Sábado - 07/junho

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sábado - 07/junho

Mensagem por tiagovip em Seg Jun 09, 2014 11:56 am

Olá, pessoas!

Depois da Curitiba Lúdica, e de um rodízio de pizza (com direito à pizza de amendoim com creme de café e pizza de banana split), alguns bravos seguiram até a casa do Libonati para continuar a jogatina. O que joguei lá foi:

- Neptune (Pedro, Léo/Libonati, André e eu) - minha partida de estreia, mas assim, isso para o jogo com o nome Neptune, já que o funcionamento é igual ao do Plague, excetuando a maneira da pontuação e do número nas (e de) cartas. Na partida eu pontuei bem em todas as quatro rodadas, fazendo valer duas vezes a Stationfall, e perdendo em quantidade de pontos somente uma vez, para o Pedro. Assim, fechei a partida na quarta rodada, com 57 pontos, contra 35 do Pedro;

- Res Publica (André, Pedro, Libonati, Léo e eu) - outra estreia, essa real. Este é um jogo de cartas de negociação, e faz isto de uma maneira bem interessante: o jogador da vez diz ou o que quer ou o que está oferecendo, e, em ordem horária, os jogadores falam o que dão (se o jogador da fez ofertou algo), o que querem (se o jogador da vez pediu algo), ou passam. Se ocorreu uma oferta ou pedido, o jogador da vez diz apenas "sim" ou "não". Se sim, a troca ocorre e a vez do jogador encerra com a compra de cartas do baralho. Se a resposta foi "não", a chance de fazer a troca passa ao próximo jogador e assim vai, até que uma troca tenha ocorrido, ou que todas tenham sido recusadas. Se nenhuma troca ocorreu, a vez do jogador atual termina, ele compra cartas e o jogo segue para o próximo. Essas trocas objetivam, principalmente, a princípio, acumular 5 cartas de povo - se o jogador conseguir 5 cartas iguais de um mesmo povo, na sua vez ele pode fundar uma colônia (que vale 3 pontos), o que permitirá ao jogador comprar, ao final de seu turno, 1 carta de tecnologia. Caso funde duas colônias, o jogador poderá comprar 2 cartas de tecnologia em seu turno, e assim em diante. Depois, quando o jogadores já tiverem cartas de tecnologias em mãos, também será preciso acumular 5 do mesmo tipo para fazer cidades - estas darão somente pontos, começando em 9 e decrescendo (ou seja, quanto antes fazer uma cidade, melhor). Fora colônias e cidades, é possível também fazer monastérios (acumulando 2 cartas de monge), que valem 7 pontos cada, e universidades (acumulando 2 cartas de livros), que não valem pontos, mas permitem fundar cidades com somente 4 cartas iguais de tecnologia. O jogo encerra uma rodada após o baralho de tecnologias esgotar. Quem tiver mais pontos vence! O jogo mostrou-se bem interessante, pois ele envolve uma mecânica (negociação) que é uma das mais complicadas de inserir em jogos sem que a duração das partidas possa sair do controle, pois elas podem demorar, com ofertas, contraofertas, ofertas em cima de outras ofertas, e assim vai. No Res Publica, não: ou aceita-se o que foi ofertado, ou não. Se eu ofereci um Lombardo, você ou quer um Lombardo e me oferta algo por ele, ou não quer - nada de "olha, Lombardo eu não quero, mas você não tem aí um Saxão? Ou Um Viking? Dois Vikings?". Evitando isso, a partida inteira durou só cerca de 50 minutos. Além do que, mecanicamente, o jogo é bem simples, e pode ser ensinado rapidamente, ainda que, ocasionalmente, o restritivo modo de negociar cause alguma confusão inicial. Na partida, o Léo e o André conseguiram fundar primeiro colônias, mas fui logo atrás - o Libonati e o Pedro demoraram, este porque achava que precisava de 5 cartas de povos diferentes para formar uma colônia, ao invés de 5 iguais. Ainda assim, o Pedro acabou alcançando os demais, fundando colônias e cidades rapidamente. Bati-me um pouco para fazer minha segunda colônia, mas consegui a terceira sem grandes problemas, o que me deixou na melhor posição para as cartas de tecnologia - o que me permitiu fazer três cidades. Ao final, venci com 26 pontos, seguido pelo André e pelo Pedro, ambos com 25;

- K2 (Léo, Pedro, Libonati e eu) - jogamos no inverno, no lado difícil da montanha - nada de moleza! E foi bem complicado para todos. Eu fui seguindo com somente 1 alpinista, até pouco acima dos 7 mil metros, mas após fazer um acampamento para este, fiquei meio travado e o deixei ali o resto da partida. Meu outro alpinista, ao contrário, veio atrás, então seguiu por outro caminho e chegou ao cume algum tempo depois do alpinista do Libonati. O Pedro ficou travado ali pela altura dos 7 mil metros e, perto do final, fez um subida rápida ao cume, o qual alcançou, mas seu alpinista não sobreviveu por lá, já que o clima estava inclemente. O Léo não chegou ao cume, mas conseguira subir bem com seus dois alpinistas, porém, pegou nas alturas tempo ruim, e também teve um alpinista morto. Parecia, perto do fim, que eu venceria, mas o Libonati, numa subida rápida, chegou até onde meu alpinista acampado tinha passado quase toda a partida, e devido às condições do clima, não era possível que eu subisse um espaço a mais, pois o alpinista morreria fora do acampamento (pois se subisse na penúltima rodada, não conseguiria descer na última, pois exigiria 3 de movimento e eu só teria 2; e não poderia também ficar exposto ao clima, pois ele tinha 4 oxigênio e precisaria de 5). Assim, o Libonati e eu empatamos em 14 pontos, sendo que o desempate foi para o Libonati, que chegou primeiro ao cume.

E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 6013
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 07/junho

Mensagem por libonati em Seg Jun 09, 2014 12:04 pm

Após a Lúdica e após o jantar, reunimo-nos aqui em casa, eu, Perreto, irmãos Miranda e André. Jogamos um Neptune, tendo o Nardo me seguido seu lugar por desgastar do jogo. Nessa a vitoria ficou com o Perreto. Eu fui humilhado.

Em seguida, propus o res publica, em vista do tempo que o André tinha disponível. Foi minha segunda partida e a de estréia dos demais. Novamente vitória do Perreto, mas dessa vez mais apertada, e eu novamente humilhado.

Depois, com a ida do Andre, encaramos K2, na face hard core e no inverno. Resultado, dois mortos e um alpinista que cravou sua barraca em um ponto seguro da montanha e chamou aquilo de lar. Ao passo que o time dos audaciosos, o meu, apenas se abraçou à glória.

Obrigado por terem comparecido!!

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2976
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 07/junho

Mensagem por Pedro em Seg Jun 09, 2014 6:18 pm

Aquela Mercearia anos 30 tava massa!!!

Uma triste mancada minha nesse Res Pública... não fosse essa desatenção teria levado a vitória com o pé nas costas!  Razz 

________________________________________________
avatar
Pedro
18XX (Admin)
18XX (Admin)

Mensagens : 1958
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.meeplehouse.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sábado - 07/junho

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum