades, mas também algumas feridas a mais.

Já na segunda noite revelamos a primeira cidade, azul, mas ainda não tinhamos como avançar. No terceiro dia enfrentei o dragão que assolava a cidade e recuperei um pouco da minha reputação perdida nas torres de magos, reputação que logo se esvaiu de novo com as invasões a própria cidade que eu libertei do dragão. Tive alguns seguidores ilusionistas que se mostraram muito eficientes na minha invasão solitária a cidade azul, que teve que ser feita em 3 etapas e só conseguiu ser concretizada na terceira noite, com vários danos. O Tovak descobriu a cidade vermelha durante o dia e teve dificuldade em lidar com alguns dragões que saqueavam a cidade. Vencendo-os, recebeu uma reputação imensa, que logo perdeu nas 3 investidas que deu a cidade vermelha, também só conquistada durante a noite do terceiro dia. Wolfhawk não conseguia alcançar Tovak facilmente, estava cercada por um rio que acabou se excedendo no horizonte. Ainda faltava a terceira cidade, a mais forte, mas não chegou nem a ser achada, a terceira noite terminou e perdemos, nem contamos os pontos.

Mais pensamentos sobre a partida: Foi a partida de aprendizado do Lauri no jogo e eu decidi colocar ele no Full Cooperation ao invés da First Reconnaissance pelo simples motivo que acho o cenário inicial, apesar de didático, tira a melhor emoção do jogo que é o clímax final de conquistar as cidades (de certo modo é proposital para gerar a vontade de jogar de novo). Eu preferi mostrar tudo o que o jogo pode oferecer já na primeira partida, mas de forma cooperativa, para que não nos preocupássemos tanto com o desempenho e pudéssemos jogar livremente. Acho que o Lauri pegou bem a dinâmica e, apesar de algumas dificuldades iniciais, coisa que todos passam, ele conseguiu conquistar uma cidade sozinho e achei que foi um bom serviço, principalmente por ele ter terminado a partida com muito menos danos que eu e quase com a mesma quantidade de fama. Quanto a mim, até consegui me desenvolver bem, mas demorei para conseguir conquistar a cidade azul e quando fui tentar partir para a branca que era a última, já era tarde demais. Levei muitos danos venenosos que acabaram atrapalhando bastante meu deck. A partida durou cerca de 4 horas.


________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3412
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta-Feira - 7/Maio

Mensagem por Binderman em Sex Maio 08, 2015 10:06 am

Um dia hei de conhecer esse jogo. Um dia...

Ontem joguei duas partidas de Sentinels of Multiverse. Completei as partidas iniciais de reconhecimento dos vilões. Prognóstico inicial: São todos muito temáticos mas bem difíceis. Fui derrotado por todos no modo normal (santa incompetência Batman!).

Kaargra Warf Ang: Vem acompanhada de uma arena e a vitória ou derrota acontece quando atinge-se um certo número de "favores" dos expectadores. E quando a coisa vai mal, a própria entra em cena para bater nos heróis. Gostei bastante da mecânica da arena e perdi devido a uma carta que saiu 3 vezes: ela tira 3 favores do lado que está vencendo e passa para o outro lado. Eu estava na frente todas as vezes. :/ Nota 9.

Infinitor: Inimigo do Lanterna Verde, quer dizer do Captain Cosmic. Vai passar a ser conhecido como Esmagador de Heróis. The Scholar, Nightmist e Unity foram totalmente massacrados em menos de 30 minutos. A Nightmist conseguiu jogar apenas uma carta (!!!) o jogo inteiro e a Unity baixou apenas dois golems. Foi dano atrás de dano sem dó nem piedade. Gostei muito do vilão, as "Manifestations" são bastante poderosas, mas eu preciso de uns heróis melhores para conseguir ganhar dele. Nota 9.

Deadline: Meu preferido tematicamente. Ele não é "malvadão", mas faz o que faz para tentar se salvar e até fica com remorso durante o jogo. O mais bacana é que ele usa o ambiente contra os heróis através de cartas de catástrofe. Basicamente ele destrói o local onde a luta acontece e com isso atinge os heróis. A condição de vitória dele é bem curiosa: quando não houver mais cartas de ambiente catástrofe no jogo, ou seja, nem no deck e nem no descarte. Legacy, Tachyon e Wraith quase ganharam. A Wraith tirou 18 de dano em uma só jogada, deixando o Deadline com apenas 1 hp. E como não havia catástrofe ativa, pensei que a vitória seria fácil na próxima rodada. Enganei-me totalmente: um combo poderoso baixou 4 cartas de catástrofe, o Deadline flipou, e tirou do jogo as últimas 4 cartas de ambiente. Fantástico, nota 10.

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta-Feira - 7/Maio

Mensagem por tiagovip em Sex Maio 08, 2015 10:19 am

Binderman escreveu:Kaargra Warf Ang: Vem acompanhada de uma arena e a vitória ou derrota acontece quando atinge-se um certo número de "favores" dos expectadores. E quando a coisa vai mal, a própria entra em cena para bater nos heróis. Gostei bastante da mecânica da arena e perdi devido a uma carta que saiu 3 vezes: ela tira 3 favores do lado que está vencendo e passa para o outro lado. Eu estava na frente todas as vezes. :/ Nota 9.

Eu curti bastante essa vilã. E é bom dizer que a arena, apesar de associada a Kaargra, pode ser usada jogando-se com outros vilões.


Binderman escreveu:Infinitor: Inimigo do Lanterna Verde, quer dizer do Captain Cosmic. Vai passar a ser conhecido como Esmagador de Heróis. The Scholar, Nightmist e Unity foram totalmente massacrados em menos de 30 minutos. A Nightmist conseguiu jogar apenas uma carta (!!!) o jogo inteiro e a Unity baixou apenas dois golems. Foi dano atrás de dano sem dó nem piedade. Gostei muito do vilão, as "Manifestations" são bastante poderosas, mas eu preciso de uns heróis melhores para conseguir ganhar dele. Nota 9.

Quando jogamos contra ela a primeira vez, depois do 2 turnos, o Gustavo pediu água e jogamos a toalha.


Binderman escreveu:Deadline: Meu preferido tematicamente. Ele não é "malvadão", mas faz o que faz para tentar se salvar e até fica com remorso durante o jogo. O mais bacana é que ele usa o ambiente contra os heróis através de cartas de catástrofe. Basicamente ele destrói o local onde a luta acontece e com isso atinge os heróis. A condição de vitória dele é bem curiosa: quando não houver mais cartas de ambiente catástrofe no jogo, ou seja, nem no deck e nem no descarte. Legacy, Tachyon e Wraith quase ganharam. A Wraith tirou 18 de dano em uma só jogada, deixando o Deadline com apenas 1 hp. E como não havia catástrofe ativa, pensei que a vitória seria fácil na próxima rodada. Enganei-me totalmente: um combo poderoso baixou 4 cartas de catástrofe, o Deadline flipou, e tirou do jogo as últimas 4 cartas de ambiente. Fantástico, nota 10.

Que final massa! Bem ao estilo do tema. O vilão, quase caído, surpreende os heróis! Continua na próxima edição...

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta-Feira - 7/Maio

Mensagem por Binderman em Sex Maio 08, 2015 10:29 am

tiagovip escreveu:

Eu curti bastante essa vilã. E é bom dizer que a arena, apesar de associada a Kaargra, pode ser usada jogando-se com outros vilões.


Hmm, interessante isso. Já vou testar com a Miss Information...

________________________________________________
"Homo sapiens is an obsolete algorithm." Yuval Noah Harari

avatar
Binderman
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2637
Data de inscrição : 29/05/2013
Idade : 47
Localização : Universo observável

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta-Feira - 7/Maio

Mensagem por tiagovip em Sex Maio 08, 2015 10:49 am

Binderman escreveu:
tiagovip escreveu:

Eu curti bastante essa vilã. E é bom dizer que a arena, apesar de associada a Kaargra, pode ser usada jogando-se com outros vilões.

 
  Hmm, interessante isso. Já vou testar com a Miss Information...

Lembrando que, pela própria natureza da arena, ela vai funcionar bem com vilões que coloquem vários servos/alvos em jogo, como a Citizen Dawn, o Voss, La Capitan, etc. Já contra aqueles que agem por contra própria, como o Spite, o Baron Blade, o Plague Rat, etc, não vai dar certo.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta-Feira - 7/Maio

Mensagem por lauripaulo em Sex Maio 08, 2015 11:01 am

Trentini escreveu:Mais pensamentos sobre a partida: Foi a partida de aprendizado do Lauri no jogo e eu decidi colocar ele no Full Cooperation ao invés da First Reconnaissance pelo simples motivo que acho o cenário inicial, apesar de didático, tira a melhor emoção do jogo que é o clímax final de conquistar as cidades (de certo modo é proposital para gerar a vontade de jogar de novo). Eu preferi mostrar tudo o que o jogo pode oferecer já na primeira partida, mas de forma cooperativa, para que não nos preocupássemos tanto com o desempenho e pudéssemos jogar livremente. Acho que o Lauri pegou bem a dinâmica e, apesar de algumas dificuldades iniciais, coisa que todos passam, ele conseguiu conquistar uma cidade sozinho e achei que foi um bom serviço, principalmente por ele ter terminado a partida com muito menos danos que eu e quase com a mesma quantidade de fama. Quanto a mim, até consegui me desenvolver bem, mas demorei para conseguir conquistar a cidade azul e quando fui tentar partir para a branca que era a última, já era tarde demais. Levei muitos danos venenosos que acabaram atrapalhando bastante meu deck. A partida durou cerca de 4 horas.

Gostei muito da partida. O jogo tem uma atmosfera heroica que acaba se tornando épica quando se toma uma cidade de dois dragões, um tipo de golem de fogo, uma catapulta e uma outra criatura fantástica badass que eu não lembro qual era. Como eu curto muito jogos temáticos, e o MK é estupidamente temático, minha impressão é que toda a partida teve sentido. E que, mesmo perdendo, nos passamos quatro hora nos aventurando, pilhando cidades, contratando mercenários/seguidores, procurando cristalizar mana e planejando qual a melhor maneira de achar as três cidades antes de terminar os três dia de prazo. Ao final fica aquela sensação que as quatro horas valeram a pena.

Gostei também do material do jogo. Tudo muito visual e, apesar das regras serem cheias de detalhes e extensas, a mecânica básica do deck e das manas é relativamente simples. Acho que aprendendo sozinho o tempo para aprender a jogar deve ser grande, mas com uma pessoa que conhece bem o jogo ele se torna muito mais acessível.

Acho que é um jogo que não vai agradar a todos os gostos. Ele tem seu publico alvo bem definido. Como eu tenho vinte anos de RPG, adoro literatura de fantasia, e curto muito um jogo temático ele me impressionou.

Jogo de novo, com certeza. Mas um dia a tarde, com bastante tempo. Com umas carnes na churrasqueira e umas latas de cerveja para passar as quatro ou mais horas de jogo sem que o sono atrapalhe.

Valeu Trentini por se convidar para jogar lá em casa!
Laughing

________________________________________________
avatar
lauripaulo
Battlestar Galactica
Battlestar Galactica

Mensagens : 253
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 39
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quinta-Feira - 7/Maio

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum