Sexta - 28/março

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sexta - 28/março

Mensagem por tiagovip em Dom Mar 30, 2014 5:24 pm

Olá, pessoas!

Nesta sexta teve nosso tradicional encontro e o que eu joguei foi:

Robinson Crusoe: Adventure on the Cursed Island (Trentini, Bruno, Aline e eu) - jogamos o primeiro cenário - Náufragos (Castaways), onde o objetivo é fazer uma enorme fogueira para chamar a atenção de algum navio passante. Começamos bastante bem, conseguindo comida e peles com as caçadas e, logo, tínhamos um acampamento de verdade. Ainda assim, tínhamos problemas, perdendo-nos várias vezes na ilha, e passando noites esfomeadas fora do acampamento. Nossa moral mantinha-se, de qualquer modo, elevada, mesmo quando os recursos começaram a rarear - perdemos vários pontos de coleta de madeira e de alimentos. Quando o inverno e as chuvas chegaram, a situação ficou mais complicada, mas conseguimos reforçar o telhado. Estávamos ficando mais fracos e a comida, após um momento de bonança quando encontramos um rebanho, logo tornou a faltar. A fogueira estava quase completa, faltando somente duas madeiras, mas um ataque de um predador no nosso acampamento pôs tudo a perder, pois o Cozinheiro (eu) morri no ataque. Foi bem no limite, pois bastava sobrevivermos à noite e ao próximo evento (que vimos que não causaria dano a nós) e teríamos vencido. Basicamente o único resultado no dado que nos faria falhar era o do ataque;

Last Will (Pedro, Trentini, Jorge e eu) - jogamos com a expansão Last Will: Getting Sacked. Fomos por caminhos bem diferentes - o Jorge, logo cedo, decidiu-se pela ativação constante de eventos, reforçando sua estratégia com dois velhos amigos e mais um assistente que lhe fornecia uma ação extra para eventos. O Pedro queria ir pelas fazendas, mas enrolou-se nisso, com dificuldades para conseguir os cavalos que desejava para colocar na fazenda e, a meio voo, tentou mesclar suas opções com eventos, principalmente fazer a combinação das cartas de casamento - o que conseguiu somente uma vez. O Trentini estava um tanto perdido, algo esperado sendo sua primeira partida, então pouco fazia, escolhendo opções com poucas ações e, em certas rodadas, até recebendo mais dinheiro do seu emprego do que havia gastado! Devido às necessidades do meu emprego de cervejeiro, tive que compor uma estratégia mista: de começo queria abaixar uma casa do tipo amarela, mas o mercado imobiliário, modificado pelo Pedro, fez com que tivesse de mudar para uma fazenda com cavalos, o que foi positivo, pois consegui melhorá-la com um especialista em haras. Somei a isso uma cara reserva em um restaurante e, depois, à casa, que abaixei na rodada seguinte - e esta eu tinha um caseiro que me permitia usá-la sem gastar ação, assim, a partir da 3a rodada eu estava gastando 20 dinheiros com apenas duas ações - e pegava a opção de três ações, o que me deixava uma de sobra para eventos ou outras necessidades. O Jorge, na reta final, veio tremendamente forte, algo esperado pelas várias ações extra, e no final o jogo foi decidido pelo mercado imobiliário alterado pelo Pedro - o Jorge acabou vendendo a propriedade dele por +3 dinheiros. O resultado, assim, ficou: eu com 9 dinheiros, seguido pelo Jorge com 10! Super apertado;

Brass (Pedro, Trentini e eu) - minha estreia neste jogo que é considerado por muitos como o melhor jogo do Martin Wallace. Nele os jogadores buscam desenvolver a indústria do norte da Inglaterra, e para isso constroem metalúrgicas, carvoarias, engenhos de algodão, portos e estaleiros. A partida tem duas fases: na primeira, a dos canais, as conexões entre as diversas cidades são fluviais, na segunda fase as conexões são feitas por ferrovias. As pontuações ocorrem ao final de cada fase, e o que vale pontos são as construções completamente usadas e pelas conexões. Os tipos de construções diferentes servem a diferentes propósitos: carvoarias fornecem carvão (para o mercado ou para certas construções, como as ferrovias, estaleiros e engenhos); metalúrgicas fornecem ferro (para o mercado, estaleiros e engenhos); engenhos produzem algodão (para o mercado interno ou externo); portos permitem a venda de algodão e a feitura de construções ligadas ao porto por canais ou ferrovias quando estas construções necessitam de carvão ou ferro, mas estes recursos têm que vir de fora (ou seja, não havendo uma carvoaria ou metalúrgica conectada ao local da construção); por fim, os estaleiros servem, no jogo, apenas como uma enorme fonte de pontos. As construções têm níveis, de 1 a 4 para todas, menos os estaleiros, que vão de 0 a 2. Construções de nível 1 só são permitidas na fase dos canais - no avanço para a fase das ferrovias, todas as construções de nível 1 saem do tabuleiro. É possível, como uma das ações, fazer um desenvolvimento das construções, removendo até 2 (1 por cada ferro utilizado) construções de menor nível. As construções, quando exauridas/utilizadas, são viradas e fornecem duas coisas: pontos de vitória (ao final da fase) e renda (no ato). Uma rodada de jogo tem os seguintes passos:
- Coletar renda;
- Jogar cartas;
- Redefinição da ordem de jogo (a ordem será de quem menos gastou para quem mais gastou na rodada atual);
- Ganhar 2 cartas.
As ações das cartas são:
- Construir (é preciso usar uma carta com o nome da cidade onde quer-se construir, caso não tenha-se conexão sua até o local, ou usar uma carta do tipo da construção, caso tenha-se conexão);
- Fazer conexão - canal (1a fase) ou ferrovia (a fase) - gasta-se uma carta qualquer. É necessário fazer uma conexão onde haja outra conexão sua adjacente;
- Desenvolver - até 2 desenvolvimentos ao custo de 1 ferro cada. Gasta-se para isso uma carta qualquer;
- Vender algodão - é preciso que haja uma conexão de canais ou ferrovias do local onde está o engenho até um porto (os canais ou ferrovias de conexão e o porto não precisam ser seus). Gasta-se para isso uma carta qualquer;
- Pegar empréstimo - pode ser de 10, 20 ou 30 dinheiros e, volta-se, na tabela de renda, um nível/cor por dezena emprestada. Gasta-se para isso uma carta qualquer.

No jogo, o Pedro dominou a 1a fase, construindo com habilidade e nos momentos certos, tendo feitos bom desenvolvimentos, de forma que algumas de suas construções ficassem válidas para a fase de ferrovias. O Trentini fez um pouco de tudo, conseguindo controlar bem seus gastos. Eu não sabia bem o que fazer, então fiz canais e vários engenhos, esperando o momento para vender todo o algodão ao mesmo tempo. Ao final desta fase, o Pedro tinha 53 pontos, contra 42 do Trentini e 37 meus. A segunda fase foi bem mais disputada: foquei novamente em algodão e conexões, enquanto o Trentini bloqueou um canto do norte para que pudesse, com calma, preparar-se para fazer um estaleiro. E como um parecia pouco, ele começou construindo um Liverpool. O Pedro construía metalúrgicas e carvoarias, de forma a melhorar a renda, e tinha sucesso nisso, pois a construção de ferrovias, portos e engenhos era feroz, e o mercado de carvão e ferro, que estava bem abastecido no começo, logo começou a ficar esvaziado. O tabuleiro ficou completamente ocupado, e ter espaço para construir era raro. Consegui bom sucesso com o algodão e meus portos, mas o Pedro e o Trentini buscavam fazer ainda, mais um estaleiro cada. Ambos conseguiram, o Trentini no limite, restando-lhe somente 1 dinheiro! Na contagem de pontos final, algo impressionante: fiz 67 pontos em conexões e coloquei pressão nos outros, encerrando com 182 pontos. É uma pontuação de vitória e fiquei animado, mas aí o veio o Trentini, com 185 pontos, e depois a contagem do Pedro, que ficou com 184! Partida decidida por um ponto! Eu não tenho base de comparação, mas achei o final sensacional de apertado, com todos grudados em pontos.

Achei o Brass um jogo bem inteligente e interativo, com bastante opções de como encarar a partida, pois ainda que as opções de ações não sejam em número tão grande, importa muito o timming e posição de fazer as coisas. Certamente um jogo bem denso em sua estratégia, mas depois que entendi a interação entre os diversos tipos de construção vi que, como nos bons jogos, o Brass é relativamente simples - o efeito e uso das construção é direto e claro, como o são as ações disponíveis. O jogo em três funciona muito bem, por permitir um pouco mais de tempo para o desenvolvimento da estratégia, mas, por outro lado, é um tanto mais difícil ser bloqueado por conexões de outros ou ter uma cidade tomada, ficando sem espaço para você (em nosso final de partida a situação era assim, mas até ali era razoavelmente fácil encontrar um bom local para construir). Enfim, um bom jogo.

E foi isso!

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5973
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Marcelo em Dom Mar 30, 2014 5:36 pm

Infelizmente não pude ir nesta sexta, mas na próxima semana estarei presente. Faz tempo que quero conhecer o Brass, sempre ouço bons comentários a respeito deste jogo. E a expansão do Last Will, altera muito o jogo Perretto?
avatar
Marcelo
Power Grid
Power Grid

Mensagens : 629
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 39
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por tiagovip em Dom Mar 30, 2014 7:35 pm

@Marcelo escreveu:Infelizmente não pude ir nesta sexta, mas na próxima semana estarei presente. Faz tempo que quero conhecer o Brass, sempre ouço bons comentários a respeito deste jogo. E a expansão do Last Will, altera muito o jogo Perretto?

Em regras muda bem pouco - é basicamente só o emprego, que lhe fornece dinheiro enquanto você o tiver. Mas o que o emprego faz é lhe tirar um pouco da zona de conforto, pois você precisa, às vezes, fazer algo, ou ir atrás de algo, mesmo que não se encaixe perfeitamente nos planos iniciais. Isso é legal pois faz você pensar no jogo de uma forma mais ampla.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5973
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Rafaelfo em Seg Mar 31, 2014 12:15 am

Para não passar batido, joguei Cold War com o Lauri e Wiz-War com o Lauri, Guilherme e Ramsés.
Ambas as partidas foram ótimas e geraram boas risadas - com um batalha de mágicos extremamente disputada com magos "na boa" para vencer durante uma meia-dúzia de turnos seguidos!
Os companheiros de jogos, todos novatos aos títulos apresentados, adoraram os mesmos!


Última edição por Rafaelfo em Seg Mar 31, 2014 1:53 pm, editado 1 vez(es)

________________________________________________
avatar
Rafaelfo
Arkham Horror
Arkham Horror

Mensagens : 1808
Data de inscrição : 26/05/2013
Idade : 31
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.sommastudio.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por libonati em Seg Mar 31, 2014 7:43 am

Fico contente que o Brass tenha feito mais uma vítima feliz!!! Espero o jogar mais. Mas como vcs só jogam jogos que eu gosto quando estou viajando e quando estou aqui ficam jogando King of Tokio, oq me resta é chorar... guess who?? Old Man  Meeple 

O Last Will vcs começaram com quantos dinheiros??? Preciso o jogar novamente, grande jogo, com uma premissa muito legal

________________________________________________

libonati
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 2975
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 33
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.worldrpgfest.com.br/site

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Trentini em Seg Mar 31, 2014 8:18 am

@libonati escreveu:Fico contente que o Brass tenha feito mais uma vítima feliz!!! Espero o jogar mais. Mas como vcs só jogam jogos que eu gosto quando estou viajando e quando estou aqui ficam jogando King of Tokio, oq me resta é chorar... guess who?? Old Man  Meeple 

O Last Will vcs começaram com quantos dinheiros??? Preciso o jogar novamente, grande jogo, com uma premissa muito legal

Libo, quanto ao Brass, essa partida de sexta entrou para a história das inesquecíveis, aconteceu o mesmo que na nossa partida, Ferro e Carvão ficaram escassos e um querendo construir uma carvoaria ou metalúrgica no lugar do outro, mas ninguém conseguiu ou julgou mais interessante fazer pontos de outra forma. No fim foi um jogo apertadíssimo, nunca vi igual, 185, 184, 182 pontos. Foi vencido por um detalhe e cada um usou estratégias diferentes.

Quanto ao Last Will, primeiro quero comentar que é um grande jogo, com uma premissa legal e você se diverte muito com as situações hilárias que as combinações de cartas dão, ao mesmo tempo é um jogo com um grau de complexidade e envolve muita estratégia.

Respondendo a pergunta do Libonati, começamos todos com 90 dilmas.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3394
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Trentini em Seg Mar 31, 2014 8:25 am

Algumas fotos do evento:


Wiz-War


Robinson Crusoe


Catan


Hanabi


Horse Fever


Brass


Brass com tudo ocupado na fase das ferrovias, só existia uma Metalúrgica que podia ser construída em Barrow-In-Furness e 4 possíveis trilhas de ferrovias a serem construídas, nada mais. O norte da Inglaterra foi inteiramente aproveitado pelos barões.


Pontuação alta e incrivelmente apertada.

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3394
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Trentini em Seg Mar 31, 2014 8:45 am

Cobertura do evento no blog

http://curitibaludica.wordpress.com/2014/03/31/tradicional-jogatina-de-sexta-feira-2803/

________________________________________________
Oh, sleep my child

avatar
Trentini
Middle-earth Quest
Middle-earth Quest

Mensagens : 3394
Data de inscrição : 25/05/2013
Idade : 32
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://boardgamegeek.com/user/alepsycho

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Marcelo em Seg Mar 31, 2014 9:09 am

@libonati escreveu:Fico contente que o Brass tenha feito mais uma vítima feliz!!! Espero o jogar mais. Mas como vcs só jogam jogos que eu gosto quando estou viajando e quando estou aqui ficam jogando King of Tokio, oq me resta é chorar... guess who?? Old Man  Meeple 
Também passo por isso Libo, o Rafael só joga Wiz War quando não estou presente...  Sad
avatar
Marcelo
Power Grid
Power Grid

Mensagens : 629
Data de inscrição : 28/05/2013
Idade : 39
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Bruno Ferreira em Seg Mar 31, 2014 12:56 pm

Muito bom o robinson crusoe obrigado trentini e tiago por terem paciência de explicar o jogo hahahha finalmente aprendi q se passar fome perde 2 Vidas ! hahah enfim otimo jogo mesmo perdendo curti bastante.

________________________________________________
avatar
Bruno Ferreira
Battlestar Galactica
Battlestar Galactica

Mensagens : 308
Data de inscrição : 24/02/2014
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Pedro em Seg Mar 31, 2014 1:06 pm

Eu encarei apenas duas partidas,

mas foram de jogos que curto bastante. Last Will e Brass, ambas já relatadas pelo Perretto.

A partida de Brass, foi realmente próxima na pontuação. Dessa vez foi tenso, pq se eu tivesse como construir o barco sem ter que gastar toda a rodada eu teria feito o pontinho que eu precisava para vencer. Terminei o jogo com 30 dinheiros...  geek 

________________________________________________
avatar
Pedro
18XX (Admin)
18XX (Admin)

Mensagens : 1955
Data de inscrição : 24/05/2013
Idade : 34
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.meeplehouse.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por lauripaulo em Seg Mar 31, 2014 1:47 pm

Me diverti muito jogando Wiz-War, foi uma partida bastante disputada apesar de ser novidade. Jogo outra novamente se ele aparecer nas jogatinas.

O Cold War me surpreendeu bastante. Achei um bom jogo para duas pessoas.

________________________________________________
avatar
lauripaulo
Battlestar Galactica
Battlestar Galactica

Mensagens : 253
Data de inscrição : 31/07/2013
Idade : 39
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por tiagovip em Seg Mar 31, 2014 4:25 pm

@Pedro escreveu:Eu encarei apenas duas partidas,

mas foram de jogos que curto bastante. Last Will e Brass, ambas já relatadas pelo Perretto.

A partida de Brass, foi realmente próxima na pontuação. Dessa vez foi tenso, pq se eu tivesse como construir o barco sem ter que gastar toda a rodada eu teria feito o pontinho que eu precisava para vencer. Terminei o jogo com 30 dinheiros...  geek 

Provavelmente aquele empréstimo duplo, se fosse 1 empréstimo + alguma outra ação, poderia ter feito já a diferença.

Abs,

________________________________________________
From even the greatest of horrors irony is seldom absent. -- H.P. Lovecraft
avatar
tiagovip
Sherlock Holmes
Sherlock Holmes

Mensagens : 5973
Data de inscrição : 24/05/2013
Localização : Curitiba

Ver perfil do usuário http://www.boardgamegeek.com/user/tiagoVIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sexta - 28/março

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum