Segunda - 01/setembro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Segunda - 01/setembro

Mensagem por tiagovip em Ter Set 02, 2014 10:03 pm

Olá, pessoas!

Nesta segunda, meu último dia de férias , comecei a tarde e só parei de jogar de madrugada:

Elder Sign (eu) - no sorteio saí com duas investigadoras: a Jaqueline Fine e a Irmã Mary, não aquele que pode ser considerado o melhor dos pares (ambas tem 7 de Sanidade, mas somente 3 de Vigor), porém eu gosto de ambas, pela constância da Mary e pelo controle permitido pela Jaqueline. O Grande Antigo sorteado foi o Hastur, que não é dos mais problemáticos - o principal dele é tornar bem pouco atrativo efetuar as missões nos Outros Mundos (usualmente onde mais consegue-se símbolos anciãos). De começo saiu a missão "Escuridão Deslizante", cujo efeito de meia-noite é que, se houver algum monstro em qualquer missão, a trilha de destruição sobe em três! Algo ruim, e tornado ainda pior porque, das seis missões iniciais, três delas causavam a aparição de monstros quando era-se bem sucedido na missão. Só que, para balancear isso, consegui o feitiço do Grande Banimento, então, numa rodada, fui resolver as missões que traziam monstros, e, antes da meia-noite, usei o feitiço para bani-los. 

O começo:




Comecei com a Mary e fui liberar o dado amarelo, o que fiz, mas a Jaqueline teve um começo complicado, falhando em duas missões e ficando sem itens no processo. Felizmente a expansão resolveu este problema (de ficar com poucas coisas e, por isso, ir mal nas missões, e, por isso, ter poucas coisas, e, assim, ir mal nas missões e...), mas exigiu um tanto de sorte: ir nos Achados e Perdidos, onde consegui dois itens e somente um de dano. Melhor preparada ela voltou à ativa e comecei a ter sucesso com ela. A Mary, esta nunca perdeu o ritmo - ela ficou abençoada (claro) e a mantive dessa maneira até o final da partida, simplesmente não falhei em missões com ela. Porém, foi preciso, por vezes, pausar o ritmo, principalmente quando um Mythos complicado, Morte & Taxas, veio: ou uma delas morria, ou elas teriam que perder todos os itens comuns e mágicos. Escolhei perder os itens, pois ambas já tinham uma quantidade razoável de troféus para trocar. 

Isso me obrigou a deixar as missões de lado, e ir tanto na Loja de Souvenires quanto nos Achados & Perdidos (aqui, novamente, consegui dois itens e só um de dano). Foquei em aliados, e as duas moças formosas conseguiram a ajuda do Richard Upton Pickman (pré-carniçal), do Ryan Dean, do Sir William Brinton, do Professor Armitage e, a mais importante, a do cão Duque (fingimos que ele era um cão-guia espiritual). Com esse bando, foi mais fácil lidar com as missões.

Dessa forma, nem mesmo meu baralho "adrenado" de Mythos foi suficiente para deixar a partida difícil. No final, Hastur foi impedido de entrar em nosso mundo, pelo 13 símbolos anciãos, enquanto ainda estava no 5 (de 11) em sua trilha de destruição. Estou aqui pensando num esquema, que suponho poder funcionar legal, para aumentar mais a dificuldade;

Final da partida:




Já na casa do Trentini, os jogos foram outros:

Yggdrasil (Trentini e eu) - minhas experiências indicam que este jogo é mais "fácil" com menos jogadores, onde a distribuição de armas é melhor (fica-se menos tempo sem poder enfrentar um dos perigos que ameaçam Asgard). Então jogar em 2 seria uma boa oportunidade de testar isso. Como ambos já conhecíamos o jogo, usamos os personagens da expansão e também as regras desta (que, se soubesse que eram tão poucas, teria incluído antes): basicamente a expansão adiciona duas coisas: 1) todos os deuses podem entrar em transe (gastando 1 ação) e isso faz com que ele libere, de certa forma, seu poder para os outros; e 2) a Hel, quando remove vikings, os tira do jogo, eles não vão mais para o "banco". E só! Os personagens que usamos foram: a Sif (Trentini), que tem o poder de usar 3 ações na forjas dos Anões (onde pega-se armas) por 1 ação, e o Magni (eu), cuja habilidade é interessante: quando ele usa Vikings, eles não vão para o submundo de Hel, e, sim, retornam para um Midgard (os sacos) - pareceu fraco, porém foi bem útil para manter constante a quantidade de vikings, principalmente no saco branco. Com a habilidade da Sif, ela começou se armando pesadamente contra os inimigos, enquanto eu mais negociava com o Vanires e convocava vikings para a batalha. O Magni obteve bastante sucesso contra o Fenrir e o Nidhogg, mas outras necessidades tiraram a atenção da Sif da luta, e aqueles contra a qual ela estava mais preparada, avançaram por nossas linhas - principalmente o Loki e Jormungand (ambos meio de propósito, a serpente porque o efeito dela não aumenta, e o Loki porque, mais gigantes, significa mais chance de completar as runas). Só que deixamos isso sair do controle, e Jormungand estava praticamente dentro de Asgard, e Loki logo atrás. Os Vanires estavam ocupados com um dos Gigantes e não podiam nos ajudar. A Sif empurrou a serpente para trás, mas na minha vez ela tornou a avançar, e mesmo clamando pela ajuda dos Vikings e dos Elfos, sem uma arma apropriada contra ela, cheguei perto, mas o Magni falhou em fazê-la recuar (por 1 só!). Assim, perdemos cedo, faltando ainda 16 cartas para o baralho acabar. Notei alegremente, no entanto, que o poder do transe é bem legal, principalmente porque seu efeito é maior quanto mais jogam - justamente o que eu queria para equilibrar os diferentes números de jogadores e a dificuldade! Então, perdi, mas fiquei contente;

Nossa arma para distrair o Fenrir:




Parade (Gabriel, Trentini e eu) - no aguardo de uns irregulares chegarem, deu tempo para uma partida de Parade. O Trentini saiu pisoteando na frente, protegido das cartas por vários números altos, e quando o cretino pegou cartas, foi para tirar minha maioria nas verdes. O Gabriel e eu tínhamos mais (indesejada) constância na coleta de cartas, e parecia que o Gabriel iria dar cedo o gatilho para o final da partida, ao completar as seis cores, porém peguei as únicas cartas pretas que tinham na parada e o jogo estendeu-se um tanto mais, o que foi bom, porque o Trentini, focado na sacanagem, tentou tirar a maioria dos azuis do Gabriel, porém faltou carta para isso, e, além disso, pegou um punhado de vermelha - seis - que mesmo de um e um iam contar um tantinho. Agora o Gabriel tinha a melhor posição - com várias cartas, mas com a maioria em todas em que tinha mais cartas, e valores baixos nas que não tinha. Aí joguei lama na apresentação dele, ao tomar a maioria dos roxos. O Gabriel deu o gatilho de final de jogo, com as seis cores, e, na revelação final, consegui manter a maioria nos roxos e, tanto melhor, o Gabriel usou um 10 roxo para tentar empatar, e acabou tomando -10 adicionais. Assim, venci com -26 pontos, contra -34 do Gabriel e -42 do Trentini;

Sherlock Holmes Consulting Detective (Pedro, Perusso, Trentini, Gabriel e eu) - jogamos o terceiro caso: A Assassina Mistificada (The Mystified Murderess), ocorrido em 4 de julho de 1888. O caso trata da morte de Guy Clarendon, um filho da alta nobreza londrina, morto, aparentemente, em seu apartamento, no Halliday Hotel, pela srta. Frances Nolan, encontrado na cena do crime com a arma em mãos. Fomos em alguns lugares, falamos com certas pessoas, descobrimos algumas informações, debatemos sobre possibilidades, e não chegamos a nenhuma conclusão satisfatória. Andamos fomos em ainda mais lugares, falamos com até as pessoas erradas, desencavamos mais informações, e nem assim alcançamos um ponto em comum que cobrisse todas nossas dúvidas - em todo os cenários que montávamos sempre faltava uma ou mais peças, e não uma daquelas no canto escuro, e sim várias do meio. Tínhamos suspeitos, e não um motivo para eles, quando pensávamos num motivo, nos faltavam suspeitos que encaixassem nesses. Depois de algum tempo, mesmo com um caso tão bem equilibrado quanto uma torre de Jenga com 25 andares, voltamos até a Baker Street 221B. Apresentamos o caso e fomos humilhados: erramos a/o culpado/a e o motivo. Não bastasse isso ainda erramos duas das questões extras e, na gambiarra, pegamos 5 pontos por acertarmos na beirada da terceira questão. Fizemos excelentes zero pontos. Esta partida durou cerca de 4 horas e tanto. Fica nosso protesto formal de que o cenário foi alterado do original, mas a edição em inglês teve uns problemas (que, pelo que vi, não ocorreu na edição italiana). Isso bem na partida em que dei dois pulos do gato que deixariam a Leia e o Darth orgulhosos. Ficamos com um temperamento similar ao do Holmes no final. Enfim, no próximo caso sei que iremos melhor.

Um Estudo em Preto:




E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Segunda - 01/setembro

Mensagem por Trentini em Qui Set 04, 2014 9:40 am

Esse caso é bugado, já aviso de antemão, andamos em círculos e os resultados não foram conclusivos, fomos vencidos pelo cansaço e fechamos o caso sem certeza de tudo.

O Vader ficou com uma cara de: vai tomar no cu seu fotógrafo de merda.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3412
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Segunda - 01/setembro

Mensagem por tiagovip em Sex Set 05, 2014 10:08 am

Preciso registrar o momento ímpar de inspiração do Pedro quando, ao falarmos sobre o acidente que matou o pai e a mãe da Frances, ele soltou: "Talvez a Frances ainda não houvesse nascido quando os pais dela morreram!"

Suspect

LoL

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5997
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Segunda - 01/setembro

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum