Sexta - 18/julho

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sexta - 18/julho

Mensagem por tiagovip em Sab Jul 19, 2014 11:42 pm

Olá, pessoas!

Nesta sexta, novamente na Lambda 42, ocorreu o encontro para jogarmos tabuleiros e o que joguei foi:

Ra (Henrique, Gustavo Lambda e eu) - foi a partida de aprendizado do Henrique e do Gustavo e, como em qualquer jogo de leilão, é difícil, numa primeira partida, avaliar o quanto as coisas valem. Assim, durante a partida, houve bastante "pé atrás" dos dois, incertos dos melhores valores para oferecer, pois mesmo comigo lembrando da importância das peças, é complicado ponderar em quantas têm, quais as chances de virem mais ou menos, e outras situações similares. Ao menos o modo como Ra funciona faz com que seja mais complicado exagerar demais de conta, já que seus lances são limitados pelas peças de sol que tem-se em mãos. Enfim, na partida eu liderei nos Faraós e consegui fazer conjuntos de civilizações em todas as Eras, enquanto o Henrique focou-se nos pontos das plantações e enchentes, enquanto o Gustavo preferiu os monumentos, mas nisto teve concorrência do Henrique. Ao final, tive uma 3a Era muito boa, onde consegui bons monumentos (algo que eu nem estava atrás) e acabei vencendo com 72 pontos;

Citadels (Pedro, Lauri, Henrique, Hélio, Gustavo Lambda e eu) - bem, após jogar Ra, depois de um hiato de 430 dias da minha última partida, consegui jogar o Citadels, após meros 905 dias da minha última partida, ainda na VII Curitiba Lúdica, quando ocorreu no salão de festas da casa do Olavo! Bem, como estávamos em seis, um número que considero "perigoso" para o Citadels, sugeri que tirássemos o Senhor da Guerra (Warlord) e colocássemos o Diplomata no lugar, já que, assim, o número de construções em jogo nunca diminui, no máximo, não aumenta (a habilidade do Diplomata é permitir que o jogador troque uma construção sua pela de outro jogador, pagando a diferença, se tiver, em moedas), e foi assim que jogamos. Eu comecei normal e depois tomei uma decisão ruim: optei por usar o Diplomata para pegar uma construção do Pedro - a Grande Muralha - o que daria mais segurança para minhas construções; isto, por si, não seria ruim, mas na sequência fui roubado pelo Ladrão e, em seguida, morto pelo Assassino. Dessa maneira, perdi totalmente o timming da partida, ficando várias construções atrás de todos, e sem dinheiro para tentar voltar a subir. O Pedro jogou de forma inspirada, preparando-se para dar o gatilho de final de jogo bem cedo, após usar o Arquiteto em conjunto com um monte de dinheiro que tinha (parte eu que tinha dado a ele pelo uso do Diplomata) para colocar três construções em jogo. Ele tinha sete construções quando os mais perto dele tinham 5 ou 4, e já possuía as cinco cores de construções. Qualquer papel que ele escolhesse, tanto fazia a habilidade, dar-lhe-ia a vitória fácil e larga. Havia, no entanto, uma pedra no caminho do Pedro: eu. Querendo ajudar os novatos e atrapalhar um Miranda, como é justo e correto por todos os cidadãos íntegros, tentei o que era possível: assassinar o papel que o Pedro escolhesse. Fiz exatamente isso. Então, devido ao posicionamento do Rei, o Assassino veio para mim, sendo o Pedro o último a escolher - havia 50% de chance de acertar o alvo: declarei que assassinaria o Ladrão e, pimba, alvo morto! Mesmo assim, na rodada seguinte (já com o Marcus capitaneando as cartas do Pedro, que teve de ir embora), o Pedro/Marcus afinal fechou 8 construções, no que foi acompanhado pelo Henrique (que concentrou-se em construções verdes e disputou a Escola de Magia com o Lauri, a qual trocou de mão duas vezes), pelo Lauri (que espalhou bem nas cores) e pelo Hélio (que sofreu com alguns roubos, mas ainda chegou a 8 construções, só que na maioria eram baratas, rendendo poucos pontos). O Gustavo e eu não chegamos a 8 (eu fiz 4, ele fez 6). Na pontuação final, o Lauri e o Pedro/Marcus empataram em 32 pontos, com o desempate indo para o Lauri, que tinha mais pontos em construções (27 a 25). O Henrique fez 25, o Hélio 22, o Gustavo e eu 18 pontos cada;

Zombicide Season 2: Prison Outbreak (Lauri, Henrique, Marcus, Hélio e eu) - jogamos o terceiro cenário: Serra Circular, onde o objetivo dos sobreviventes é invadir uma prisão (usando uma serra circular para abrir um buraco ao redor da porta de aço) e, uma vez ali dentro, limpar o local de zumbis. Foi uma partida curiosa, pois este cenário, para mim, mostrou o mesmo porém que havia no outro que joguei desta 2a temporada: a possibilidade, bem fácil até, de explorar o que é uma falha de execução do cenário: no outro, havia a torre de observação, aqui a questão ficou para com a relação entre os spawn points e a porta giratória. Dois dos spawn points ficam fora do presídio e dois, dentro. É possível deixar a porta giratória fechada de tal modo que o acesso de fora do presídio fique totalmente bloqueado, enquanto ainda é possível usar a porta para ir de um lado a outro da cadeia. Ou seja, uma vez que tenha-se entrado no presídio, todos os zumbis de fora não são mais problema algum. Claro, quanto mais houver lá fora, mais rápido começará a ocorrer as ativações extras dos tipos de zumbis. Mas... é só basicamente limpar a área inicial, lidar com 1 dos spawn points, que, eventualmente, quase todos os zumbis estarão divididos em dois locais: 50% fora da cadeia, representando perigo nenhum; 25% deles num dos lados da cadeia, sem acesso ao outro lado e todos empilhados num local só; e 25% no lado da cadeia onde estão os sobreviventes. Ok, 25% com várias ativações extras parece algo ruim, e é. Mas esse número não é beeeem assim. Com os sobreviventes mantando os que surgem no spawn point ali dentro, cada vez esse número vai diminuindo, pois os que saem dali vão sendo divididos entre os os 4 spawn points no mapa - então, aos poucos, a proporção mudará para 55% / 30% / 15%, depois 60% / 35% / 5%, até que, afinal, basicamente não haja mais zumbis para entrar no lado do presídio onde estão os sobreviventes. Então é abrir as celas (e não entrará zumbis nelas), depois mover a porta para abrir do outro lado, explodir todos os zumbis unidos com um coquetel molotov (usando o tempo de quase "descanso" para conseguir tal item), abrir as celas. Voltar. Novamente esperar que se juntem num só local. Jogar outro molotov e pronto. Vitória. Hurra. 

Enfim, não fizemos isso, mas ficou claro que poderíamos fazer. Como foi, pegamos a serra circular e a Belle (Marcus) já a usou para eliminar uma Aberração que veio na primeira fase dos zumbis. Ficamos ainda um tempo fora do presídio, para conseguir fazer umas procuras, armando-nos melhor antes de entrar na cadeia. Conseguimos compor quatro bons conjuntos: um de escopetas de cano serrado com o Joshua (Henrique), outro de uma katana e uma wakisashi com a Belle, um bastão de pregos com a Kim (eu) e um par de pistolas com o Watts (eu). Isso, junto com duas motosserras e a serra circular, permitiu que nós tivéssemos em boas condições de encarar tanto os zumbis normais quanto os berserker (que só são mortos com armas brancas). Na cadeia, conseguimos lidar com os zumbis nos locais iniciais e abrir as celas do lado branco (ainda no nível amarelo). Foi um momento tenso, em que havia um grande risco para os sobreviventes, mas com a Kim que consegui matar 3 lerdos e 2 rápidos, e na ativação dos zumbis recebemos, no geral, só dois danos. Na base da violência generalizada, limpamos o local, mas ainda tinha os zumbis que vinham do ponto de spawn, porém daí era bem manejável.

Abrir o lado roxo provou-se mais problemático, pois a Kim estava no nível laranja e, com isso, surgiram pilhas e pilhas de zumbis naquele local. Usamos nosso segundo molotov muito cedo, e o grosso da horda teve que ser enfrentada na mão (já que a horda era, em sua quase totalidade, exceto por uns rápidos, composta de zumbis berserkers). A Belle e o Watts foram para a briga, porém, mesmo derrubando vários, foram superados e mortos. Neste lado da cadeia ainda restava a Shannon (Lauri), o Grindlock (Hélio) e a Kim (eu), enquanto do lado branco estava o Joshua (Henrique) sentando o cacete nos zumbis que surgiam.

Foi preciso que a Kim e o Grindlock recuassem, de forma a se unirem com o Joshua, e arrebanhar os zumbis, para que os três pudessem ter o máximo de ataques possíveis contra a horda. A Shannon acabou isolada do lado roxo, pois estava separada e não tinha como passar por um par de zumbis balofos que bloqueavam o caminho dela. Liderados pela Kim, o Joshua, o Grindlock e ela pularam no meio da multidão desmorta e foi uma luta épica, com nada menos do que 15 zumbis mortos - um ainda restou, mas a Kim conseguiu se proteger de ferimentos com o cassetete.

Por esse momento, não havia mais fase de ativação e surgimento de zumbis em que os mortos-vivos, de todos os tipos, não se mexessem várias vezes, em vista da enorme quantidade deles que havia por fora do presídio. Os três sobreviventes do lado branco, então, avançaram para o lado roxo, onde mais balofos tinham aparecido, vindo com outro tanto de zumbis lerdos. O Grindlock ficou metido e foi muito para a frente, confiando que mataria todos com a motosserra, mas faltou um balofo. Este ativou três vezes e matou o Grindlock. Restava agora a Shannon, a Kim e o Joshua - mas este acabou sendo atacado e morto por um par de zumbis rápidos, quando tentou voltar ao setor branco da prisão.

Cabia às mulheres completar o serviço e foi isso que elas fizeram. Aproveitando um momento em que surgiram zumbis só no setor roxo (no branco não tinha mais do tipo indicado, então eles só ativaram novamente, mas do lado de fora da prisão, sem causar problemas), as duas eliminaram os dois balofos e os quatro lerdos que apareceram. Assim, os três objetivos do cenário foram cumpridos (entrar na cadeia, deixar o setor branco e roxo sem zumbis). Então, vitória dos sobreviventes!

Enfim, mesmo sem querermos, acabou que houve a concentração de uma pilha de zumbis fora da cadeia, o que creio ser o objetivo do cenário, de forma que os de dentro ativem várias vezes (e seja fiel tematicamente, com uma hora de zumbis batendo-se contra as cercas e paredes do presídio, bem ao estilo Walking Dead), o porém, como expus, é que isso pode ser usado para "quebrar" o cenário, por isso que eu gostaria que esses cenários tivessem algum tipo de marcador de tempo, para que tudo tenha que ser agilizado e não se possa demorar-se demais, explorando as mecânicas da cenário para "gamear" a coisa toda. Outro porém é que, como foi, as duas Aberrações ficaram fora da cadeia, deixando de ser uma ameaça aos sobreviventes (se bem que, com a serra circular e os trocentos ataques dos sobreviventes do nível laranja, é difícil que uma Aberração dê lá muito trabalho).

De qualquer modo, foi uma partida divertida, cheia de momentos legais e tensos, mas só porque jogamos no espírito correto.

E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5912
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Soar em Dom Jul 20, 2014 12:40 am

Nossa Tiago!! Eu tava nesta de Citadels. Faz tempo mesmo!

________________________________________________
"We Are the Borg. You Will be Assimilated. Resistance is Futile"
 
avatar
Soar
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1750
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 45
Localização : Kronnos 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Soar em Dom Jul 20, 2014 10:41 am

Na minha sexta joguei aqui em casa uma partida de Battle of Westeros com o meu vizinho Tiago.
O cenário foi o Clash on the Kingroad (o inicial).
A partida foi de aprendizado e terminou com os Lannisters empurrando os Starks para fora dos pontos estratégicos que defendiam.

O negócio de jogos como este, é que os cenários vão se tornando mais e mais "robustos" e vão agregando MUITO mais elementos, o jogador precisa ter jogado ao menos um pouquinho pra dominar as mecânicas e as diferentes estratégias possíveis a tomar. Por mais trabalhoso que seja montar toda a parafernália do set up este jogo é daqueles que eu me divirto mesmo numa simples partida de demonstração.

Abrax


________________________________________________
"We Are the Borg. You Will be Assimilated. Resistance is Futile"
 
avatar
Soar
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1750
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 45
Localização : Kronnos 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Descolado em Dom Jul 20, 2014 11:46 am

Precisa dizer mais?


________________________________________________
avatar
Descolado
Ra
Ra

Mensagens : 132
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 45
Localização : Rua Edemar Ernsen, 99 Bl. 04 Apto. 22

Ver perfil do usuário http://www.tideofironbrasil.xpg.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Soar em Dom Jul 20, 2014 12:26 pm

@Descolado escreveu:Precisa dizer mais?

Hhahahahahha...  Descolado, que figura!! 
Você certamente compartilha da citação desta moldura né?
 lol!

________________________________________________
"We Are the Borg. You Will be Assimilated. Resistance is Futile"
 
avatar
Soar
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1750
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 45
Localização : Kronnos 1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Helio em Dom Jul 20, 2014 2:21 pm

@tiagovip escreveu:O Grindlock ficou metido e foi muito para a frente, confiando que mataria todos com a motosserra, mas faltou um balofo. Este ativou três vezes e matou o Grindlock. 
Hahaha, eu não me lembro de ter sido metido, o que lembro foi de ter tido rolagens vergonhosas.
Mas sem dúvidas, foi uma boa jogatina.
avatar
Helio
Battlestar Galactica
Battlestar Galactica

Mensagens : 386
Data de inscrição : 14/07/2014
Idade : 37
Localização : Araucária/PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por tiagovip em Dom Jul 20, 2014 2:54 pm

@Helio escreveu:
@tiagovip escreveu:O Grindlock ficou metido e foi muito para a frente, confiando que mataria todos com a motosserra, mas faltou um balofo. Este ativou três vezes e matou o Grindlock. 
Hahaha, eu não me lembro de ter sido metido, o que lembro foi de ter tido rolagens vergonhosas.
Mas sem dúvidas, foi uma boa jogatina.

Veja, quem foi metido foi o Grindlock!

E nas rolagens vergonhosas estávamos junto! A minha vantagem era só a habilidade Sortuda, da Kim.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5912
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Descolado em Dom Jul 20, 2014 11:36 pm

Hhahahahahha...  Descolado, que figura!! 
Você certamente compartilha da citação desta moldura né?
 lol!

E quantas vezes você acha que montei o TIDE OF IRON sem conseguir jogar até o fim (e ainda assim sair feliz da vida?) [HAUHAUHAA]
Tamo nessa, irmão!

________________________________________________
avatar
Descolado
Ra
Ra

Mensagens : 132
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 45
Localização : Rua Edemar Ernsen, 99 Bl. 04 Apto. 22

Ver perfil do usuário http://www.tideofironbrasil.xpg.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Pedro em Seg Jul 21, 2014 9:24 am

Nessa sexta não pude ficar muito tempo,

além do Citadels em que fui boicotado pelo Perretto. Participei antes de uma partida de Shazam, o último jogo lançado pelo Macri. Jogamos eu, Léo e Libonati... após a leitura da regra e set-up feitos, bastou 2 rodadas para familiarizar-se bem com o jogo.

A ideia é bem simples: cada jogador é um cavaleiro que deve viajar por cidades presentes no mapa acumulando relíquias que serão utilizadas numa segunda fase, quando os cavaleiros deverão enfrentar Torak, o bruxo que sequestrou a princesa. Nessa partida todos conseguimos acumular itens suficientes e todos foram capazes de vencer o bruxo e aí é que nos ficou claro onde o jogo acontece.

Cada vez que se compra um item você caminha na trilha do item recém adquirido. São algumas casas até conseguir o artefato e nesse caminho os jogadores acionam posições que permitem algumas ações específicas e dentre elas existe a possibilidade de alterar a ordem dos critérios de desempate, que são 5. No caso o desempate sagrou o Libonati como vencedor.

Depois de conhecer o jogo fui para o Citadels e foi isso.

________________________________________________
avatar
Pedro
18XX (Admin)
18XX (Admin)

Mensagens : 1955
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.meeplehouse.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por doizinho em Seg Jul 21, 2014 10:16 am

Eu fui à lambda na sexta gelada e joguei o seguinte:

Spartacus (eu, Rafael, Alexandre e Leonardo) - Não lembro quem controlou cada casa, isso deixo pra Rafa contar depois. Comecei a partida comprando o Karl Drogo para o meu time, e logo coloquei ele pra triturar escravos e lutadores fracos. Fui chamado de sem honra, mas assim é a vida na arena, o que a história conta é que Drogo virou campeão. A minha estratégia era rushar e tentar vencer logo enquanto ninguém tinha um lutador a altura do Drogo, e quase deu certo, fiquei a uma vitória na arena de vencer o jogo, mas fui derrotado por um lutador muito bad-ass do Rafael. O Léo que teve um começo horroroso, um pouco por eu ter tirado dinheiro dele (foi mal aí Léo, mas foi preciso), se recuperou bem e num turno chegou a 11 pontos, ancorado pelo seu exército de lutadores. O Rafael, do seu lado, tinha um exército de escravos e também chegou à mesma pontuação, enquanto que o Alexandre estava se virando. Eu nesse momento tinha virado um lixo completo. No final, tanto o Léo quanto o Rafael usaram cartas e empataram na liderança o que os levou a um combate final na arena pra decidir o vencedor da partida. Nesse combate o lutador bad-ass do Rafael destroçou o do Léo garantindo-lhe a vitória. Quero destacar 2 momentos divertidos: o primeiro foi uma luta de um mamute enviado pelo Alexandre contra um escravo meu, o Lázaro Ramos. Para surpresa de todos o Lázaro quase conseguiu ferir o adversário, após ter se defendido bem do primeiro ataque, foi glorioso por um breve momento, mas tudo acabou quando ele morreu decapitado. O segundo momento foi quando ocorreu um combate entre times e o Léo mandou um escravo pra arena, fiquei no time dele e a derrota era certa, mas por sorte meu lutador era um sacana de primeira e mudou de lado, ficando assim 3 lutadores contra 1 escravo. O Alexandre fez as horas do time vencedor e decapitou o pobre coitado. Resultado final: Rafael 12 pontos e vitória na luta desempate, Léo 12 pontos, eu e o Alexandre com 10. Bem divertido o jogo, um pouco demorado, mas divertido.

Roll Through the Ages (eu, Léo, Rafael e Alexandre) - era a primeira partida ao vivo do Alexandre, e a primeira do Rafael. A partida foi tranquila, com poucas caveiras rolando e com isso pouco sofrimento espalhado. O Léo descobriu cedo a cunhagem e acelerou o jogo comprando tudo, eu tentei acompanhar comprando o que dava e construindo os Jardins Supensos, o Rafael e o Alexandre estavam sofrendo um pouco com as decisões do jogo mas logo pegaram o jeito. No final vitória do Léo com 21, eu 19, Rafael 17 e Alexandre 15. Destaque para a passada de perna do Rafael no Alexandre que numa rodada construiu o Obelisco que estava a um passo de ser concluído pelo Alexandre.

E foi isso, fomos embora cedo por que meus pés estavam congelando...

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3131
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Trentini em Seg Jul 21, 2014 10:41 am

As partidas que participei já foram relatadas aqui pelo Fabiano, muito legal o Spartacus, também achei que ele prolonga bastante, mas a imersão no tema é ótima, existe um bash the leader, mas não é tão agressivo quanto o que ocorre no Munchkin e isso é um ponto positivo para o jogo.

Quanto ao Roll through the ages, achei o jogo ao vivo bem legal e você tem uma percepção bem melhor do que os outros estão fazendo.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3357
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por doizinho em Seg Jul 21, 2014 10:42 am

@tiagovip escreveu:Enfim, não fizemos isso, mas ficou claro que poderíamos fazer.
Cara eu acho que vocês fizeram certo. Está claro que o jogo permite essas coisas e fica mais fácil usando essas brechas, mas que graça tem isso? Prefiro jogar como deve ser e perder do que crackear o jogo e ter uma vitória bosta. Aposto que uma derrota disputada será mais lembrada que uma vitória mecânica.


Última edição por doizinho em Seg Jul 21, 2014 10:50 am, editado 1 vez(es)

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3131
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por doizinho em Seg Jul 21, 2014 10:49 am

@Trentini escreveu:As partidas que participei já foram relatadas aqui pelo Fabiano, muito legal o Spartacus, também achei que ele prolonga bastante, mas a imersão no tema é ótima, existe um bash the leader, mas não é tão agressivo quanto o que ocorre no Munchkin e isso é um ponto positivo para o jogo.
Eu sofri um pouco com isso, mas já era esperado. Fiquei puto por uns instantes quando o Alexandre ficava jogando cartas pra me sacanear, mas tive a redenção quando ele foi sacaneado pelo "amiguinho" dele umas 3 vezes durante o jogo. Foi a minha redenção ver o Alexandre buscando acordos com o Rafael, só pra ser traído logo na sequencia.  Twisted Evil 

Foi interessante também a reação dos jogadores quando o Rafael fez questão de ler nas regra que todos são amigos e deveriam cantar Kumbaya My Lord de mãos dadas. Ouvi xingamentos que nem lembrava que existia.  Twisted Evil 

________________________________________________
avatar
doizinho
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3131
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 40
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/doizinho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Rafaelfo em Seg Jul 21, 2014 10:52 am

(enquanto escrevia o Fabiano já postou, mas segue lá também...)
Nesta sexta...

...foram para a Arena Leo (Batiatus), Fabiano (Varinius), Trentini (Seppius) e eu (Solonius), durante uma partida de Spartacus. Duração: 195 minutos.

Foi a partida de estréia dos outros três, mas como de praxe, pegaram rápido o funcionamento do jogo. Este tabuleiro possui 4 fases com mecânicas distintas, mas facilmente entendidas e rápidas, com exceção da fase de arena, onde a porrada rola solta.

Nesta nossa briga por se tornar o ludus mais influente de Cápua, Varinius tomou a liderança logo cedo, elevando sua influência para 10 (dos 12 necessários para vencer) ainda antes da metade do jogo. Com um gladiador bom de briga (The Egiptian) ele estava levando abaixo qualquer oponente. Entretanto ele vinha brigando com "sem CPFs", como seu próprio líder comentou, e na derradeira luta que poderia dar a vitória a Varinius, o gladiador The Egyptian sucumbiu às espadas de Gannicus, pertencente ao ludus de Solonius! Então o próprio Varinius, vendo que seria difícil vencer de imediato, apelou e utilizou uma artimanha que desceu sua influência em 2 e de todos os outros em 1, aumentando a duração do jogo.

O que vinha acontecendo com os outros até então: Solonius estava bem de grana, com muitos escravos (que fornecem dinheiro, habilidade e outras coisitas mais) e com dois bons gladiadores: Gannicus e o próprio Spartacus! (que nem areia viu desta vez); Batiatus vinha lento, mas mantendo um bom estoque de cartas de intriga que, usadas na fase de intriga, aumentam influência, planejando um pulo do gato; e Seppius estava com um ótimo gladiador e muitos equipamentos para aumentar sua qualidade nas lutas. Aconteceu então que, após alguns turnos depois da luta entre Gannicus e The Egyptian, Solonius era o Host (aquele que sedia os jogos durante a semana na Arena, ganhando assim 1 de influência perante o povo, e podendo convidas as casas que desejar para se apresentarem na arena) e clamou por um Primus, uma luta entre 4 gladiadores! Todos estavam hávidos por ver sangue na Arena, muitas mortes e a multidão insana nas arquibancadas. Menos Batiatus. Batiatus não tinha um grande gladiador, apesar de possuir alguns razoáveis... Então ele ao invés de apresentar um bom guerreiro para lutar, apresentou um relés escravo incógnito. Um escravo lixo. E toda a glória foi por água abaixo. Os times, escolhidos pelo host, ficaram sendo Solonius (com o gladiador Gannicus) e Seppius (com o gladiador Theokles), contra o escravo mirrado de Batiatus e um gladiador traíra de Varinius. E para tornar ainda mais patético o espetáculo este gladiador de Varinius antes de começar a luta traiu seu time, passando para o time adversário (alguns gladiadores mais-ou-menos possuem esta habilidade). Ou seja, toda a glória desta luta se resumiu em uma porrada de Theokles no escravo mirrado. Fim da luta... patético.

Porém, no turno seguinte, durante a fase de intriga, tanto Batiatus quanto Solonius alcançaram a influência necessária para vencer. Algumas tentativas de impedir isso foram feitas por Varinius, mas sem sucesso. É importante também ressaltar que Varinius tinha a possibilidade de continuar tentando prejudicar um ou outro, mas como isso jogaria a vitória isolada no colo de algum deles, resolveu ficar honrosamente neutro. E vejam lá:quando um empate ocorre, a vitória é decidida na... arena! E foram para o embate Gannicus, de Solonius, contra um gladiador nível B, de Batiatus. Mas foi um massacre... Gannicus venceu com facilidade e entregou a vitória a seu mestre, Solonius, aclamado e reverenciado por toda Cápua por anos após!

Esta partida foi interessante, mas não houve mais do que um grande mediano combate na arena: a luta entre Gannicus e The Egyptian. Infelizmente os influentes líderes de Cápua estavam todos com medo de fazer seus campeões enfrentarem outros grandes na arena e as lutas foram em sua maioria mornas ou gélidas apresentações de quem mata mais rápido. De todo modo, rimos bastante e alfinetadas foram dadas para todo lado, como é de se esperar neste joguete. Uma ótima apresentação dos colegas! Que venha a próxima!

-------------------------

Depois jogamos Roll Through the Ages. Leo, Fabiano, Trentini e eu, com duração de 40 minutos, já reportado pelo Fabiano.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1808
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Trentini em Seg Jul 21, 2014 10:53 am

@doizinho escreveu:Eu sofri um pouco com isso, mas já era esperado. Fiquei puto por uns instantes quando o Alexandre ficava jogando cartas pra me sacanear, mas tive a redenção quando ele foi sacaneado pelo "amiguinho" dele umas 3 vezes durante o jogo. Foi a minha redenção ver o Alexandre buscando acordos com o Rafael, só pra ser traído logo na sequencia.  Twisted Evil 

É que vc só prestava a atenção nas cartas que te fodiam, fiz o mesmo com o Rafa várias vezes no jogo, mas ele era um puto que tinha mil escravos e um monte de guarda, pouco conseguia afetar o rapaz.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3357
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Rafaelfo em Seg Jul 21, 2014 10:55 am

@doizinho escreveu:Foi interessante também a reação dos jogadores quando o Rafael fez questão de ler nas regra que todos são amigos e deveriam cantar Kumbaya My Lord de mãos dadas. Ouvi xingamentos que nem lembrava que existia.  Twisted Evil 
Só queria ler sobre pois o próprio jogo diz em suas regras que ele vai gerar intrigas, brigas e até morte (de verdade, entre os jogadores). Ai depois ele fala pra não levarem isso muito a sério e continuar sendo amigos... mas não deu muito certo.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1808
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Pedro em Seg Jul 21, 2014 10:57 am

@Trentini escreveu:
@doizinho escreveu:Eu sofri um pouco com isso, mas já era esperado. Fiquei puto por uns instantes quando o Alexandre ficava jogando cartas pra me sacanear, mas tive a redenção quando ele foi sacaneado pelo "amiguinho" dele umas 3 vezes durante o jogo. Foi a minha redenção ver o Alexandre buscando acordos com o Rafael, só pra ser traído logo na sequencia.  Twisted Evil 

É que vc só prestava a atenção nas cartas que te fodiam, fiz o mesmo com o Rafa várias vezes no jogo, mas ele era um puto que tinha mil escravos e um monte de guarda, pouco conseguia afetar o rapaz.

A rivalidade entre a família Trentini e a família Martins é realmente emblemática. Se houve muitos acordos entre eles a coisa pode estar mudando.

________________________________________________
avatar
Pedro
18XX (Admin)
18XX (Admin)

Mensagens : 1955
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.meeplehouse.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Rafaelfo em Seg Jul 21, 2014 10:58 am

Gostaria também de reportar que fiz merda com uma regra (no Spartacus). O alvo de um esquema PODE SIM mudar depois dele ter sido declarado. Nas regras originais isso não fica claro, mas nas regras da expansão isso é clarificado. Erro meu, perdão!

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1808
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Pedro em Seg Jul 21, 2014 10:58 am

@Rafaelfo escreveu:Gostaria também de reportar que fiz merda com uma regra (no Spartacus). O alvo de um esquema PODE SIM mudar depois dele ter sido declarado. Nas regras originais isso não fica claro, mas nas regras da expansão isso é clarificado. Erro meu, perdão!

Aff... certamente teria mudado o resultado da partida...

________________________________________________
avatar
Pedro
18XX (Admin)
18XX (Admin)

Mensagens : 1955
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.meeplehouse.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por tiagovip em Seg Jul 21, 2014 11:00 am

@doizinho escreveu:Eu sofri um pouco com isso, mas já era esperado. Fiquei puto por uns instantes quando o Alexandre ficava jogando cartas pra me sacanear, mas tive a redenção quando ele foi sacaneado pelo "amiguinho" dele umas 3 vezes durante o jogo. Foi a minha redenção ver o Alexandre buscando acordos com o Rafael, só pra ser traído logo na sequencia.  Twisted Evil 

Isso é recorrente, Fabiano.

O Trentini tem um claro amor não correspondido pelo Rafael. No TI3 eles foram os melhores amiguinhos do universo, tanto que o Trentini usou uma carta especial para se baldear para meu lado e iniciar uma luta onde ele sabia o final (já que estaria ao lado de dois sistemas pesadamente armados meus). Nesse mesmo turno, o Rafael moveu as naves dele para tomar os planetas quase vazios deixados pelo Trentini.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5912
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por tiagovip em Seg Jul 21, 2014 11:01 am

@Rafaelfo escreveu:Gostaria também de reportar que fiz merda com uma regra (no Spartacus). O alvo de um esquema PODE SIM mudar depois dele ter sido declarado. Nas regras originais isso não fica claro, mas nas regras da expansão isso é clarificado. Erro meu, perdão!

Ihhhh. Libonatou geral!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5912
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Trentini em Seg Jul 21, 2014 11:08 am

Tudo mentira isso ae, as alianças são sempre frágeis, o Rafa pode confirmar HAHAHA

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3357
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Rafaelfo em Seg Jul 21, 2014 11:10 am

@Pedro escreveu:
@Rafaelfo escreveu:Gostaria também de reportar que fiz merda com uma regra (no Spartacus). O alvo de um esquema PODE SIM mudar depois dele ter sido declarado. Nas regras originais isso não fica claro, mas nas regras da expansão isso é clarificado. Erro meu, perdão!
Aff... certamente teria mudado o resultado da partida...
@tiagovip escreveu:
@Rafaelfo escreveu:Gostaria também de reportar que fiz merda com uma regra (no Spartacus). O alvo de um esquema PODE SIM mudar depois dele ter sido declarado. Nas regras originais isso não fica claro, mas nas regras da expansão isso é clarificado. Erro meu, perdão!
Ihhhh. Libonatou geral!
Abs,
Talvez, mas não obrigatoriamente. Teve uma vez que isso foi importante, antes da metade do jogo, em uma carta que afetou o Leo mas poderia ter mudado de alvo (pra mim, provavelmente). Entretanto com as regras corretas é possível que se suborne o adversário para esse alvo mudar e mudar e mudar de novo. Além disso eu tinha guardas e escravos para me defender. De todo modo, novamente, erro meu. Perdão.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1808
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Rafaelfo em Seg Jul 21, 2014 11:12 am

Eu já disse que vou descer o cacete no Trentini sempre que possível. E se houver dúvidas a balança do ódio sempre penderá para o lado do Trentini. Ele cavou isso durante meses e agora sofrerá pela eternidade.

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1808
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Leohnardo em Seg Jul 21, 2014 11:17 am

O cozinheiro jamais será esquecido.

Edit: lembrando que foi a segunda batalha dele, já que ele saiu (surpreendentemente) vivo da primeira batalha contra um outro gladiador.

________________________________________________
avatar
Leohnardo
Ra
Ra

Mensagens : 125
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 18/julho

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
 
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum